"Feliz natal? Só se for pra você"

E se o bom velhinho não viesse mais no natal? E se papai noel abandonasse seu título e deixasse as crianças o esperando?
Na cidade de São Bernardo, o encanto do natal se perdeu, estranhamente, sem nenhuma explicação, o bom velhinho desiste do natal e traz uma revelação a tona que destruirá o natal de muitas crianças.
Após essa revelação o natal nunca mais será o mesmo, pois sem papai noel, o natal não tem graça!
OPÇÃO ESCOLHIDA: alegria perdida de natal, personagens clássicos

1Likes
0Comentários
353Views
AA

7. Concertando erros

Enfurecido o prefeito tirou de sua gaveta uma fantasia de Papai Noel, e antes que pudesse perguntar o que significava, ele rasgou toda a roupa natalina e jogou no lixo.

- Essa roupa eu vestiria na noite do natal, porque sei que o Papai Noel não existe, porém não quero iludir o meu filho, mentir para ele seria horrível e sei que ele só queria ver o Papai Noel quando lhe trouxesse a cura. Por isso odeio essa roupa ridícula!

- Podemos ajudar o seu filho.

- Não, você não pode.

- Ele precisa de amor e felicidade. Só assim alcançará a cura.

- Não me iluda! Disse o homem se sentando. - Me desculpe por ter estragado o seu natal e de todas as pessoas, eu permito que  você vá salvar o natal, prometo que não vou cortar sua aposentadoria. Mas por favor, não me procure mais e não entre no quarto do hospital na noite de natal, porque eu quero passar o que resta de tempo ao lado do meu filho. Por isso não nos incomode, se não eu mudo de ideia em relação a aposentadoria.

- Ok. Feliz  Natal!

- Só se for pra você!!

Com tanta delicadeza, vindo de parte do homem, sai da sala apressadamente, por consequência derrubei algumas coisas que estava no caminho, pois a minha barriga era maior do que meu medo naquele instante.

Vesti minha roupa de Papai Noel no banheiro da prefeitura mesmo e  sai correndo para ajudar meus elfos que já estavam bem adiantados. 

- Já conseguiram enfeitar quantas casas?

- Mais de 200 casas, os moradores estão nos ajudando. Mas senhor, sei que não devia dar palpites mas será que poderia ver se as lojas vão abrir novamente, porque tem muita gente sem brinquedos e presentes.

- Pode deixar. Eu resolvo isso.

Sai acelerando em meu trenó, surpreendendo todos nas ruas, e cheguei a primeira loja, uma das mais famosas da cidade. A cena que pensei em encontrar era totalmente diferente da que vi, a fila estava enorme e até para entrar na loja estava difícil, é claro que fiquei feliz pois tudo demonstrava que as pessoas estavam comprando brinquedos, mas quando entrei, me decepcionei com o que vi.

A loja que devia ter brinquedos, ostentava celulares e Tablets, e o pior era que os pais mandavam os filhos escolherem esses acessórios tecnológicos como presentes. O que eu estava presenciando era um verdadeiro crime a infância, como os pais podiam ser tão irresponsáveis de dar esse tipo de tecnologia em vês de um boneco ou uma boneca? Eles queriam o que? Acabar com a infância de seus filhos? Não suportei e revoltado, subi na mesa, aonde passava os produtos para o caixa, pegando o microfone do anunciador de promoções. É lógico que subi com dificuldade porque sou bem gordo.

- Senhores e senhoras, todos aqui já devem me conhecer não é mesmo?

- É o Papai Noel!! Gritou uma criança, puxando a calça de seu pai.

- Sei que fui o culpado por estarem nessa situação tão apertada para comprar os presentes, mas enfim, todo mundo erra não é mesmo?

- Mas você estragou o natal de nosso filhos! Gritou um pai.

- Não estraguei pois o natal ainda não chegou. Porém por ter errado muito, meus elfos e eu estamos tentando salvar o natal, é só vocês irem ver nas ruas, as casas estão enfeitadas novamente. Então peço a vocês que me ajudem por favor.

- Ajudar? Como? Perguntou o mesmo rapaz.

- Simples, comprem brinquedos aos seus filhos, todas lojas possuem estoques e eu sei que os vendedores disseram a vocês que não tem mais brinquedos mas é mentira, olhe ali! Disse apontando com o dedo para o meu lado esquerdo.

Um de meus elfos trouxe com dificuldade, algumas caixas de brinquedos que estavam no estoque da loja. As pessoas logo avançaram nas caixas, quase esmagando o pobre do elfo.

- Larguem os Tablets e celulares, essas tecnologias não fazem bem as crianças, são um perigo mortal para elas, dê brinquedos, somente os brinquedos vão estimular a infância de seus filhos!

Parecia que as pessoas tinham sido convencidas pelas minhas palavras, os únicos que não ficaram contentes foram os vendedores, por isso sai rapidamente da loja acompanhado de meu elfo.

- Agora só falta ir nas outras lojas.

- Nem será preciso. Eu gravei tudo e já mandei para outras lojas, nesse momento as televisões das lojas estão transmitindo para os clientes tudo que o senhor falou.

- Como fez isso?

- Sou Hacker esqueceu?

Sorri para o elfo que parecia mais perigoso do que podia imaginar. O dia se passou e conseguimos enfeitar todas as casas da cidade, e pelas notícias nos jornais soube que todos os pais conseguiram comprar presentes para seus filhos. Agora era só esperar chegar a noite do natal, para realizar o desejo de cada um, e principalmente o desejo daqueles que pensam em não querer realizar.

 

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...