Sangue e Amor


1Likes
0Comentários
130Views

2. A Viagem

(P.O.V Ariana)

Eram 8.00 da manhã e eu já estava no aeroporto para viajar para Nova York, iria tentar mudar a minha vida, eu vivia sozinha três anos desde quando os meus pais morreram num acidente de carro, deixando-me sozinha e com a sua grande herança, bem desde esse dia que me guardo muito para mim, não tenho amigos quase nenhuns e os que tenho não me ligam nenhuma, esse e um aspeto que quero mudar quando me mudar para Nova York, espero fazer novas amizades, estava sentada a beira da minha porta de embarque quando ouvi a chama para o avião, foi até a porta e entrei de seguida no avião, não sei quanto tempo iria demorar a viajem mas não importa eu agora so estava focada em organizar a minha vida de uma maneira diferente e esquecer o passado. Eu iria morar com um grupo de três raparigas numa casa perto da escola, espero que elas sejam simpáticas, não gostaria de começar a ter inimigos logo que chagasse a Nova York, bem já estava no ar e como estava na seca total decidi ouvir música, acabando por adormecer.

----------------------------------------------------------------X---------------------------------------------------------------------

Passageiros informo que chegamos ao destino, espero que tenham feito uma boa viagem.

Ouvi a hospedeira a falar que tinhamos chegado a Nova York, por isso tratei de acordar mesmo que não quisesse, mas tinha que ser, sai do avião e foi para a zona onde se recolhem as malas, logo que vi a minha peguei nela, depois sai do aeroporo e procurei por um táxi, quando achei um dei-lhe a morada da minha nova casa e este levou-me até lá, agradeci-lhe e paguei a viagem, sai do carro e fiquei com a minha boca num perfeito *o*, quando vi a minha nova casa, era linda, bem era uma casa normal no meu ponto de vista, estava frio por isso decidi que era melhor entrar, estava com um pouco de medo, pois iria conhecer pessoas novas, a minha cabeça estava cheia de pensamentos maus como por exemplo e se elas não gostassem de mim, e se me acham esquesita, bem decidi retirar esses pensamentos da minha cabeça e pôs as chaves na ranhura da porta, abri a porta, e agora digo a casa era perfeita, estava tão destraída que nem dei fé das três raparigas que estavam sentadas no sofá da sala a olhar para mim, com um pouco de vergonha decidi começar a falar para elas.

Ariana- Oi.

Elas- Oi. (responderam com um sorriso na cara o que me reconfortou, talvez elas fossem simpáticas)

Ariana- Eu sou a Ariana e vocês são?

Rapariga de cabelo ruivo- A desculpa não nos termos apresentando, bem eu sou a Samantha, esta é a Marina (apontou para uma rapariga loira) e esta é a Cláudia (apontou para a rapariga ao seu lado morena).

Ariana- É um prazer conhecer-vos, bem alguma de vocês pode me dizer qual é o meu quarto? (perguntei com vergonha)

Marina- Eu digo-te vêm comigo, já que vais ser minha colega de quarto.

Ariana- Obrigada.

Segui a Marina até a um corredor onde haviam duas portas, deduzi logo que fossem os quartos, fomos até a ultima porta do corredor e entramos.

Marina- Bem este é o nosso quarto.

Arina- É lindo, quem e que decorou.

Marina- Bem foi eu, ainda bem que gostas.

Ariana- Podes crer que sim.

O quarto era mesmo lindo era todo em tons de roxo, preto e branco, a mobilia era toda preta, tinha três portas deviam ser a da casa de banho e as dos closet, simplesmente adorei.

Marina- Bem vou deixar-te a vontande se precisares de alguma coisa já sabes é só chamares alguma de nós as três.

Ariana- Ok obrigada, ahm posso te perguntar uma coisa?

Marina- Sim é claro.

Ariana- Amanhã na escola eu posso andar com vocês é que eu não conheço ninguém e...

Marina- Ariana é claro que podes, e já estive a ver as turmas e somos todos da mesma, por isso vamos passar o tempo todas juntas, tipo ainda vamos nos tornar melhores amigas, ahahaha.

Ariana- Acredito que sim, bem vou arrumar as coisas então até já.

Marina- Até já, á e hoje a noite vamos jantar fora e depois vamos até uma discoteca, por isso veste uma roupa gira.

