Dance With Me

"We are fool whether we dance or not,so we might as well dance"-Japanese Proverb Jessica Braun Williams, 24 anos, dançarina profissional de classe média. Tyler Stanley Richards,24 anos, herdeiro das empresas "Richards" podre de rico e prestes a noivar com Meredith Braun. Tudo se dá início,quando a notícia de um jantar de noivado começa a mudar a vida e modo de agir de todas as pessoas envolvidas,fazendo com que os caminhos de Tyler e Jessica se cruzem. O que acontece é nenhum dos dois sabiam que tinha uma ligação muito mais próxima,antes mesmo de se conhecerem. Também disponível no Wattpad /Also available on Wattpad : http://w.tt/1oDSAlT

2Likes
4Comentários
7815Views
AA

23. Chapter 23

Jessica's P.O.V.

—Jane, desculpa a demora. O trânsito tava um horror e...

—Tudo bem, você é a última a dançar . Vai dar tempo de você se arrumar.ela parecia aliviada ao me ver, ela segurou meus ombros e me deu um beijo na testa.

—Ryan, que bom ver você aqui. Está pensando em se juntar a nós novamente?-Jane me soltou e apertou a mão de Ryan.

—Não acho que seja mais a minha, acho que até já perdi o jeito.- ele dá de ombros.

—Uma vez dançarino, sempre dançarino, mon amour.

Chega uma mensagem no celular de Ryan.

—É... Hm... Vou pegar logo um bom lugar na plateia, se isso aqui encher rápido é capaz de eu ter que assistir em pé.-ele veio até mim e me deu um selinho e depois um beijo na testa.

—Você vai ser o primeiro lugar, como sempre. Nem se preocupe com esses bostas que estão por aqui.-ele sussurrou me abraçando e eu dei um tapa no braço dele. -Falei somente verdades.

***************

Jason/Tyler's P.O.V

—Susie essa apresentação demora muito?-eu perguntei saindo do carro.

—Pelo amor de Deus, Tyler! Você ainda nem entrou.-ela disse ajeitando os óculos.

—Só perguntei-eu levantei as mãos em rendimento.

Estávamos na fila para entrar (quanto tempo eu não fico numa fila), quando um cara quase trombou em mim.

—Desculpa aí!-ele disse sem olhar para mim e empurrou o amigo que estava com ele de volta.

Era definitivamente Ryan,namorado da Jessica.

Ele parecia alterado, será que Jessica estava com ele?

Não acho que ele deixaria ela sozinha para ficar andando por aí com um amigo.

—Tyler, os ingressos!-Susie me cutucou, provavelmente pela milésima vez e eu pisquei rápido saindo dos meus pensamentos.

—Ah, desculpa.- entreguei os ingressos para a moça do caixa.

—Eu queria ter o poder de ler sua mente por um dia só pra saber porque você viaja tanto na maionese.

A arena era bem grande, mas já estava quase lotada.

Achamos um lugar lá em cima, quase na última fileira da arquibancada.

No centro da arena tinha um tapete especial onde se encontravam várias pessoas de diferentes idades se alongando.

Alongando é uma forma mais leve de dizer fazendo pacto com o demônio.

Minha perna já dói só de alongar a panturrilha, agora imagine por as pernas atrás da cabeça. Ew.

Susie estava do meu lado há mais de meia hora conversando com a tal amiga dela que iria dançar.

Uma sineta tocou e a Melody, amiga da Susie, despediu-se e disse que falaria com ela no final.

—Obrigado por me chamar só para me deixar excluído.

—Você tava aí calado jogando esse joguinho tosco no seu celular.-ela disse dando de ombros.

—Nunca chame 'Injustice' de jogo tosco.

—Desculpa me intrometer, mas eu vou ter que concordar com ele. -uma menina de cabelos castanhos claros se virou em nossa direção.—Prazer, Jennifer.

Jessica's P.O.V.

—Você está deslumbrante,querida- Jane gritou no meio do camarim, após eu sair do banheiro, fazendo todo mundo que se encontrava ali olhar diretamente para mim.

—Jane, meu amor, seja mais discreta- sussurrei.

Digamos que a minha roupa era bem pouca e eu já estava envergonhada o suficiente.

Eu estava apenas com um collant vermelho e branco com brilhos e uma meia-calça cor de pele.

Meu cabelo estava preso em um coque firme e um pouco desfiado.

Minha dança era um solo livre, ensaiado diariamente durante o último mês inteiro, mas eu ainda sim estava nervosa.

Até que eu poderia me alongar já na área do palco, porém isso só me deixaria ainda mais nervosa.

Peguei meu celular e tentei ligar para o Ryan, para relaxar um pouco.

Fora de área ou ocupado. Tentei mais umas cinco vezes e nada.

Resolvi ligar para a Jennifer.

No primeiro toque ela atendeu.

*Ligação on*

—Jessie, amor da minha vida, já tá pronta? Já sabe quando você vai dançar?

—Calma. Respira. Sim, já estou pronta e vou ser a última a dançar.

—Grand finale, não?

—Com certeza e isso só me deixa mas nervosa. Você já chegou?

—Claro, já guardei meu lugar na arquibancada, só vim no banheiro e já estou voltando.

—Você viu o Ryan?

—Na verdade...hm...eu vi ele bem rápido na entrada mas passou uma multidão na frente e ele sumiu.

—Ele estava com algum daqueles 'amigos' dele? Estou ligando para ele e só dá fora de área.

—Não, ele estava sozinho. Ele deve ter ido comprar algo pra comer. Relaxe, já já ele aparece aqui.

—Hm...é mesmo. E como assim você marcou um lugar na arquibancada? Não me diga que você deixou sua bolsa em cima do banco.

—Na verdade deixei sim, mas amiga, eu estou sentada do lado de um Deus grego. Ele está tomando conta da minha bolsa. Você precisa ver que gato.

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...