A Mente não Mente


0Likes
0Comentários
2145Views
AA

16. Aos olhos de Deus

29.11.15

Queria eu poder ter não sido a condenada a viver aqui embaixo, reinando e governando as pobres almas pecadoras. Mas é claro. Sempre problemas com os pais. Minha querida mãe, governanta dos céus, amaldiçoando a própria filha a cuidar dos homens Neandertais. Desejava-lhe a morte. Elaborei mil e um planos durante todo o infinito tempo que vivi aqui em baixo. Tudo para quê? Para acabar entre os vivos.

Não é novidade que meu último plano deu errado. Toda essa história de poderes e Merlin e blah blah blah. Porra. Acreditaram mesmo? Essas famílias só existem. Aceite. É um dos mistérios do sobrenatural e do extraordinário. Não há uma origem certa para eles. E eu, Fiona, Imperatriz do Submundo, acreditava pertencer à família originadora disso tudo. Mas aqui, no plano terrestre, eu não sou ninguém. Meus cabelos vermelhos de sangue não chamam a atenção de ninguém pelas ruas da cidade grande. Meus olhos verdes não seduzem nem mesmo uma pobre alma tendo prazeres sozinha. Meus grossos lábios apenas servem param serem silenciados pelos dedos daqueles que se acham superiores. Onde toda a minha fama foi parar?

- Eu sou Satanás! O Diabo! Temam-me, meros mortais! - Grito, tudo para que deem boas gargalhadas.

- Satanás seria homem!

- Você é feia demais pra isso!

- E meu pai é o Bozo!

Todos respondiam na cara dura... Tive de arranjar um emprego. Tenho uma coluna na Gazeta. Não sabia que essa vida era tão difícil... Sinto muito, Crianças. Talvez eu esteja passando por tudo aquilo que fiz vocês passarem... Eu não quero viver aqui. Um Deus não consegue viver entre os mortais. Esse era meu pesadelo. Quem saberia disso?

 

30.11.15

Por toda a eternidade eu deveria reinar. Deveria absolver mortais de seus pecados, ouvi-los e consolá-los, não comer suas mundanas refeições, sentir seus pecadores prazeres. Por favor, como Inês eu só queria me aproximar deles, não me tornar sua mulher; além de tudo, escrava! Limpe isso! Esfregue mais! Ainda vejo uma mancha! Oh, todas essas pessoas aos meus olhos seriam mandados todos para o Inferno! Mas não posso ser vingativa. Não. Tenho de amá-los acima de tudo. Certamente a ira de Deus seria uma coisa que eles não gostariam.

Eu deveria contar-lhes que o pior está acontecendo: o pesadelo de um Deus se tornando realidade. Esse é o apocalipse. O fim dos tempos. E eu, Deus, morrerei com ele.

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...