Ópera (Por: Lan Fernandes)

Ópera

0Likes
2Comentários
165Views

1. PRÓLOGO

Olhou-se no espelho, tendo certeza que estava sozinha. Examinou-se de cima a baixo: Seus cabelos claros caíam pelos seus ombros como cascatas, cobrindo as alças da pequena camisola cor-de-rosa e o meio sorriso escondido. Ah, o sorriso. Aquele sorriso ao qual não via há muito tempo, e que de uma hora pra outra voltou a habitar o seu rosto. Ela sabia que devia aquele sorriso a ele. Sim, ela o amava, e a partir daquele dia estariam juntos para sempre.

Virou-se pra se examinar de lado, enquanto dava tapinhas leves no rosto pra tomar mais cor; o amado se impressionaria.

Ouviu um barulho vindo da janela, que de repente se espalhou por todo o ambiente, vindo da direção do chuveiro. Assustou-se.

- O que você está fazendo aqui? – disse juntando as sobrancelhas e olhando pra pessoa que a encarava. Sentiu o frio percorrer-lhe a espinha, quando viu o que ela segurava. Aquilo não seria nada bom. Nada bom. – O que você pensa que...

Durante alguns minutos, o silêncio se espalhou pelo local, mas, para ela, ele seria eterno.

Uma hora depois a mansão já estava cercada por policiais, e mais do que isso, envolvida pelo véu da morte. A mágoa e a vingança seriam suas eternas moradoras, desde então.

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...