Lembranças


0Likes
0Comentários
79Views

1. Lembranças

 

O solo do piano somado com o da bateria davam a deixa para cantar aquela canção: “Every single day i think of the times when you still mine and i´m blue”. Assim que acordei, comecei a cantá-la. Eu tinha uns nove anos, quando a ouvi pela primeira vez, em um comercial de televisão.

As luzes já haviam sido apagadas e o motorista sintonizou o rádio em um volume baixo para não acordar os passageiros, quando tocou essa música. Era a primeira vez que eu a escutava na integra. Naquela época, eu não entendia nada de inglês, mas percebia que aquela canção apresentava uma certa melancolia e um quê de nostalgia.

Quando estava cursando o terceiro ano, costumeiramente eu voltava para a casa de carona com os pais do meu colega de classe. Legião Urbana, U2 e Nazareth faziam parte da fita K7 que, com frequência, era tocada no rádio daquela Quantum azul metálica.

            Sempre que tocava Love Hearts, eu me lembrava da minha mãe dizendo que, quando jovem, tinha horror ao Nazareth, especialmente a essa música. Além de recordar daquela viagem de ônibus e do comercial da televisão, Where Are You Now possibilitava-se sentir saudades de algo ou de alguém que eu não sabia direito do que era.

            Naquela manhã, quando acordei e comecei a cantarolar aquela música, correu-me a ideia de escutá-la analisando a letra dela. Na primeira estrofe, o autor dizia estar triste por se lembrar de alguém, provavelmente um antigo amor, todos os dias e que sabia que era preciso esquecê-la. 

O comercial da televisão, a viagem de ônibus e a carona que eu costumava pegar com os pais do meu colega de classe, vieram à tona, naquele momento. Além disso, lembrei-me de outras pessoas, de outros acontecimentos que possibilitaram com que a emoção tomasse conta de mim. 

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...