Country Love

Samantha, ou apenas Sam, cresceu em um haras em Wyoming nos Estados Unidos, e desde pequena já montava cavalos. Agora com 17 anos, Sam vê sua vida virar de cabeça para baixo quando um garoto da cidade se torna seu vizinho. O típico garoto da cidade, que nunca sequer viu um cavalo exceto pela televisão. E a típica garota do campo, de jeans e botas, apaixonada por cavalos.

8Likes
0Comentários
192Views
AA

2. PEQUENOS CONFLITOS

Escute a música enquanto lê:

Don't - Ed Sheeran

 

 

 

 

 

CAPÍTULO 2 - PEQUENOS CONFLITOS

Hey! - senti alguem puxando meu braço, me virei para ver quem era o atrevido, era Anna, uma das minhas melhores amigas. - Onde você estava, garota?

– Bom dia pra você também! - me virei fazendo uma careta.

– Ta, bom dia! - Anna disse, e eu sorri. Anna era, definitivamente, a mais agitada de nós. - Mas então, onde você tava?

– Acabei de chegar. - dei de ombros.

– Bom, você acabou de perder o Josh convidando a Cathy pra sair! - Anna deu um sorrisinho malicioso.

– Você tá falando sério? - perguntei pasma. Josh e Cathy faziam parte do nosso "grupo de amigos", eles já tinham tido algo antes, nada muito sério, mas não foi pra frente. Mas é claro que nenhum dos dois realmente seguiu em frente, eles ainda tinham uma paixãozinha um pelo outro, eles tentavam esconder mas todo mundo sabia. Mas eu os conhecia, sabia que eles não admitiriam seus sentimentos um para o outro tão cedo. Bom, pelo menos até agora. Eu estava muito feliz por eles.

– Aham! - Anna afirmou, rindo de toda a minha empolgação.

– E o que ela disse? - perguntei, ansiosa. Sim, sou curiosa mesmo, e daí?

– Que não. - Anna disse com a maior naturalidade, acabando com a minha alegria. - Você conhece a Catherine, ela não vai ceder assim tão fácil.

– Ahn, droga! Quando ele resolve tomar alguma atitude e adimitir, ela diz que não! - eu estava indignada mas conhecia bem Catherine. Semanas antes, eles haviam brigado, foi uma discussão bem intensa. Josh meio que exagerou com a Cathy e a deixou magoada, mas Cathy não é daquelas que leva desaforo pra casa. Então a briga não foi nada de leve. Mas até agora, acho que todos pensávamos que eles haviam se resolvido. Bom, para a Cathy parece que não. Ela não esquecia assim tão fácil e parece que ela estava disposta a fazer Josh pagar por suas palavras.

O sinal tocou e Anna e eu fomos apressadas para a aula já que tínhamos prova naquele dia e também tínhamos a primeira aula, de Física, juntas.


A prova foi bem complicada mas eu consegui me sair bem (eu espero). As minhas próximas aulas eram de Biologia e Matemática, depois intervalo. O sinal do intervalo tocou e eu saí da sala de Matemática, aquela aula eu tinha sozinha então fui direto pro refeitório comprar alguma coisa. Entrei na fila e peguei um pacote de salgadinho. Passei o olho pelo lugar tentando achar a nossa mesa. "Nossa mesa" porque é a mesa que eu meus amigos sentamos durante o intervalo,  quase todos os dias. Logo achei, mas só estavam Anna, Josh e Liam. Cathy e Noah não estavam lá. Anna e Liam eram irmãos, gêmeos. Sim, gêmeos! Legal, né? De parecidos não tinham nada, enquanto Anna era mais extrovertida, Liam era mais na dele. Mas de aparência não há quem discorde, eram ótimos. Anna era linda, e Liam, vou ter que admitir que ele também era bem bonito.

– Hey, Sam! - Josh acenou pra mim e eu retribuí.

– Estávamos comentando sobre o fora que Josh levou! - Liam não perdia a oportunidade de zoar o amigo. Josh sorriu sarcasticamente. Eu e Anna rimos.

– É, eu fiquei sabendo. - eu comentei.

– Você e a escola toda! - Josh negou com a cabeça.

– Mas você mereceu vai. - Anna disse sinceramente, comendo parte do meu salgadinho.

– O que? O que foi que eu fiz agora? - Josh se exaltou.

– Se você não tivesse dito aquelas coisas pra ela, você poderia ter recebido um "sim". - Anna se referia a "pequena" discussão entre os dois. 

– Ah, ótimo. Então a culpa é minha?

– Aham. - Anna o olhou.

