Vivendo e aprontando em Hogwarts

#Sinopse

A segunda guerra bruxa acabou! Voldemord foi vencido e a paz reina novamente no mundo bruxo... Harry, Rony e Hermione são livres agora para aproveitar a vida, mas primeiro eles decidem voltar a Hogwarts para terminar seu último ano, porém coisas em suas vidas vão acontecer,pessoas novas vão aparecer, mechendo com suas emoções e consequentemente com seu destino.
Ps: Eu quero comentários ^-^

1Likes
0Comentários
453Views
AA

4. A ronda

P.O.V->Autora.

Todos os monitores chefes estavam reunidos no salão comunal dos monitores.. Eles se preparavam para as rondas que teriam que fazer.. Dessa vez haveria duplas que ficaria fora do castelo, fazendo sua ronda no jardim e perto dos limites da floresta Proibida, claro que com Hagrid por perto..

P.O.V->Harry Potter.

Estavamos já lendo as duplas que foram feitas pela diretora Minerva..

-Voces dois lufanos vão juntos...Blásio você vai com a Lovegood..-Malfoy começou a dizer o que estava escrito no pequeno pedaço de papel.

-Pansy, você vai com o Smith.. Chang vai com Gobdy (um aluno da lufa-lufa).

-Manu, você vai com o Potter e eu vou com a Granger..-ele terminou de falar e eu não gostei nada do sorriso que ele deu para Hermione.. Mas por um lado eu estava feliz por que eu seria o par da Manu e finalmente a sós, poderia dizer que eu estava gostando dela.

P.O.V->Hermione Granger.

Saímos do salão dos monitores, cada um com o seu par.. E o Malfoy ficamos com os jardins.. É bom, assim com um vento fresco e arejado eu penso melhor..

Descemos a escada da entrada do castelo e começamos a passear pelo jardim. Não sei por que alguém acharia de ficar perambulando fora do castelo aquela hora da noite, mas continuei observando.. O loiro vinha logo atrás..

-Ei Hermione..

Me assustei quando ele pronunciou o meu nome.. Mas ficava tão bonito sendo falado por aquela voz macia e equilibradamente grave..

-O que foi Malfoy?.-eu perguntei já olhando para ele.

-Pode me chamar de Draco?

-Ahh.. Claro Draco.. É que você nunca foi... É.. Gentil comigo, só estou um pouco assustada..-eu disse sincera.

-Eu sei e eu queria te pedir desculpa pelo que eu fiz e te disse todos esses anos.. Eu não sabia o que realmente era certo.. Eu estou realmente arrependido.

Ele parecia estar sendo verdadeiro, eu olhei fundo naqueles olhos cinza e percebi o quanto ele eram bonitos..

-Eu te perdôo Draco.. Não se preocupe.. Eu já tinha considerado o fato de que você não sabia o que estava fazendo e...

Eu não terminei de falar por que meus lábios foram cobertos por outros.. Eu não acreditava nisso.. Draco Malfoy estava me beijando e eu estava correspondendo.. Ele tinha em sua boca um gosto doce, viciante.. Passei a mão por seu pescoço e depois agarrei mechas de seu cabelo loiro platinado, era macio e cheiroso.. Até que eu cai na realidade e me soltei dele..

Ainda de olhos fechados eu disse..

-Isso não deveria ter acontecido..

-Por que não?..-ele perguntou chegando mais perto, mas eu o parei..

-Por que tecnicamente eu ainda estou com o Rony e você e eu.. Nós.. Bem.. Ainda não começamos direito.. Aii eu estou confusa.

-Então termine com o Weasley e fique comigo.. Já faz um tempo que eu gosto de você, só que com a guerra e com tudo o que aconteceu eu resolvi me calar..-ele dizia olhando fundo nos meu olhos.

-Eu não sei Draco.. Só me dá um tempo para pensar.

-Tudo bem... Pode pensar.. Mas pensa com carinho.. Eusei que você sente algo por mim.. Agora vamos, temos que terminar a ronda..

P.O.V->Manuelle Andrade.

Eu e Harry andávamos pelo corredor do segundo andar.. Estava muito escuro e nóscaminhavamos apenas com a varinha nas mãos usando o Lumos...

Até que eu sinto Harry segurando a minha mão... Carambas! Até nos escuro ele sabe quando eu preciso dele..

-Obrigado..

-Não precisa me agradecer..-ele disse gentil.

-Harry? O que você queria me falar hoje de manhan na aula quando o Snape interrompeu?..-eu perguntei me lembrando do que havia acontecido..

Mesmo com pouca luminosidade eu vi o moreno corar..

-É que eu queria te dizer que eu to gostando muito de você Manu..

Ele parou e foi chegando perto de mim, perto de mais.. A luz da varinha contornava seu rosto me dando visão de seus olhos verdes e da boca rosada.. Estavamos quase nos beijando, eu há estava sentindo a respiração dele no meu rosto quando uma terceira luz de varinha apareceu nos assustando.. A voz grossa e macia ao mesmo tempo me assustou mais ainda..

-Pensei que as rondas não envolvessem qualquer tipo de aproximação física Senhor Potter e Senhorita Andrade..-a voz de Severus Snape, não.. Melhor! Ele em carne e osso falava bem perto de nós.

-Desculpe professor, mas achamos que estavamos sozinhos..

-Pois agora sabem que não estão.-o mais velho falou entre dentes.

-Mas o que acontece entre mim e Harry só diz respeito a nós dois e ninguém tem o direito de se meter professor.. Então não acho que alguém precise se encomodar...

-Vai gostar de saber Senhorita que você acabou de ganhar uma detenção de uma semana comigo.. As oito horas em meu escritório.

Snape disse zangado e saiu bufando pelos corredores e com sua capa esvoaçando.. Eu e Harry apenas nós olhávamos.. Demos um pequeno sorriso um para o outro e depois nos beijamos.. Um beijo calmo e lento.. Como eu imaginava o cheiro que eu senti quando cheguei perto da amortência era do moreno.. Quer dizer, um dos cheiros.. Sua boca tinha o gosto de menta.. Eu gostei da nossa proximidade até nós separarmos por falta de ar..

O resto da ronda foi tranquila.. Nós sempre de mãos dadas.. E eu ainda pensava na detenção que teria com o Snape.

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...