MulherBrazilMembro desde 6 dez 13Idade 46Última conexão há 4 anos atrás

Escritora do obscuro, sacro, profano, 1971 amante das línguas italiano e latin, alguns livros publicados em editoras autônomas outros pessoais arquivados em tablet e e-reader.

  • diêtra

    mumbled "Ouro Velho - Oro Vecchio"

    há 4 anos atrásResponder

    noite de túmulos... E um padre reza comigo na Igreja das velas. Haveria esse negro encanto de me possuir os males dos lustros? Sim, quando ele me possuí as entranhas inebriadas de exorcismos que cantam na meia noite sem lua.

    (notte tombe ... E un sacerdote prega in chiesa delle candele con me. Sarebbe questo il fascino nero di me possedere i mali di lampadari? Sì, quando mi possedeva viscere inebriati della esorcismi cantare a mezzanotte senza luna)
  • diêtra

    mumbled "Sinos - Campane"

    há 4 anos atrásResponder

    Minha Igreja hoje se veste de negro, sinos dourados tocam desde 6 da manhã, poesias medievais caem sobre minha cabeça, estou no limiar dos seus violinos, sagrados coros entre tochas de fogo e um beijo dado desde a meia noite. Minha Igreja é apenas um vulto do espaço, Plutão como rei, corvos assombros, Deo o esplendor na boca de um Padre, ouro velho, fios dourados sobre os sussurros da minha boca, exorcismo da misericórdia, gratias e amor.

    (La mia Chiesa oggi veste di nero, campanelli d'oro risuonare da 06:00, poesie medievali cadono sulla mia testa, io sono sulla soglia dei suoi violini, cori sacri tra torce di fuoco e un bacio dato a partire dalla mezzanotte. La mia Chiesa è solo una figura di spazio, Plutone come re, stupori corvi, Deo splendore nella bocca di un Sacerdote, oro antico, fili d'oro sui sussurri della mia bocca, esorcismo di misericordia, gratias et amor)
  • diêtra

    mumbled "Luxúria - Lussuria"

    há 4 anos atrásResponder

    ... Rosas negras, lençóis de cetim negros e vermelhos, rosas brancas, uma tiara de rubi nos meus cabelos negros... E os fios de ouro velho dos cabelos dele caíam pela minha pele branca sem beijos, preces na escuridão entre tochas de fogo.

    (... Rose nere, lenzuola di raso rosso ed nere, rose bianche, un diadema di rubino sui miei capelli neri ... E i fili d' oro vecchio dei suoi capelli è sceso dalla mia pelle bianca senza baci, preghiere nel buio tra torce di fuoco)
  • diêtra

    mumbled "Maldito."

    há 4 anos atrásResponder

    ... Uma estória não se conta na luz. Uma estória se conta no escuro quando o amor por aquele Diabolus era sagrado em orações, ele... Rezava. E na torre pútrida, sua presença era cura negra, uma mistura de fogo e frio, a morte, Ele me levava com Ele.
  • diêtra

    mumbled "Plutone - Plutão"

    há 4 anos atrásResponder

    Notte... Una scala e una rosa nera nell' antica Chiesa di Plutone.

    (noite... Uma escada e uma rosa negra na Igreja antiga de Plutão)
Loading ...