Ariana- Ok.

Marina saiu do quarto e eu começei a arrumar as minhas coisas. Eram 17:30 e eu já tinha tudo arrumado decidi ir então ter com as raparigas, sai do quarto e foi em direção a sala elas estavam todas lá.

Ariana- Posso juntar-me a vocês.

Samantha- É claro senta-te.

Cláudia- Então Ariana conta-nos um bocadinho sobre ti.

Ariana- Bem não há muito para contar. (disse baixando a cabeça)

Marina- Ei está tudo bem.

Ariana- Sim é só que a história da minha vida é um pouco triste.

Samantha- Pode desavafar, agora somos tuas amigas.

Achei incrível como mal tinha chegado e já tinha conhecido estas pessoas maravilhosas, senti naquele momento que podia confiar nelas, por isso decidi contar-lhes.

Ariana- Bem eu nasci em L.A e vivia com os meus pais, eles eram donos de uma grande empresa, tinha um vida feliz e tinha tudo o que uma rapariga podia sonhar, acontece que acabei por perder o que mais eu gostava o amor dos meus pais quando eles morreram num acidente, desde então vivo sozinha desde os 17 anos e mudei-me para cá para tentar recompor a minha vida e tentar também esquecer o meu passado.

Marina- Uau, a tua vida até agora têm sido complicada não têm?

Ariana- Sim, mas agora tudo vai mudar, vai ficar tudo melhor. (disse forçando um sorriso)

Claudia- É claro que vai, e nós vamos ajudar nisso.

Samantha- Bem meninas vamo-nos preparar para irmos jantar e sair?

Todas- Vamos.

Levantamo-nos do sofá e fomos todas para os seus quartos arranjarmo-nos, eu e Marina entramos no nosso e em seguida entramos nos nossos closet's. Entrei no meu e estive durante algum tempo a escolher o que iria levar, foi então que vi uns calções de cinta subida pretos, uma camisola branca pelo umbigo, um blazer verde água e uns botins da mesma cor do casaco, decidi que era esse o conjunto que eu iria levar, foi até á gaveta onde guardava os meus acessórios e peguei numa correia prateada para por ao pescoço e uns brincos da mesma cor, e foi só, sai do closet e encontrei Marina sentada em cima da sua cama.

Marina- Então já escolheste o que vais levar?

Ariana- Sim vou levar este conjunto. (disse mostrando-lhe a minha escolha)

Marina- Está lindo esse conjunto.

Ariana- E tu o que vais levar?

Marina- Eu não sei.

Ariana- Queres que te ajude a escolher?

Marina- Sim é claro que quero.

Fomos até ao seu closet, e eu começei a mexer nas suas roupas até que encontro o ideal para ela, uns calções de ganga desfiados, uma camisola vermelha e uma camisa de ganga da mesma cor dos calções, para ela calçar vi lá umas sapatilhas vermelhas de cunha com picos atrás que ficavam a matar naquela roupa, lembrei-me de que tinha um colar de picos lindo que tinha comprado no aeroporto no meu closet, foi buscá-lo e adicionei também uns brincos dourados, o conjunto estava lindo.

Ariana- Que achas?

Marina- O meu deus mais perfeito não podia ser, já pensas-te em ir para conselheira de moda, acho que irias ter sucesso.

Ariana- Ahahaha vou pensar nisso, obrigada.

Marina- Bem vais tomar tu primeiro banho que eu ainda tenho que fazer umas coisas no pc depois vou eu ok?

Ariana- Ok.

Entrei dentro da WC e comecei a tomar banho, demorei um pouquinho adorava estar debaixo do chuveiro com a água ligada, sai da banheira e sequei-me, passei um creme na minha pele e depois sai da WC.

Ariana- Podes ir Marina.

Marina- A ok.

