Morde E Assopra


0Likes
0Comentários
114Views

1. Morde E Assopra

 

 

Eric do Vale

 

 

 

O sol já nasceu e aqui vamos nós, despertando para um novo dia! Vamos que vamos! Matar mais um leão por dia!  Aproveito para dizer aos meus ouvintes que leio e respondo, sempre que posso, os e-mails, mensagens, das redes sociais, e também, as cartas que recebo.  Isso mesmo, meus caros ouvintes: em plena era da internet, existem aqueles que conservam o hábito de escreverem cartas. Por falar nisso, quero ler para vocês uma carta que me foi endereçada, no dia 9 de abril: “Como tem quem goste de porcaria, há pessoas que desperdiçam o seu precioso tempo prestando atenção nas baboseiras que você diz, neste seu programa de péssima qualidade. Agora, mais do que nunca percebo que o Nelson Rodrigues estava com a razão, quando afirmou que toda unanimidade é burra. Ainda bem que para toda regra existe uma exceção e eu tenho muito orgulho disso. Aceite este conselho: reveja as sua vida e procure outra coisa para fazer...”. Assim segue essa carta “elogiosa” sem remente e assinada por W.C. No dia 11 de maio, recebi uma outra carta que começa da seguinte forma: “Desde já, quero dizer que admiro muito o seu trabalho e acho você um exemplo para todos aqueles que atuam nesta área da comunicação. É bom saber que existem pessoas como você que fogem as regras! Como jornalista de um importante site informativo, faço questão de enaltecer este seu programa na minha coluna semanal...”.  Dessa vez, uma carta dotada de elogios. Porém, não possuía remetente e era assinada por R. M.

De uns tempos para cá, venho recebendo cartas desse tipo: ora me elogiando, outrora me depreciando. Feito essa aqui, datada no dia 5 de junho: “Sendo eu uma pessoa que prima pela boa moral, devo dizer que reprovo este seu programa que enfatizou os direitos dos homossexuais na sociedade. E não é só isso, você, em outra ocasião, abordou o apoio aos aidéticos e disse que nunca devemos virar as costas para eles. Eu me pergunto: como é possível ajudar um aidético, sabendo que aquela pessoal viveu tão levianamente? Por essas e outras, acho que você, assim como os demais comunicadores, exercem uma influência negativa para a população, promovendo a total degradação...”.  No dia 15 de julho, recebi uma outra carta que falava o seguinte: “Você está de parabéns em utilizar o rádio em prol da sociedade, uma vez que essa é a função essencial daqueles que lidam nos meios de comunicação...”.

Isso me leva a crer que essas cartas foram escritas pela mesma pessoa, pois não havia nenhum remetente e eram sempre assinadas com abreviações, como: J.J, T.J, P.A, R.R, S.S ...  Tive certeza disso, quando recebi duas cartas, uma elogiosa e outra depreciativa, com a mesma assinatura: R.O.

Não sei como me dirigir a uma pessoa que se esconde com vários nomes falsos, mas tenho absoluta certeza de que, nesse momento, você deve estar me escutando. Se isso estiver acontecendo, saiba que terei o maior prazer de saber quem realmente é você. Assim sendo, o desafio está lançado.

 

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...