- Mas foi ela quem... - Josh tentou se defender.

– OK, os dois tem parte de culpa nisso. - eu o interrompi.

- A Sam, tá certa. - Liam apoiou - Ninguém é santo aqui.

 

FlASHBACK*

– O que? E desde quando eu tenho que pedir autorização pra você pra ir a uma festa sozinha? - Catherine quase gritou. Quem ele pensava que era pra querer controlar a vida dela assim, ainda mais quando eles não tinham mais nada juntos?

– E você acha que não me deve nada? Sério mesmo, Catherine? - Josh perguntou irônico.

– E quando foi que você pediu minha autorização pra sair com a Megan? – ela se referia a uma líder de torcida vadia que ficava com todos os garotos da escola. - Como você acha que eu me senti? - Cathy estava prestes a desabar no choro, mas era forte o bastante para não deixar isso acontecer, pelo menos tentava passar a impressão de que era. - Achou que seria tão fácil assim pra mim?

– E pra mim, como acha que foi? - agora foia vez de Josh se exaltar. - Pelo o que me lembro, foi você quem terminou! - Josh tinha algumas poucas lágrimas nos olhos, mas não as deixou cair- Não sei se você sentia mesma coisa, mas eu realmente gostava de você.

– Eu nunca disse que não gostava! - Catherine gritou, indignada com a atitude de Josh e ao mesmo tempo magoada. - Eu só precisava de um tempo sozinha! Eu não estava pronta pra algo sério.

– Ah, e para os outros caras você está pronta, não é? - Josh a encarou, com raiva 

– Se quer saber, eu não devo satisfações pra você! - Cathy fez questão de jogar isso na cara de Josh.  - Eu estou sim saindo com um cara e isso não é problema seu!-

- Pois saiba, Catherine, que você pode sair com quantos caras você quiser! Se você acha que vale alguma coisa pra eles vá em frente! Só tenho pena desses caras por terem que te aguentar! - Josh cuspiu as palavras com raiva.A expressão de Catherine mudou rapidamente. Ela não acreditava no que tinha acabado de ouvir, estava sem reação. – Então, se você acha que alguém se importaria com você, é melhor você acordar porque nem o imbecil do seu ex namorado te suportou, não, ele te trocou por outra qualquer! Aliás, se quiser voltar pra ele fique a vontade, mas saiba que dessa vez eu não vou estar aqui pra te consolar quando você quebrar a cara de novo! Então se é isso que você quer, vá em frente! - Josh não se deu conta do que estava dizendo.

O assunto "ex da Catherine" era complicado para ela. Cathy não só teve que suportar um término como também uma traição. Por mais que tenha sido há algum tempo, antes mesmo de ela e Josh começarem algo, ela ainda se culpava por ter sido tão idiota. Catherine apenas o olhou, com desprezo, tristeza e mágoa nos olhos. Então Josh se deu conta do que ele havia feito, mas já era tarde, Cathy já tinha saído dali às pressas. Conseguir que Cathy voltasse a falar com ele depois disso ou mesmo olha-lo nos olhos demorou dias. Josh estava realmente arrependido do que havia feito. Sua intenção nunca foi magoar Cathy. Muito pelo contrário, ele ainda sentia alguma coisa por ela, ele só terminou seu "quase namoro" com Cathy porque ela não se sentia pronta pra um compromisso ainda, não depois do qe havia passado por causa do seu ex, por mais que gostasse muito de Josh. Cathy perdoou Josh semanas depois, mas ela não deixaria tão barato, não a Catherine, ela realmente havia ficado magoada com as palavras de Josh.

FLASHBACK END*

– OK, mas eu já pedi desculpas! - Josh estava mal pelo fora que levou, mas ainda pior por lembrar do ocorrido daquela noite. Da expressão magoada de Cathy. Ele sabia que merecia ter levado o fora, mas não precisava ficar ouvindo isso de todo mundo.

– Cara, ela não vai ficar assim pra sempre, relaxa. - Liam tentou confortar o amigo.

– E até lá eu faço o que? Finjo que nada tá acontecendo? - Josh perguntou retoricamente.

– Você tem que conquistá-la, aos poucos. - eu disse.

– Exato. - Anna me apoiou. - Você já fez isso uma vez, pode fazer outra.

– É, mas da primeira vez eu não tinha feito uma besteira como essa! - Josh não conseguia nem pensar na possibilidade de perder Cathy outra vez. Eu estava prestes a dizer alguma coisa, quando o sinal tocou. Apenas olhei pra Josh e sorri, confortando-o.