Marina entrou na WC e eu foi vestir-me reparei que ela tinha levado as roupas por isso deduzi que se iria vestir lá dentro. Bem vesti-me e deixei o meu cabelo secar ao natural ia demorar um bocadinho mas o meu cabelo seco ao natural fica mais bonito, quando já estava vestida e penteada foi fazer uma make basica, pôs um pouco de gloss vermelho, lápis preto nos olhos, rimel e uma sombra cor de pele e estava pronta, peguei na minha mala e sai do closet, Marina estava a tentar fazer alguma coisa no cabelo, aproximei-me dela e ela logo entendeu que eu saberia o que ficava bem no look dela então apanhei o cabelo dela e fiz um catulo alagado depois peguei numa fita vermelha e pôs-lhe na sua cabeça, pôs também um pouco de batom vermelho vivo nos seus lábios, lápis e sombra preta nos olhos, e pronto estava perfeita, quando ela se olhou ao espelho agradeceu-me, pegou a sua mala e fomos as duas para baixo onde Samantha e Claudia nos esperavam, também estavam lindas de morrer, resumindo estavamos todas umas gatas.

Claudia- Bem vamos.

Marina- Sim vamos.

Samantha- Eu conduzo o carro.

Todas acentimos e fomos até a garagem da casa haviam lá três carros um Ferrari, um Shelby e um Mercedes, e daqui a uns dias iria ter o meu Audi r8 v10 que eu tinha mandado trazer de L.A, pelo que eu vi não era só eu que tinha uns pais ricos, bem entramos na Ferrari que era da Marina, e como Samantha tinha dito lá dentro ela foi a conduzir, paramos no McDrive e comemos qualquer coisa, depois dirigimo-nos para a discoteca, durante o caminho do Mc até lá fomos a cantar feitas malucas, riamo-nos estava a adorar mas tudo acabou quando vimos que tinhamos chegado a discoteca. Fomos para a fila de entrada que por acaso estava a andar bastante rápido, por isso num abrir e fechar de olhos já estavamos lá dentro a curtir o som. Estávamos a dançar á mais de 30min, estava cheia de calor, por isso decidi ir buscar uma bebida, avisei as raparigas de que ia ao bar e foi. Quando cheguei lá pedi uma vodca preta, e esperei que o barman me desse a bebida, ele deu-me a bebida e quando eu estava a dirigir-me novamente para a beira das minhas amigas vou contra um rapaz alto, com o cabelo castanho aloirado, e com os olhos cor de mel tenho que admitir ele era lindo, este tinha-me feito intornar a vodca por mim a baixo, fazendo-me sujar toda.

XX- Vê lá por onde andas.

Ariana- Desculpa tu é que vieste contra mim, seu estúpido.

XX- O que é que tu me chamas-te?

Ariana- Chamei-te estúpido porque não ouviste bem vou ter que repetir é?

XX- Acho que te vieste meter com a pessoa errada princesa.

Ariana- Mas a quem é que tu estás a chamar princesa, para ti é Ariana ouvis-te e agora sai tenho que ir limpar a borrada que tu fizeste. (tentei sair dali mas sem sucesso, ele não me deixava passar de maneira nenhuma). Deixa-me passar, otário.

XX- Voltas a chamar-me mais alguma coisa e ficas sem a cabeça, o meu nome é Justin, não é otário nem estúpido ouviste. (disse irritado)

Ariana- Ok JUSTIN, fazemos assim, deixas-me passar e fazemos de conta que nunca nos conhecemos pode ser adeus.

Ao dizer isto saiu de lá e vou ter com as minhas colegas que por incrível que pareça, já estavam acompanhadas com um grupo de três rapazes, foi até á e puxei a Marina.

Ariana- Marina eu vou embora ok.

Marina- Vai embora sozinha?

Ariana- Sim não te preocupes ok, diz as miudas xau.

Marina- Xau têm cuidado.

Sai da discoteca e começei a andar em direção a paragem de táxis, mas quando ia a vir numa esquina alguém me agarra atira contra a parede, nesse momento fico em pânico.

(P.O.V Justin)

Estava muito irritado com aquela miuda, mas quem é que ela pensa que é para me falar assim, bem eu támbem tive culpa, mas mesmo assim nem a minha mãe me falava daquela maneira, depois da discução que tive com a Ariana só me apetecia ir embora, foi procurar os rapazes e encontrei-os com umas miudas que por acaso eram muito lindas, estavam todos a dançar, fui até Ryan e disse-lhe que ia embora este não se importou muito, sai da discoteca e estava a ir para casa quando oiço alguém a gritar aquela voz era-me familiar mas, não conseguia indentificar de quem era, por isso decidi espreitar e é nesse momento que reparo que era Ariana, ela estava a ser ataca por um vampiro, que irónico não é eu tinha que fazer alguma coisa, foi até lá e agarrei o vampiro mesmo antes de este a morder, ele ia-me atacar mas quando vê que sou eu, não ataca, vocês perguntam porque é que não atacou, simples o meu clã é o que "manda" nos vampiros da cidade, somos conhecidos por toda a parte, ninguém se mete com nós e quando se mete têm um fim desastroso. Bem o vampiro já se tinha ido embora, e Ariana estava especada a olhar para mim, mas desta vez não era com raiva como na discoteca.

