Bruxas

10 histórias sobre bruxas ao redor do mundo.

2Likes
0Comentários
380Views
AA

3. Capítulo 2 : As meigas (Espanha)


As meigas são bruxas muito más provenientes da Espanha (embora algumas pessoas defendam que tiveram origem no Chile). 

Segundo Carmelo Tolosana (historiador e antropólogo do século 20), as meigas não devem ser confundidas com as bruxas tradicionais, já que essas últimas podem ser boas e capazes de desfazer seus feitiços. As bruxas meigas têm como objetivo "emeigar" (palavra galega que pode ser traduzida como "aliciar") pessoas e até mesmo animais para que essas venham a fazer pacto com o diabo.

De acordo com relatos contados, as meigas são capazes de realizar feitiços e amarrações negativas, maus-olhados, pragas e adivinhações.

Não há uma aparência física definida para essas bruxas, já que existem meigas de diferentes tipos, como veremos em breve.

A referência mais antiga sobre essas bruxas remontam ao século treze, onde clérigos e outras figuras religiosas eram proibidas, sob pena de excomunhão, de procurarem as meigas para  consultas de adivinhação. 

No século 15 houve relatos de meigas que faziam feitiços para prejudicar homens, como é o caso de um jovem que procurou um curandeiro dizendo que foi vítima de um ataque de três bruxas. 

Na segunda metade do século 16 foi criado então o tribunal da inquisição espanhola, ficando responsável por punir bruxa(o)s e feiticeira(o)s. No mesmo período uma suposta meiga sobre interrogatório e tortura confessou ter pacto com diabo, relatando inclusive ter feito sexo com a personificação do mal.

Conta-se que as meigas vivem em uma espécie de sociedade organizada onde existe um grau hierárquico. elas costumam sair pela escuridão da noite causando discórdia, destruindo plantações, matando animais e crianças e enfeitiçando pessoas que dormem.

Dizem que as meigas saem na noite de San Juan ( provavelmente 21 de junho na Espanha) para realizarem o ritual do "beijo infame'', cerimônia a qual as bruxas beijam o anus do diabo como prova de que continuam seduzidas por ele. Logo após, mantêm orgias entre si e fazem sexo com o diabo e com bodes pretos.

Apesar das histórias sobe as meigas serem difundidas na Europa, em especial na Espanha, há relatos de boas bruxas velhas conhecidas como ''meicas'' na América do Sul (mais precisamente na província de Chiloé, Chile).

 

Como dito antes, conheceremos agora os vários tipos de meigas descritas na história.

Meigas "chuchonas" : Em tradução livre "chuconas'' seria algo próximo de "sugadoras" . Essas meigas são consideradas as mais terríveis, elas podem apresentar diferentes rostos, formas vampirescas e até mesmo  se transformarem em insetos. Chupam o sangue de crianças novas (quanto mais novo o sangue, mais energético ele é) e lhes rouba a gordura para a produção de poções. 

Meigas Callejeiras : Callejear em espanhol é o mesmo que "vagabundear". Essas bruxas "espiãs" ficam nas ruas ao cair da noite, espiando o entra e sai nas casas. Elas observam pelas janelas e pelas frestas das portas e têm como objetivo enfeitiçar e jogar mau-olhado em quem dorme.

Meigas marimantas : São bruxas velhas e esfarrapadas que trazem consigo um enorme saco feito de lã,  elas roubam crianças e as fazem desaparecer.

Meigas feiticeiras : Podem se transformar em moças bonitas com vozes delicadas. Elas vivem ao redor dos rios, cachoeiras e riachos e seduzem os homens que por ali passam, convidando-os para um inocente banho, assim que a vítima entra na água elas por fim o afogam.

Meigas lavandeiras : Essas meigas param os moços que passam perto de rios, pedindo ajuda para torcer algumas roupas manchadas de sangue resultante de um aborto espontâneo. O homem que parar para ajudar deve ter muito cuidado e torcer a roupa no mesmo sentido que a bruxa torce, caso contrário, a desgraça cairá sobre sua casa.

Meigas "lobismuller" (mulher loba) : São meigas nascidas na véspera do natal ou na sexta-feira santa ou ainda sétima ou nona moça de uma família onde todas as filhas sejam mulheres. Assim como o lobisomem, essas moças se transformam em um enorme lobo nas noites de lua cheia, só voltando à sua forma normal ao amanhecer.

Meigas vedoiras : São bruxas finas e agradáveis para se fazer negócio, são adivinhas e fazem contato com o além para consultar se um ente de seu cliente está no céu ou no purgatório.

Meigas voadoras: São bruxas que são vistas no céu noturno fazendo acrobacias e piruetas, geralmente montadas em vassouras ou bodes pretos.

Meigas "cartucheiras" : Também chamadas de meigas das cartas, como o próprio nome já revela, essas meigas são especializadas em tarô e previsões, também costumam vender poções, amuletos e outros artefatos.

Meigas agoureiras : Essas bruxas envelhecem prematuramente apesar de viverem muitos anos. Essas meigas podem ser vistas em encruzilhadas e arredores de cemitérios caminhando lentamente e jogando pragas para quem atreva encara-las.

Meigas dos castelos (ou fortalezas) : Essas se escondem em masmorras ou no subterrâneo de fortes e castelos, costumam ser jovens e trajam longos vestidos brancos. Apesar de serem doces e educadas são intermediárias de satã e pessoas aflitas que por algum motivo queiram negociar com ele.

 

Em minha pesquisa sobre as meigas, encontrei alguns "métodos" para se defender de tamanhas maldades praticadas por essas bruxas. 

Tradicionalmente se crê que, saltando a cacharela (fogueira) de San Juan três vezes (ou um múltiplo de três) se espanta as meigas para bem longe. 

Um ensalmo tão popular quanto o salto da cacharela é recitar "Fora Meigas!" enquanto se faz o sinal de figa com a mão direita. 

Existem também, alguns amuletos que podem ser colocados em casa ou pendurados no pescoço de quem foi vítima :

 

Vassoura : Colocar uma vassoura de cabeça para baixo atrás da porta de entrada da casa.

Dente de alho, figo e castanha Pilonga : Carregar esses itens consigo espanta as bruxas meigas.

Colar de chifre de Vaca-loura (um tipo de besouro) : Esse colar serve unicamente para aqueles que já foram vítima de uma meiga.

Terra benzida de cemitério ou ramos de louro abençoadas no domingo de ramos : Item essencial para manter sua casa protegida.

Garra de animais ferozes ou dentes de lobo: Carregar esses itens consigo para afasta-las ou confeccionar colares para quem já foi vítima.

Pedra âmbar : Amuleto muito útil que serve para rejeitas venenos e feitiços lançados pelas meigas.

 

Não há fontes confiáveis de como as histórias das meigas se popularizaram pela América Latina. A hipótese mais aceita é de que povos Galegos que se instalaram no Chile transmitiram essas histórias pelo país, e, estrangeiros que por ali passaram, levaram essa história adiante pela América do Sul.

No próximo domingo (11/09),  Conheceremos a sinistra Baba Yaga (história originada na Russia e popularizada por todo o Leste Europeu).

Te espero aqui!

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...