Os Peculiares


0Likes
0Comentários
667Views
AA

11. XI

Bonnie: então aqui é o jardim!

Viktor: legal!

Estávamos quase entrando no corredor e nos encontramos com Lysandre.

Bonnie: oi Lysandre! esse é meu amigo de infância, ele também é peculiar!

Lysandre: hum...oi...

Bonnie: vamos!

Puxei Viktor pelo braço e senti que Lysandre me seguia com o olhar.

Fomos até a srta. Peregrine e nos encontramos com algumas pessoas.

Bonnie: com licença!

Abri a porta da sala da srta. Peregrine.

Srta. Peregrine: sim?!

Bonnie: esse é meu amigo Viktor, ele também é peculiar!

Viktor: eu fui mandado pela srta. Avocet da sua fenda de animais peculiares em cima de uma montanha.

Srta. Peregrine: acho que é verdade já que descreveu exatamente como é! Bem-vindo!

Então peguei na mão de Viktor e o levei até o refeitório pois já era hora do almoço. Chegamos lá e todos nos olharam.

Bonnie: gente! Esse é Viktor!

Todos ficaram em silêncio.

Bonnie: afinal Viktor! Qual é o seu poder?

Viktor: ver etéreos!

Bonnie: O-O QUE?!

Todos estávamos de bocas abertas, realmente era um choque e tanto, olhei para mesa onde estava Lysandre e ele havia sumido. Então vi a porta dos fundos se mexer, fui na mesma direção e encontrei Lysandre lá fora.

Bonnie: Lys?! Tudo bem?

Lysandre: ah...Bonnie!

Bonnie: você saiu então fiquei preocupada!

Lysandre: é que não achei que teria uma pessoa com o mesmo poder que o meu!

Bonnie: mas o que é que tem?

Lysandre: é que você já fica grudada com ele, então agora provavelmente vou ser substituído.

Bonnie: nunca te substituiria! você é a melhor pessoa que conheço!

Então ele se levanta e olha para mim. Acho que comecei a corar, meu deus, está quente aqui. Ele está se aproximando, socorro, estou nervosa. Começo a me aproximar também, então abrem a porta e nos afastamos, era Viktor.

Viktor: achei que vocês queriam comer algo!

Bonnie: claro! Vamos!

segurei a mão de Lysandre e o arrastei para a mesa

Conversamos sobre varias coisas e foi bem divertido, menos para Lysandre, ele não foi muito com a cara do Viktor. Já era de se imaginar já que o Viktor também não foi com a cara dele.

Lysandre quis ir comigo para o jardim, estávamos indo quando ele me para.

Lysandre: tem algo estranho no Viktor!

Bonnie: por que está dizendo isso?

Lysandre: não sei...talvez intuição!

Bonnie: então vamos deixar sua intuição pra lá e ir treinar.

Lysandre: ok!

Sim, Lysandre me chamou para irmos treinar, só que ele treinaria violão e eu guitarra. Acho que fica bem legal quando juntamos os dois instrumentos. Para falar a verdade, o Lysandre é muito bom e canta muito bem. Eu não posso falar o mesmo de mim.

Chegamos ao local e bom, vamos ter que deixar nosso treino para outro dia.

Bonnie: que merda é essa?

Lysandre: isso é o que acontece quando você pinga alma de peculiares nos olhos! eles brilham 10x mais forte que um farol de um carro, se olhar diretamente poderá ficar cega.

Bonnie: vamos para a sala! a srta. Peregrine deve estar lá com os outros.

Corremos para dentro da mansão, ela estava estranha, entramos na sala e vi a pior cena. Me segurei para não vomitar.

Lysandre: srta. Peregrine! acho que tem um acólito lá fora!

Bonnie: LYSANDRE! você está conversando com um cadáver!

Lysandre: do que está falando?

Então voltei para a realidade, eu estava vendo todos mortos e agora todos estão inteiros. O que está acontecendo comigo?

Continua...

Até a próxima bbs

Bezus :D

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...