Ariana- Obrigada.

Justin- Não tens de quê, o que é que estavas a fazer sozinha na rua a esta hora.

Ariana- Estava a ir para a paragem de táxis, para ir embora mas aquele homem ali não me deixou continuar o caminho.

Justin- Ele fez-te alguma coisa? (perguntei um bocado preocupado que ela tenha reparado que ele era um vampiro)

Ariana- Não, mas se não tivesses sido tu a esta hora poderia me ter acontecido alguma coisa obrigada mais uma vez, bem tenho que ir. (disse ela começando a caminhar, mas eu agarro-a não a deixando continuar o seu caminho)

Justin- Anda eu levo-te a casa, nem penses que vais sozinha outra vez.

Ariana- Ok eu aceito a tua boleia.

Seguimos os dois para a minha Ferrari, pois além de sermos o clã mais poderoso somos também o mais rico da cidade, mas continuando Ariana disse-me a morada da sua casa e eu começei o caminho até lá.

Ariana- Desculpa lá aquilo de a um bocado estava nervosa.

Justin- Deixa estar eu acho que iria reagir da mesma forma.

Ariana riu-se e de repente toca-me na mão a sua cara fica séria.

Ariana- Justin, tu estás gelado.

Justin- Não estou não é só empreção tua. (disse tentando disfarçar).

Ariana- Não, não é, tu estás bem?

Justin- Estou não te preocupes.

Vejo que ela começa a mexer na mala e numas folhas que lá estavam, via que eram horário e outras coisas, quando ela estava a por de volta as folhas na mala corta-se no dedo e logo o cheiro do seu sangue vem ter as minhas narinas, estava a ser díficil controlar a sede que tinha nascido em mim, por isso começei a acelar o carro, para chegar o mais rápido possivel a sua casa, senão algo de mal iria acontecer e eu não queria isso. Em cinco minutos já estavamos em sua casa ela olhou para mim e assustou-se não percebi porque.

Ariana- Justin porque é que os teus olhos estão vermelhos.

Pronto era a gota de água.

Justin- Ariana eles não estam vermelhos. (disse nervoso)

Ariana- Estão sim, tens a certeza de que estás bem?

Justin- Sim agora vai lá embora. (disse começando a ficar irritado por causa das perguntas)

Ariana- Ok, Ok eu vou xau e obrigada.

Ariana saiu do carro e eu começei a conduzir a alta velocidade até há floresta precisava de caçar estava a morrer de sede.

(P.O.V Ariana)

O que se tinha passado no carro tinha sido muito esquesito, foi até ao meu quarto e liguei o meu pc começei a procurar várias coisas na internet, sobre as pessoas terem olhos vermelhos e a pele gelado, ouve uma coisa que me chamou a atenção, foi um site sobre factos antigos e lendas, mas o principal naquela página era sobre vampiros, arrepiei-me no mesmo momento em que li : Vampiros têm a sempre a pele gelada, e cada vez que sentem o cheiro de sangue a cor dos seus olhos pode mudar. Eu não podia estar a acreditar, será que o Justin é um vampiro, OMG. Decidi ir dormir pois estava com sono e tinha que pensar muito bem no que tinha acabado de ler, amanha será um novo dia.

No dia seguinte

O meu despertador e o de Marina começaram a tocar, ontem nem tinha dado fé de que elas tinham chegado a casa, bem acordei, fiz a minha higiene pessoal e vesti umas calças de ganga, uma camisola preta as bolinhas brancas e uns sapatos de salto alto brancas da nova coleção da seaside, amarrei o cabelo e fiz um a make básica e foi tomar o pequeno almoço, como foi a primeira a acordar preparei o pequeno almoço para todas, fiz panquecas e café, passando um bocado as miudas já tinham descido.

