A Tréplica


0Likes
0Comentários
92Views

1. A Tréplica

Eric do Vale

Como é possível alguém dizer para o seu semelhante que, um dia, terá o desprazer de ficar face a face com esse? Tenho me feito essa pergunta, desde o nosso último “dialogo” e, até, agora, não encontrei nenhuma resposta. 

Compreendo que você defendeu o seu ponto de vista da mesma forma que eu defendi o meu, portanto estamos empatados. Só há um porém: tudo o que eu disse não se limitou apenas no depoimento de uma única pessoa, mas sim de várias.  Ao contrário de você, que, deixando-se dominar pela emoção, partiu para a ignorância e depositou sobre mim uma rajada de palavrões, pensando que essa fosse a solução mais eficaz. Se quer saber, eu já esperava por isso.

Antes de trazer tudo isso à tona, procurei me certificar de que tais informações tinham fundamentos a fim de não cometer nenhuma injustiça. Apurados os fatos, achei melhor aguardar por uma ocasião oportuna para me manifestar.

 Visto que eu sabia perfeitamente com quem estava lidando, dei a cara a tapa sem temer as consequências.  Só mais uma coisa: se você fizesse mesmo parte da polícia, teriam se baseado no Código Penal e me enquadrado nos artigos 138, 139 e 140. 

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...