Os Peculiares


0Likes
0Comentários
1001Views
AA

23. XXIII

Rosalya: pronto, pode usar!

Bonnie: o-ok!

Entrei no banheiro e tranquei a porta, deslizei meu corpo até me sentar no chão.

Coloco minhas mãos na minha boca. Ainda estou processando o que acabou de acontecer.

Fico assim por uns 5 minutos, mas resolvi me levantar. Tomo meu banho, rapidamente e volto para o quarto.

Deito na minha cama. Dormi por apenas 5 horas, não consegui dormir direito. Estou com um pressentimento...ruim.

Levanto-me e me visto. Percebo que Rosa ainda está dormindo.

Bonnie: acorda, bela adormecida!

Rosalya: ah, o-o quê?

Bonnie: está até babando, hahaha.

Rosalya: ah, deixa eu ser feliz!

Bonnie: vista-se logo que precisamos tomar café da manhã.

Rosalya: ok!

Rosa se vestiu e fomos tomar café da manhã, sentamos no nosso lugar de sempre.

Dake está me olhando de um jeito...diferente. Como se quisesse dizer algo, mas não consegue.

Depois de tomar o meu café da manhã, fui para o jardim respirar um pouco de ar puro.

Bonnie: *respiro o ar lentamente* é tão bom sentir o ar puro!

Dake: posso falar com você?

Bonnie: ah...huh...Dake!

Dake: não consigo mais guardar isso para mim!

Bonnie: guardar o quê?

Meu vestido voa contra o vento em harmonia com os batimentos de meu coração.

Dake: eu gosto de você, muito!

Bonnie: huhuhu, eu também gosto de você!

Dake: então por que está com o Lysandre?

Bonnie: porque eu o amo!

Dake: mas eu gosto de você não sendo no sentido de amizade, sabe?

Bonnie: ah...aí, você me fode!

Dake: não precisa me amar também, precisa apenas aceitá-lo.

Bonnie: ok! eu entendo que você gosta de mim, mas não posso dizer o mesmo para você.

Coloco uma mão em seu ombro.

Dake: entendo...

Dake saiu do local e Lysandre aparece no mesmo instante. Ele fica ao meu lado enquanto olho para as árvores do jardim.

Bonnie: você ouviu, não é?

Lysandre: sim...

Bonnie: eu entendo se estiver bravo.

Lysandre: não estou!

Bonnie: como não? Eu ficaria!

Lysandre: a culpa não é sua por a maioria dos garotos gostarem de você.

Bonnie: hmm...você é tão calmo!

Lysandre: é o meu jeito!

Bonnie: eu gosto desse seu jeito!

Lysandre: hmm...eu gosto desse seu jeito, também!

Bonnie: apenas você para me aguentar, nem eu me aguento!

O dia passou calmo e eu tentei não tocar no assunto de ontem à noite.

Já é de noite e me deito para dormir. Espero que consiga dormir melhor hoje.

Bonnie: e-espera, o quê?

Por que estou no porão da nossa antiga escola? Ouço um barulho de...g-gemido.

Desço as escadas do porão que é de onde está vindo esse barulho. E me deparo com o-o Lysandre transando com a Lyla.

Estou em choque, o-o que eu faço? E-Eu...

Acordo do meu sonho, chorando. É-É apenas u-um sonho. E-Eu...por que estou tão nervosa?

Resolvi andar pelo jardim um pouco, daqui a 1 hora deve amanhecer. Passei essa 1 hora sentada na grama.

Amanheceu e já é hora do café da manhã. Vou até meu lugar de sempre e Lysandre senta ao meu lado.

Lysandre: oi, amor!

Lysandre se inclina para me beijar, mas coloco minha mão na frente. Eu estou muito nervosa por causa do meu sonho, parece que aconteceu aquilo mesmo.

Lysandre: o que foi?

Bonnie: nada!

Lysandre: pode falar para mim o que aconteceu.

Bonnie: você aconteceu!

Lysandre: huh?! Como assim?

Bonnie: vai beijar a puta da Lyla, então.

Lysandre: do que está falando?

Ouço a porta abrir e Rosa entra no salão.

Continua...

Até a próxima bbs

Bezus :D

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...