Querido Diário

Sally é uma garota Canadense que resolveu ir morar nos Estados Unidos com sua melhor amiga Charlotte. O que elas não sabem, é que cometeram um GRANDE erro...

5Likes
0Comentários
315Views
AA

2. Conhecendo gente nova - Part. 2 Final

Pensava em quem poderia estar batendo ali. Parecia que estava acontecendo o fim do mundo e a minha casa era o único local para sobreviver. Respirei fundo e gritei:

 

- Já vai!!

 

Minha mãe abriu a porta e eu e Charlotte aproveitamos para dar uma espiada. Estava um mar de adolescentes da minha idade (praticamente) e de Charlotte. Comecei a imaginar de que eram alunos da minha nova escola e vieram dar as boas-vindas. Ouvi dizer, que isso é um costume daqui... Minha mãe os convidou para entrar, e foi o que eles fizeram. Entraram que nem uns furacões dentro de casa e começaram a mexer em tudo. Meu pai que se irritou um pouco, cochichou discretamente para a minha mãe:

 

- Eu sei que está tentando ser educada, mas esses moleques não podem ficar aqui. Estão bagunçando tudo! E também tem muitos meninos por aqui. Se fossem só meninas eu até que aceitaria...

 

Eu acabei ouvindo tudo. Realmente, pela primeira vez tive que concordar com ele. E aquilo era realmente um fato: atendo amigos no meu quarto. Sei lá, acho que meu quarto é um local mais legal, mais bem decorado e tudo mais... Além disso, tenho mais chances de ser popular na nova escola. Muitos vídeo games, muitos jogos, músicas, posters... Já imaginou eu chegar na escola no dia seguinte com todos falando: ''O quarto de Sally é maneiríssimo.'', ''O quarto de Sally é enorme!'', ''O quarto de Sally tem mil posters'' ou até mesmo: ''Sally é a rainha dos vídeo games. Cara, um dia quero ser igual a ela.''. Bem, algum dia isso vai ter que acontecer. E foi isso que eu fiz: Os levei pro meu quarto. Ao entrarmos todos lá, eu escutava muitos ''Oh'' ou ''Que irado...''. Aquilo estava dando certo. E eles gostaram do meu quarto! Achei que os garotos gostavam mais de patricinhas ou quartos rosa... E meu quarto era completamente rock. Ah, misturado com um pouco de pop também. Posters de Andy Biersack que deixavam as garotas babando. Posters da minha maior diva Katy Perry enlouquecendo os garotos. Pois é, não falta mais nada para eu ser a mais nova popular da escola! Pedi para que Charlotte ficasse de olho neles enquanto eu ia até a cozinha pedir a minha mãe para que preparasse um jantar bem farto e doces para uma noite toda. Voltei para meu quarto e dei de cara com eles mexendo e jogando nos meus vídeo games, beijando e rabiscando meus posters, falando mal das minhas roupas, e Charlotte apenas com cara de boba sem saber o que fazer. Ah, aquilo já era demais. Fazer bigode no Andy Biersack, ficar beijando os lábios de Katy no poster, e mexer nos meus perfis de jogos já era demais. Fiquei irritadíssima e então gritei:

 

- Hey, hey!! Saiam todos daqui, agora!! Não preciso mais que fiquem aqui bagunçando tudo!!

 

Parece que eles entenderam bem o recado. Fizeram uma fila indiana para sair de meu quarto, e aí percebi uma menina também da minha idade que era bem baixinha, pele bem pálida e olhos e cabelos castanhos escuros. Ela parecia estar meio triste pela bronca que eu havia dado em todos, então a chamei de canto e pedi para que ficasse. Ela abriu um sorriso fofo no rosto e disse bem baixinho:

 

- Me chamo Juliet. -  disse ela cochichando em meu ouvido.

 

- Me desculpe, mas eu não ouvi direito. - respondi coçando a cabeça.

 

- Eu disse que me chamo Juliet!

 

Ela falou um pouquinho mais alto, agora dando para ouvir. Fiquei um pouco sem graça, enquanto Charlotte soltava longas gargalhadas.

 


 

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...