Corvo Apaixonado

O amor não tem barreiras não é mesmo?
Mentira, depende de você, se quiser criar algumas, vai fazer isso sem nenhuma cerimônia. Eu sempre fui um garoto tímido, o famoso sonso sabe? nunca tive uma namorada por causa disso mas oque aconteceria se quando morresse, pudesse escolher alguma garota pra namorar? Pois é, eu tive essa oportunidade mas não foi tão simples como imaginava ser.

0Likes
0Comentários
578Views
AA

9. Dizer a verdade nem sempre é uma boa escolha.

- Já tinha se esquecido de  mim?

 O susto tinha sido tão grande que minha voz sumiu, minhas mãos tremiam como um peixe fora d´agua.

- Está surpreso por me ver?

- Sim.

- Eu sei, soube que você está se relacionando com uma menina.

- Como sabe? Perguntei assustado.

- Eu sei de tudo Corvo, estou observando quase tudo oque você faz. Por isso te aviso, termine sua relação com essa menina antes que eu tenha que tomar uma decisão!

Antes que eu pudesse responder, a Morte desapareceu, me deixando muito agoniado.

Oque faria agora? Não podia me afastar de Bruna, eu amava ela, terminar minha relação que tinha começado hoje, seria uma covardia. E covarde, eu tinha sido minha vida inteira, dessa vez não seria igual, eu lutaria até o fim por esse amor, nada me faria perder meu grande amor.

No dia seguinte, fui para a casa de Bruna, dei um beijo nela e me sentei em sua cama. Ela percebeu que algo estava errado, e tratou de perguntar, facilitando minha vida, pois não precisaria puxar assunto.

- Aconteceu alguma coisa amor?

- Sim.

- Sim? Oque meu bem? Disse ela se sentando ao meu lado.

Respirei  fundo para poder falar, seria dificil mas precisava ter coragem.

- Amor, eu te enganei.

- Enganou? Como assim?

- Eu não estou mais vivo, por isso que não vou a escola, e por isso que seu irmão não pergunta de mim. Ele sabe que eu morri.

- Do que você está falando?

- É verdade amor, você precisa acreditar em mim. Eu sou uma alma, não sei como você me ver, eu voltei porque precisava consertar meus erros, mas acabei me apaixonando por você. E acho que o poder desse amor, fez você me enxergar desde o primeiro momento.

Ela olhava pra mim, com os olhos arregalados, parecia que estava acreditando, ou apenas assustada pelo o que estava ouvindo.

- Você está louco, Corvo?!

Alguém tocou a porta impaciente, surpreendendo nós dois.

- Quem é?

- Sou eu mana, abre aqui!

Era Crodoaldo, logo Bruna se levantou desesperada, tentando me esconder, mas eu a impedi, era minha chance de provar que estava falando a verdade, bastava Crodoaldo não me ver.

- Abra a porta!

- Mas amor, ele vai te ver.

- Não vai, eu estou morto, abra e comprovará.

Ela me olhou assustada, ainda não etendendo nada, e colocou a mão na maçaneta, abrindo a porta.

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...