MulherBrazilMembro desde 26 jan 14Última conexão há 1 meses atrás

  • byainwonderland

    mumbled "Sobre Pessoas Rasas "

    há 4 anos atrásResponder
    1 Like

    Eu poderia introduzir o tema de forma longa, mas prefiro ser direta.Certamente serei taxada de metida por algumas pessoas ou até mesmo de fresca mas eu não ligo.O fato é que não suporto conversar por mais de 20 minutos com pessoas rasas ( alguém consegue?). Sabe aquela menina que só fala de moda? Aquelas pessoas que não se interessam por nada que não tenha haver com seu ídolo teen? ou até mesmo aquele menino que só fala de futebol e boné?
    Pessoas rasas tem um tema para sua vida e terminam a maioria das frases com ele, não importa quanto tempo você converse com elas. Pode parecer besteira mas tente conversar com alguém que não te escuta de verdade e se descontrola em falar sobre a injustiça que a mídia comete em retratar seu ídolo como um drogado inconsequente e como eles não sabem o que esse ídolo fez para conseguir chegar onde chegou (em Hollywood?) .
    Ontem eu encontrei um cara que era meu amigo há algum tempo e fiquei muito decepcionada por ele ter se tornado alguém assim.Eu poderia citar vários exemplos aqui, mas acho que o dele ilustra bem o que eu quero dizer porque engloba toda a questão de corpo e padronização de personalidade que ta na moda discutir atualmente. Em 40 minutos de conversa todo o assunto que ele tinha para conversar era academia e músculos, literalmente.Toda vez que eu e minha amiga falávamos sobre algo diferente ele fazia um ou outro comentário e logo voltava a falar sobre o universo saudável em que ele vive. Depois de 20 minutos isso se tornou extremamente irritante e eu queria mesmo perguntar: tu ta fazendo propaganda para alguma academia ou ela só virou sua vida mesmo?
    Quando a gente começa a fazer parte de um meio social (seja ele academia,faculdade ou igreja) é normal absorver alguns hábitos e expressões característicos desse meio, mas perder seus próprios traços de personalidade e se transformar num clichê ambulante é totalmente diferente. O mais bizarro é que essas pessoas nem notam o quão rasas são, que existem outras milhares de coisas acontecendo e que o mundo não gira ao redor do seu estilo de vida.Porque é tão importante se afirmar através do corpo? Porque é tão importante se montar como um personagem? Porque as pessoas transformam isso no seu objetivo de vida e deixam de ser elas mesmas?
    As pessoas não podem se resumir a um só rótulo porque não são produtos, são pessoas. Quando você se resume há algo deixa de ser alguém e se torna uma coisa, que vende uma ideologia o tempo todo, ou seja tão raso quanto um anúncio. Eu prefiro pessoas, com qualidades e defeitos que as tornam únicas. Pessoas que conversam sobre tudo e são elas mesmas, ou seja pessoas reais que não vivem em uma bolha imaginária.

    - Este texto faz parte de uma séries de post no blog Duvida Cruel (blogduvidacruel.com/)
Loading ...