Good for you

Ela o amou desde primeiro momento, mas teve medo e manteve-se na friendzone. Seu maior desejo é que ele a olhasse da mesma forma, iria lutar até o fim por esse amor. O que ela não sabia é que iria descobrir novos rumos, uma nova paixão e o principal iria aprender a acreditar nela mesma.

0Likes
0Comentários
1114Views
AA

4. Friendzone

    Eu queria ao máximo evitar aquela conversa, já sabia o que o Dylan iria me contar. Mas a desculpa da dor de cabeça não rolou e muito menos dizer que precisava finalizar algumas coisas do  trabalho para quinta. 

- Ai Sel, já está quase tudo pronto. Eu te ajudo depois, achei que pudéssemos almoçar juntos. - disse ele mordendo os lábios (Pq ele fazia aquilo? Só pra me enlouquecer só pode)  - Tá bem, então o que você queria me falar? -  Perguntei sem muito interesse, afinal já sabia.     Eu achei estranho só o fato dele não ter dado muita importância e atenção pra Tay em momento algum, nem no intervalo. Ficamos sentados no lugar de sempre, no final do corredor. Estávamos rindo das palhaçadas do Caio, quando o temido assunto chegou. A festa de sábado!  - Essa festa rendeu mesmo e não foi só pra mim né Dylan?! - disse o Caio piscando pra mim, que fiquei vermelha na hora.  - Noite bem reveladora mesmo!! - Completou o Téo. Olhei pro Dylan e pude ver que ele também estava vermelho e meio sem jeito. Já a Tay tava com cara de nojo.  - Então Sel, aquele foi seu primeiro porre? - perguntou o Caio - Caio deixa a Selena! - disse o Dylan meio sério, parecendo não gostar do rumo da conversa. De fato eu também não estava.  - Relaxa maninho! Só queria saber pq puxa eu queria ter amigas assim que bebem e.. - ele parou e ficou me olhando. - Caio pq vc não conta os milhões de nãos que ouviu das garotas que tentou ficar?! Affe deixa a Sel! - se intrometeu a Isa. Ufa! Que bom que ela me salvou! A Bia não estava perto e eu com minha péssima habilidade de sair de conversas indesejadas não consegui fazer muito. Senti o Dy me olhando como se quisesse me tirar dali ou dizer que estava tudo bem.  A verdade é que pra mim não estava, sabia que depois da aula o Dy iria me contar a grande novidade, só que eu não estava nem um pouco afim de ouvir.   

  Assim que chegamos no shopping fomos direto ao BK e pedimos nossos lanches. Comemos, rimos das tentativas frustradas da professora Eva tentar ser engraçada. Então percebi que a sua expressão mudou, parecia meio recioso do que estava prestes a dizer. 

- Sel, eu fiz questão de conversarmos hoje pq eu queria falar de sábado. - Quando ele disse isso meu coração gelou, será que ia falar pra gente se afastar? - Dy, eu sei que o que fiz podia ter complicado sua situação com Tay, e eu ficaria triste se eu te fizesse triste. Eu até achei que você poderia se afastar de mim..  - A fastar de você? Jamais! E eu sei que vc... - ele parou e ficou olhando pro refri, parecia querer escolher as palavras. - E stava fora de mim! - interrompi ele, ai não iria aguentar tudo aquilo pra ele me dizer o que já sabia. Ele pareceu meio surpreso com minha interrupção  - Então você só acha isso daquela noite, que estava somente pelo efeito da bebida? - ele pareceu desapontado, não entendi o que ele queria que eu dissesse  - A h Dy eu não tenho costume de beber! Mas pode deixar eu vou ficar bem longe de bebidas. Eu não quero causar nenhum problema no seu namoro com a Tay - falei brincando com o canudo - O que? Namoro com a Tay?! - ele fez uma cara de quem não estava entendendo nada  - Ué Dy! Olha eu sei que você queria me contar em primeira mão, mas parece que sua namorada passou na frente e você sabe as notícias correm.. De qualquer forma parabéns! Espero que sejam felizes  - Espera que nós sejamos felizes Selena? - perguntou o Dylan me olhando como se eu tivesse falado um absurdo daqueles.   Eu estava me esforçando ao máximo para apoiar ele, mas falar: ' vocês formam um belo casal ou estou mega feliz por vocês' não daria. Sem chance!  -  Dylan eu não estou entendendo você! Você sempre quis isso! - repliquei sem realmente não entender porque ele parecia meio desapontado  - Desculpe Sel! É que.. Enfim, a Tay veio com essa história de namoro domingo na chácara, disse que ela havia percebido que gostava de mim de verdade. Eu disse que precisávamos esperar um pouco, já que ela havia me falado aquilo um tempo atrás e depois disse que se enganou. Mas ela continuo afirmando que tinha certeza! Eu disse que ia pensar...  - Pensar? O que te levou a não aceitar na hora? - perguntei totalmente intrigada. Ele me olhava como se quisesse me falar algo.  - Ah Sel, a Tay já brincou comigo uma vez.. e também eu achei que... hum... nada, foi isso mesmo. - respondeu ele meio sem jeito  - Eu sei Dy! E odiaria te ver mal de novo, só que parece que ela entendeu que seu pensar estava mais para um sim.- To vendo! Todo mundo já tá sabendo?  - Creio que boa parte, a Bia que contou..  - Hum... - (que raiva, lá estava ele mordendo os lábios de novos) então ele continuou.. -   Eu vou conversar hoje com a Tay ela tinha que ter esperado para anunciar  - Então de qualquer forma é oficial?  - Acho que sim, você mesma disse que era o que eu queria - respondeu ele sem parecer muito empolgado  - E eu estava errada por acaso? Eu conheço bem o meu... - parei de falar na hora que percebi o que ia dizer 'amor'  - O seu o que Sel? - perguntou o Dylan sem tirar os olhos de mim  - Amigo ué - respondi desconcertada, a expressão dele pareceu meio vazia como se esperasse outra resposta  - Sel? 

- Oi?

- Eu também conheço minha amiga e sei que ela deve estar afim de um sorvete agora - ele disse abrindo um sorriso. 

Ele me conhecia perfeitamente, assenti que sim com a cabeça e fomos andando pra pegar o sorvete. Definitivamente meu projeto tinha ido pro espaço! Será que a friendzone era minha sina?! 

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...