Corvo Apaixonado

O amor não tem barreiras não é mesmo?
Mentira, depende de você, se quiser criar algumas, vai fazer isso sem nenhuma cerimônia. Eu sempre fui um garoto tímido, o famoso sonso sabe? nunca tive uma namorada por causa disso mas oque aconteceria se quando morresse, pudesse escolher alguma garota pra namorar? Pois é, eu tive essa oportunidade mas não foi tão simples como imaginava ser.

0Likes
0Comentários
600Views
AA

4. Só mais uma ilusão.

- Fala garoto, quem lhe deu autorização para entrar no meu quarto?!

Eu ainda meio assustado, respondi.

- Entrei sozinho, a porta estava aberta.

- Ah então é assim?! Se a porta está aberta você entra?

- Nossa, me desculpe, tudo porque eu entrei. Se esse é o problema eu saio.

- Senta aí!

Presenciar a garota nervosa não me deixou com medo, fiquei apenas surpreendido porque quando a olhava na escola, imaginava ser calma.

- Agora que lembrei de você, é amigo do Crodoaldo né? Só podia ser mais um muleque nojento. Será que você não percebe que meu irmão nem liga pra você e muito menos para seus outros amigos?

Fiquei apenas olhando para ela, se realmente tivesse me conhecido, saberia que eu não era amigo de seu irmão e também que estava morto.

- Bem, você não é muito diferente dele né, até agora não olhou para mim.

Bruna não olhava para mim, isso me deixava mal, parecia que estava adivinhando que oque estava presente no quarto dela não era normal.

- Ah sei lá, você é estranho!

- Estranho? Como assim?

- Seus olhos, são meio parecidos com de passáros. Não sei, você não apresenta uma aparência que me agrade.

Realmente fiquei decepcionado com oque ouvi dela. Então deve foi isso que sempre a impediu que falasse comigo, a minha aparência.

- Eu disse que você é igual seu irmão!

- Não é verdade! Crodoaldo é nojento, insensível, não liga nem pra si própio.

- Você não é uma mocinha perfeita.

Os olhos dela quando falei isso me assustaram, estava furiosa e se aproximou de mim com os punho fechados.

- Quem você acha que é para falar assim comigo?

- Apenas um velho conhecido.

Ela não entendeu nada, mas eu continuei a falar pois fiquei com muita raiva em relação ao comportamento que me apresentou.

- Pensei que você seria uma pessoa legal, uma garota sensível que não ligasse para estilo, essas bobeiras que a sociedade oferece para iludir a todos. Mas me enganei, fica com seu irmão, pelo menos ele assumi a identidade verdadeira do contrário  de você, que ser esconde em mascáras!

Nervoso, sai do quarto de Bruna, estava muito decepcionado e naquele momento  só pensava em terminar com toda aquela palhaçada logo, seria melhor continuar morto. Mas quando ia descer os degraus, ela agarrou meu braço me obrigando a virar.

- Volta pro meu quarto, eu preciso me desculpar, não fiz por mal, estava nervosa. Então vamos conversar?

Apesar de estar furioso, também fiquei com medo, oque ela queria comigo agora? Logo eu que tinha acabado de descontar a raiva que merecia, será que havia se lembrado de minha verdadeira pessoa?

 

 

 

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...