MulherBrazilMembro desde 26 jan 14Última conexão há 3 anos atrás

“Sempre me achei esperta, pensava que tinha o controle sobre tudo, mas eu estou aprendendo lentamente que, apesar de todo meu esforço, eu não consigo controlar tal sentimento. Quem consegue controlar a saudade? O amor? A vontade de ter, ver, fazer? Ainda sou um broto de rosas, talvez quando eu crescer, eu tenha os meus espinhos afiados. E se eu não souber controla-los? Eu posso ferir alguém da mesma maneira como costumam me ferir. Entendo a vida como um grande jardim de rosas, rosas pequenas, médias e grandes; Talvez eu esteja crescendo no jardim errado, com rosas erradas, crescidas, onde eu amargamente estou aprender a viver.” - Lunnalice.

  • lunnalice

    mumbled "Acreditar. "

    há 3 anos atrásResponder
    1 Like
    O que tem de errado em acreditar? O que há de errado em confiar, cair e acreditar novamente? Lições devem sempre ser bem vindas. Desde quando é errado sofrer pelo mesmo motivo diversas vezes desde que esse mesmo motivo tenha um rosto diferente. Uma hora a gente cansa de acreditar. É como se tornar imune, mas imune às mentiras que esse mundo nos conta. Por que não seria certo cair pelo mesmo motivo uma, duas ou três vezes? Ninguém aprende a andar de bicicleta de primeira. Há tantas quedas pelo caminho. A vida é um jogo sem regras, com várias possibilidades. Cada vez que você acredita, pode ser a ultima. Isso depende da sua pele, do quão forte ela se tornou com o passar do tempo e tantas lutas. Acreditar não é tão triste quanto parece. Acreditar é duro, difícil, dolorido. Mas acredita quem quer, acredita quem tem esperanças. É errado uma garota acreditar que um dia será amada? É errado acreditar em ser feliz? Acreditar é algo ingênuo, mas é belo. Quem acredita tem o poder da força. Não é fácil acreditar no amor quando ele vem junto com uma tempestade, não é fácil acreditar na bondade quando a bondade se torna algo para ser recíproco. Não é fácil acreditar na vida quando se tem certeza de que vai morrer. Mas então por que seria tão errado acreditar, quando quem acredita é a única esperança?
  • lunnalice

    mumbled "Nostalgia."

    há 3 anos atrásResponder
    1 Like
    Lembranças são cruéis. É difícil morrer nostálgica, após tantos momentos que não irão voltar. Eu estava lá, eu vivi o que se passou ali, mas não posso voltar lá. Vivo me perdendo no passado e esquecendo de viver no presente. Presente que não passa pois ainda vivo presa nos dias do passado. Esqueci da longa estrada que percorri sozinha, me afastando daquele presente que já é passado. Mas agora eu só posso lembrar que estive ali, lembrar de tudo e esperar estar presente em todas as suas lembranças, com o mesmo desejo de que tudo volte, porém, nada volta.
    Mayumi
    há 3 anos atrás
    Lunna, se publicar uma movella, faça o favor de me passar o link. Demorei um pouco pra vir te ler aqui, mas estou ainda amando a sua escrita.
  • lunnalice

    mumbled "Amor em tempos. "

    há 3 anos atrásResponder
    1 Like
    Não houve um ‘felizes para sempre’, não chegou ao final. Não morri por ninguém. O tempo passou e estou bem, então por que seria amor? Posso jurar que sou capaz de amar alguém, mas não durou. Após dois anos, não existe nenhuma ponte de ligação com o tal amor. Serviria de bom exemplo ou mau exemplo? Ainda assim, sou capaz de amar, mas não tenho tempo para esperar.
    Mayumi
    há 3 anos atrás
    Triste, mas real.
  • lunnalice

    mumbled "Estrada perigosa. "

    há 3 anos atrásResponder
    1 Like
    A linha nem sempre está tão reta. A estrada está sempre esburacada. A questão é tropeçar e se equilibrar, mas se cair e se machucar, não desanime, a vida deixa marcas e essas marcas são lições. Tais lições são colas para que na próxima prova o mesmo erro não seja cometido.
    Mayumi
    há 3 anos atrás
    "As ideias estão no chão. Você tropeça e encontra a solução" - ouvi numa música dos Titãs, mas não sei quem escreveu, er...
  • lunnalice

    mumbled "Um choque de realidade. "

    há 3 anos atrásResponder
    1 Like
    Na ultima página de um conto de fadas é possível encontrar um final feliz. Um príncipe montando um cavalo perfeitamente branco, cavalgando com sua princesa exageradamente magra e bela. Toda criança costuma idealizar esse tal final em sua vida. Mas o único final que talvez possamos encontrar não é tão feliz assim. Aos quinze, uma garota passa a lutar bravamente por seu final feliz, com bastante medo de não conquista-lo. Cada queda um novo príncipe, cada príncipe se torna um sapo. Sapo após sapo, aos dezessete, essa garota não é mais uma princesa com um vestido impecável. Ela se torna uma guerreira, talvez com um escudo forte e pés cansados após uma longa caminhada atrás de seu conto de fada. Depois de tantos choques de realidade, uma garota nunca é a mesma. As histórias começam a fazer sentido, a Cinderela é enganada e Bela violentada. A vida se torna dura e a não há mais motivos para tanta luta. Não existe mais ilusão, tudo o que dá pra fazer é esperar o tempo passar e colocar as coisas no lugar.
    Mayumi
    há 3 anos atrás
    Uau! Esse ficou muito bom!
Loading ...