Perfeição

Emy é uma garota de 14 anos que luta pra seguir um grande sonho, mas seus pais não apoiam e dificultam que chegue até onde deseja. Criada no berço de ouro, é tratada como uma princesa e controlada semelhante uma marionete, como todos os jovens, ela também quer sair e tomar atitudes sem que alguém tome por si.
Pra piorar, seu coração bate mais forte por um garoto mais velho que a deixará louca de paixão, só provocando a ira de seus pais. Uma guerra familiar envolvendo diversos problemas, fará de Emy a grande vitima ou talvez a única sobrevivente.

2Likes
0Comentários
852Views
AA

11. Ele é inocente!

Nada estragaria nossa felicidade, estávamos de malas prontas para viajar, até que um oficial de Justiça, tocou em nossa porta com uma intimação para Tiago.

- O que ele disse Tiago?

- Eu preciso comparecer a delegacia amanhã.

- E porque amor? Perguntei já assustada.

- Não sei amor, só recebi essa intimação e preciso comparecer.

- Eu vou com você.

- Não! Delegacia não é lugar de mulher, prefiro que fique me esperando, prometo que ligo pra você e lhe conto tudo.

- Mas e se eles te prenderem?

- Eu não devo nada amor, ninguém pode prender um inocente.

Apesar de querer ficar tranquila, não consegui, foi difícil dormir sabendo que meu grande amor estaria na delegacia amanhã. Tinha muito medo de perder Tiago, ele se transformou em meu verdadeiro amor, viveu momentos ruins comigo e sempre me apoiou, agora que estávamos felizes, algo surgiria pra estragar  o nosso momento? Isso não era justo.

Quando amanheceu, Tiago me beijou muito, parecia que estava se despedindo, e a impressão que tive foi vê-lo pela última vez, a tristeza tinha invadido nossos corações e ambos sabiam que algo de ruim estava para acontecer. E a intuição acertou mais uma vez, as horas foram se passando e Tiago não me ligava, então comecei a ficar agoniada, e não sabendo o que fazer, tentei ligar para alguns assessores que tive que contratar. 

Fui aconselhada a ficar em casa, mas é claro que não obedeci, procurei na internet a localização da delegacia em que ele foi e peguei um táxi pelo aplicativo. Sabia que ficaria bravo comigo, porém ele prometeu que ligaria e não cumpriu, então não era obrigada  a cumprir o que lhe prometi.

Chegando na delegacia, alguns policiais já começaram a sorrir, sorrisos bobos e maldosos, recebi o mesmo de marginais que estavam detidos.

- E aí gatinha, vamos conversar na cela um pouco? Disse um dos marginais nojentos.

Fiquei amedrontada com o assédio, porém não me intimidei e fui até a sala do delegado que estava a minha espera, pois pedi para um dos policiais me ajudarem.

- Queria falar com Tiago.

- A mocinha é maior de idade?

- Não.

- Então não devia estar aqui, por favor retirem essa mocinha daqui.

- Não, eu preciso ficar aqui, quero falar com Tiago.

- Tirem ela por favor.

Os policiais me pegaram pelo braço e abriram a porta, me tirando do local. E antes que fechassem a porta, meus pais entraram  na sala do delegado, impedindo que eu saísse.

- Ela está comigo! Disse minha mãe.

- O que é isso? O que vocês estão fazendo aqui?

- Viemos pois era preciso. Logo o delegado vai explicar tudo.

Fiquei em silêncio, apenas segui meus pais que não os via a nem sei quanto tempo, e pelo que demonstrava, eles não haviam sentido saudades, pois não falavam comigo, e olha que tiveram oportunidade pois o delegado demorou mais de meia hora resolvendo outros problemas, antes de nos atender.

- Então a senhora realmente está certa de sua acusação?

- Sim, senhor delegado, eu não quero que ele fique mais com minha filha.

- Ele quem mãe? Perguntei assustada.

- Se acalme filha, viemos te resgatar desse abusador de menores, eu sei que ele é maior de idade e você tem apenas 14 anos, essa relação não fará bem a você.

- Não mãe, eu amo Tiago!

- Delegado, o senhor sabe que é crime, e sei que o consentimento dela não é válido pois é só uma criança. Por isso faça o que tem que ser feito. 

- Ok senhora, ele já esta apreendido, e passará alguns dias em regime semi fechado.

- Não mãe! Não deixa o Tiago ser preso!!!

Friamente, meus pais saíram da sala me deixando sozinha, e o delegado fez o mesmo pois para ele eu era apenas uma criança, que não sentia nada e não sabia o que era amor. Desesperada, sai chorando pela delegacia e fui até um banco de praça chorando, onde minha mãe apareceu pra me provocar.

- Você pensou que poderia ser feliz? Está muito enganada Emy, mesmo famosa, não conseguirá tirar o seu amor da cadeira, aquele pobre vai apodrecer na cela e você nunca será feliz!

- Porque está fazendo isso mãe? O que Tiago lhe fez?

- Ele tirou você de mim, você era a razão da minha vida, mas ele estragou tudo, por isso vai pagar. Muito caro!

Antes que dissesse algo, ela foi embora com meu pai que nem olhava para mim, e eu fiquei chorando na praça, desesperada sem ter o que fazer, se pudesse invadiria a delegacia e tirava o Tiago de lá, mas como não conseguiria fazer isso, ficaria plantada em frente a delegacia, e só sairia quando meu amor voltasse comigo. Pois nada nos separaria.

 

 

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...