Por Favor, Ensine-o a Amar (Romance Gay)

Quando o destino une duas pessoas, isso se chama amor, mas o que acontece se o destino, de uma maneira cruel, unir duas pessoas que simplesmente não tem nada incomum? Seria na verdade, os opostos se atraem, ou seria apenas uma sacanagem que o senhor destino fez com o casal? Um deles, totalmente sentimental, depressivo e com uma grande capacidade em simplesmente não ser um amigo de verdade. Outro, apenas um velho lobo, capaz de se esconder nas montanhas e simplesmente não saber o que é amor de verdade, ele seria capaz de ter alguém para ensiná-lo o que é um amor? O ‘Depressivo’, que passa por um dos piores momentos de sua vida, acaba que por relance, encostando-se a um jovem qualquer (Velho Lobo?), na escola. No momento do ‘toque’, os dois sentiram uma energia totalmente diferente, a mesma energia que nenhum deles sentira há muito tempo, onde o único sentimento dentro de cada um era a mágoa. Elogio do leitor: “Carlos consegue prender os olhos de cada leitor até o final da obra, e se

0Likes
0Comentários
56Views
AA

1. Prólogo

A lua estava lá, brilhando mais do qualquer coisa. Meus olhos eram os únicos a apreciar aquela beleza, pois todos que estavam a minha volta estavam apenas se divertindo, conversando. Nesse momento, nem meu cigarro era mais interessante que a lua.

“Eu não entendo o motivo, por simplesmente não poder nunca mais ter você aqui comigo, pois eu sei que você sempre irá preferir ela”, pensei.

Uma mensagem chegou no meu celular, neste momento olhei para baixo, apertei o botão home do celular que segurava na mesma mão em que o cigarro estava, e logo comecei a ler a mensagem que chegara através de um número que eu odiava mais do que tudo:

Caio, eu sei que não é uma boa hora, mas eu precisava muito te falar sobre ele. Por favor, ensine-o a amar, pois eu temo que ele esteja perdido, perdido por não saber o que é amor e se envolver com pessoas erradas.

Aquelas palavras eram de minha ex-sogra.

– Mulher asquerosa! – Gritei no meio do povo, ninguém percebeu o que eu acabara de falar. – Agora ela quer que eu volte atrás, só pelo motivo dela ter visto que acabou com a vida dele, quando o proibiu?

Sai dali correndo, de meus olhos, lágrimas caiam, todas elas com sinais e essências de tristezas. – Aquela rua escura me dava medo.

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...