Claudia- Preparada para o primeiro dia de aulas Ariana?

Ariana- Sim, acho que sim.

Marina- Bem vamos andando?

Quando ia a responder recebo uma chamada, era da empresa que eu tinha mandado trazer o meu carro para cá, estes deciram-me que o tinham deixado a porta da minha casa, fiquei logo alegre.

Marina- Que se passa?

Arina- Acabaram de trazer o meu carro.

Samantha- Ok, bem vamos lá.

Marina, Samantha e Claudia foram até a garagem e tiraram os seus carros eu como tinha o meu lá fora esperei que estas saissem e seguias até a escola quando lá chegamos, todos começaram a olhar pra nós, devia ser por causa dos carros, quando estava preste a atravessar a rua para ir até a porta da escola, ia sendo atropelada por um rapaz, que não tinha visto bem quem era, mas quando forcei a visão vi que era Justin, Ótimo vai ser lindo nós os dois na mesma escola, as minhas amigas vieram a correr até mim.

Samantha- Estás bem Ariana?

Ariana- Sim estou bem (disse virando-me para Justin que já tinha estacionado o carro e estava agora a sair dele), podias conduzir um bocadinho mais devagar não achas. (falei o mais calma que conseguia)

Justin- Desculpa lá Ariana, bem vamos. (disse ele para uns rapazes que estavam atrás de si, mas este não ligarm muito e foram até as minhas amigas).

Marina- Ryan, que fazes aqui.

Ryan- Tipo faço o mesmo que tu,eu ando nesta escola.

Marina- Estou a começar a gostar mais da escola agora.

Marina e Ryan não paravam de falar, e o mesmo se passava com os outros dois rapazes e a Samantha e a Claudia.

Justin e Ariana- Espera lá vocês são os/as rapazes/raparigas da festa que estam com os/as minhas /meus amigos/as. (disse-mos ao mesmo tempo)

Todos- Sim somos

Marina- Estou a ver que tu e o Justin já se conhecem bem.

Ariana e Justin- Conhecemo-nos ontem.

Ariana- Bem já sei que és o Ryan e vocês os dois como se chamam. (perguntei aos outros dois rapazes que estavam com Samantha e com Claudia)

XXX- Eu sou o Chaz e este aqui é o Chris.

Justin- Já agora pergunto a mesma coisa ai as tuas amigas Ariana.

Ariana- Ela é a Marina, Samantha e Claudia, vivemos todas juntas. (disse apontando para cada uma delas)

De repente o sinal da compainha da escola fez-se suar.

Ariana- Bem eu e as minhas amigas vamos ter Ciências, e vocês?

Chaz- Também, espera lá de que turma é que vocês são?

Claudia- Turma K, do 12.º ano.

Ryan- É parece que vamos passar algum tempo juntos neste ano nós também somos dessa turma.

E pronto, Justin vai ser da minha turma OMG, bem entramos na sala de aula, e sabem o que aconteceu as minhas amigas tornaram-se umas vadias naqueles momento pois foram cada uma sentar-se a beira do rapaz com quem dançaram ontem a noite, foi mais ou menos assim: Marina e Ryan, Samntha e Chaz e Claudia e Chris, e como eu não conhecia mais niguém, tive que me sentar a beira de Justin.

Prof- Bom dia alunos, hoje temos aqui uma aluna nova, Ariana. (disse e apontou para mim), bem vinda.

Ariana- Obrigada setor.

Prof- Bem hoje vamos........

Logo que ele começou a falar a minha cabeça já não estava mais na aula mas sim, no que eu tinha descoberto ontem a noite sobre Justin, tinha que descobrir se ele era mesmo vampiro iria tratar disso amanhã. Bem as aulas passaram muito rápido e eu fiquei á beira do Justin em todas, já viram a minha sorte, no final do dia fomos todas para casa, jantamos e fomos dormir, estava ansiosa por amanha, pois iria ser o dia em que eu ia descobrir se Justin era vampiro ou era só uma embirração que eu criei na minha cabeça.

Espero que tenham gostado deste capítulo.

Será que a Ariana vai descobrir o segredo do Justin?

Comentem e votem.

XxxBeliebertaniaxxX

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...