– Vocês vão se acertar. - eu disse e ele sorriu fraco. Josh era um dos meus melhores amigos, eu não gostava de velo mal.

.– Ok, agora vamos senão vamos chegar atrasados na aula do sr. Barry! - Anna disse e nos levantamos.

-É por isso que você é a nerd da turma. - Liam brincou com a irmã, recebendo uma risada sarcástica de Anna em troca.

Voltamos cada um para sua sala. Agora só faltavam mais duas aulas e eu estava livre da escola. Não totalmente porque os professores passaram bastante dever de casa naquele dia. Durante a última aula (que eu tinha sozinha) me perguntei onde estavam Cathy e Noah. Eu só tinha uma aula com ela naquele dia e não a tinha visto. E Noah tinha aula com Anna e Josh então eu também não o vi. O sinal da saída soou e eu fui direto pro portão da escola, se minha mãe ainda não tivesse chegado eu esperaria o pessoal sair. Mas Josh, Noah e Liam já estavam lá.

– Noah! - eu meio que gritei e nem me importei se metade da escola estava olhando. - Onde você tava a manhã toda?

– Hey, Sam! - Noah cumprimentou. - O sr. Barry me segurou na sala a manhã toda, perdi uns dez minutos do intervalo. - Noah revirou os olhos. O sr. Barry era um dos nossos professores e não era bem o mais paciente, e Noah também não se ajudava, sempre aprontava alguma.

– Sempre arrumando confusão... - eu disse rindo, Noah só ergueu os ombros como que dizendo "não pude evitar".

– Ei, vocês sabem da minha irmã e da Cathy? - Liam perguntou. Elas estavam mesmo demorando.

– A Anna já saiu, parece que ela tinha um compromisso e acho que a Cathy pegou uma carona. - Josh explicou, revirando os olhos ao falar sobre a suspeita carona .

– Por que você não foi com a Anna? - perguntei a Liam. Afinal, eles eram irmãos, moravam na mesma casa, essas coisas...

– Eu e Josh vamos pra casa do Noah. - ele explicou e Noah confirmou. 

Conversamos mais um tempo, e nem  sinal da minha mãe chegar. Eu já tinha  idade pra dirigir mas minha mãe fazia  questão de me buscar sempre que ela   podia. 

–Então, estávamos combinando de sair hoje à tarde. - Noah comentou. -Todos nós. 

– E onde iríamos? - perguntei.

– Em uma pizzaria que acabou de abrir aqui perto. - Noah disse. 

– Ok, vou ver se eu consigo ir. - expliquei. - As meninas disseram se

iam?

– Sim, elas vão. - Josh confirmou. - Mas também preciso ver se posso sair hoje. 

– Não é por causa da Cathy, é? - Liam cutucou Josh

– Não é nada disso! Tenho dever de casa pra terminar. - Josh revirou os olhos. - E além disso, minha vida não gira em torno dela.

– Sei.. - Noah  brincou. - Você, fazendo tarefa da escola? - Noah disse e nós rimos, menos Josh, que só deu uma risada sarcástica. 

– Sam, não é sua mãe ali? - Liam 

apontou um carro estacionando. 

– Já ta querendo se livrar de mim, é? - brinquei.

- Claro que não, você sabe que eu te amo! - Liam disse bagunçando meu cabelo todo e eu ri. Liam era um palhaço. 

- Sei que não vive sem mim! - mostrei a lingua ainda rindo. -Mas preciso mesmo ir. Tchau, garotos. - eu me despedi, acenando.

- Até mais tarde, Sam! - Noah acenou. 

Caminhei em direção ao carro. Ainda de longe pude ouvir Liam fazendo alguma piadinha sobre Josh e a risada de Noah. Os três eram ótimos amigos um do outro, estavam sempre lá se um deles precisasse, ou mesmo uma das garotas. Eram os melhores amigos que alguém poderia ter

 – Como foi a prova? - minha mãe já perguntou assim que entrei no carro.

– Me saí bem, espero- suspirei.

– Sei que sim! - minha mãe sorriu.

Buscamos Natalie na escola e durante o caminho todo devolta ela não ficou quieta. Comentava sobre a professora nova, sobre o garoto chato da sala dela, sobre o que ela e as amiguinhas brincaram no intervalo... Quando chegamos Natalie logo apontou pela janela e perguntou "O que é aquilo?". 

 

Havia um reboque de cavalos estacionado. Mas o que? Ninguém tinha me avisado nada sobre cavalos novos. E por que tanta agitação? O que é que estava acontecendo ali?

 

CONTINUA...

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...