BEST FRIEND - O tempo não apaga - Season 2

SINOPSE

As vezes o destino é cruel, magoa, faz sofrer, nos afasta de quem amamos, mas assim como ele é cruel, ele também pode ser bom e nos dar uma segunda chance, pra consertarmos os erros do passado.
Será que amigos podem ter uma segunda chance? Será que depois de algum tempo, depois de adultos, Harry, Lucas, Gabriela, Luan, Bruna e Marcela, poderão ser amigos de novo? E os sentimentos e magoas do passado? Realmente foram esquecidos e superados ou foram só guardados no fundo da alma e a qualquer momento podem vir a tona?
Depois de sete anos, esses seis amigos vão se reencontrar de novo, mas será que é porque sentem falta da amizade que tinham ou por causa de um segredo em comum...?


0Likes
0Comentários
152Views
AA

7. CAPÍTULO 7

CAPITULO SETE

 

 

Ele ficou em silencio, somente me olhava, não sei o que se passava na cabeça dele, queria ta la dentro pra saber.

- Ficou em, silencio, disse alguma coisa errada? - falei pra quebrar o silencio.

- Não parecia que gostava de mim, afinal, aceitou o pedido do Harry, sem pensar. - ele disse de cabeça baixa.

- Bom, você tava só me ignorando, sempre que eu me aproximava você saía.

- Bom, você mereceu, não se lembra como me tratou? Logo depois que fizemos amor?

- Te pedi desculpas.

- Mas nem sempre isso resolve. Palavras machucam, não se pode simplesmente falar o que pensa, tem que pensar nos sentimentos  das outras pessoas.

- Me desculpe. Queria poder concertar meus erros, queria ficar com você.

- Como? Do que ta falando?

- Se você me pedir, eu largo o Harry pra ficar com você, eu desfaço o meu noivado. Mas me da uma chance. Eu te amo desde o dia que fizemos amor...

- Só que as coisas não são, tão simples assim, me magoou, me fez sofrer, doeu muito, não sabe o quanto. E me acusar como fez, aquilo foi a gota d'água. Sinto muito, mas não tem como ficarmos juntos.

- Luan, você disse que me perdoava, eu senti sua falta, será que não vê isso? Eu te amo cara e te reencontrar foi a melhor coisa que me aconteceu nos últimos tempos, minha vida veio melhorar de uns tempos pra cá e te ver de novo, me fez acreditar que valeu a pena tudo o que passei, que valeu ter lutado, ter persistido e não ter me entregado. Luan, por favor, não me trata com indiferença, vamos esquecer o passado? Começar do zero, eu termino com o Harry e fico com você, não me nega uma chance por favor?

- Onde ta hospedada? - ele fala sério.

- No Gran Hotel, no centro porque? - perguntei sem entender.

- Vou te levar pra lá, já ta falando coisa com coisa.

- Luan é serio, não to falando coisa com coisa. Eu te amo Luan, cê não sabe o que passei por ter me separado de você.

- O que passou Marcela? Me fala.

- Tenho vergonha...

- Vamos logo.

Ele abre a porta do carro pra mim e eu entro. Ele acelera em direção ao hotel.

Quando estávamos de frente ao hotel, ele para o carro, desce e abre a porta pra mim.

- Agora sobe e toma seu remédio. Não ta bem. - ele fala como se eu fosse uma doente mental que precisasse de remédio controlado.

- Sobe comigo?

- Não.

- Vem Luan...

Insisto tanto que ele sobe comigo. Quando entramos no quarto, fecho a porta.

- O que quer Marcela? - ele pergunta serio.

- Fazer amor com voce... Enquanto a gente nao fizer, nao vai embora.

- Então quer transar comigo? Ok então. - ele gala e eu mal acredito.

Pego na mal dele e o levo pro quarto. Quando chegamos la, eu comecei a beijar ele e tirar nossas roupas, ele ficou por cima de mim e me penetrou com força, quase me machucando, foi quando percebi que ele tava sendo indiferente. Ele não me beijava e não me fazia carinhos, quando terminamos, em menos de cinco minutos ele se levantou. Começou a se vestir, me sentei na cama observando o que ele tava fazendo.

- Vai pra onde?

- Embora, já fiz o que você queria, agora já posso ir.

- A gente acabou de fazer amor Luan.

- Não Marcela, a gente transou. Agora vou embora.

Ele sai e eu fico em cima da cama enrolada nos lençóis atônita.

Eu não tava acreditando no que tinha acontecido. Quando caio na real, lagrimas rolam pelo meu rosto, ele transou comigo e foi embora, to me sentindo suja, pra me tratar como uma prostituta, so faltou ele me pagar. Começo a chorar, ele me rejeitou, me tratou como lixo, eu sou mesmo uma burra, não fiquei,com ele quando tive oportunidade, agora ele não me quer. Levanto e vou pro espelho, me olho quase nua, eu sou horrível, meu corpo é feio, meu rosto é disproporcional. A culpa é minha, não sirvo pra ele, a vontade de me deixar é imensa, quero desistir de tudo, não quero mais fazer tratamento, so quero morrer...

 

 

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...