Viagem


0Likes
0Comentários
56Views

1. Viagem

 

Eric do Vale 

 

 

a)      A Ida

 

Chamava-me a atenção o andar daquele homem:  era todo desengonçado; parecia que iria cair no chão. Ele continuou cambaleando até pegar um pedaço de pau e jogá-lo na janela do ônibus, onde eu estava.

- Ainda bem que não era uma pedra, porque quebraria o vidro _ Comentou um passageiro. 

Quando isso aconteceu, o ônibus já estava em movimento.

A minha prima, que me acompanhou nessa viagem, falou, assim que chegamos, para uns parentes nossos sobre um homem que entrou no ônibus, onde estávamos, dizendo-se padecer de problemas mentais e depois, quis arranjar briga com os passageiros.

Impaciente, o motorista, ajudado por dois passageiros, colocaram- no para fora do ônibus. 

-Ele saiu todo desequilibrado, pegou um pedaço de pau e atirou contra a janela do ônibus. _ Falou a minha prima.

Até hoje, eu não entendo como não fiquei a par do que estava acontecendo a minha volta.

 

 

b)     A Volta

 

Se não me engano, fazia uma hora que estávamos na estrada, quando um homem começou a falar muito alto. Percebia-se que ele estava bastante alterado e falava frases desconexas. 

Naquele momento, o rádio, estava ligado e tocava aquela música Vou de Táxi.

-Desliga essa... senão, eu vou quebrar... _   Gritou esse homem, conforme ia falando os mais variados palavrões.

O motorista, naquelas condições, desligou o rádio. Mesmo assim, ele não cessou com os xingamentos;

De repente, o ônibus parou para receber os passageiros de um outro ônibus que havia quebrado, conforme vim saber, tempos depois, pelo meu pai:

-Quando eu vi aquele povo chegando, estava vendo a hora daquele cara surtar de vez. _ Disse o meu pai para um conhecido dele.

A viagem prosseguiu e apesar de me sentir cansado e tenebrosos com a fúria daquele homem, servia-me de consolo saber que, logo mais, eu estaria em casa dormindo na minha cama.

 

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...