Dance With Me

"We are fool whether we dance or not,so we might as well dance"-Japanese Proverb Jessica Braun Williams, 24 anos, dançarina profissional de classe média. Tyler Stanley Richards,24 anos, herdeiro das empresas "Richards" podre de rico e prestes a noivar com Meredith Braun. Tudo se dá início,quando a notícia de um jantar de noivado começa a mudar a vida e modo de agir de todas as pessoas envolvidas,fazendo com que os caminhos de Tyler e Jessica se cruzem. O que acontece é nenhum dos dois sabiam que tinha uma ligação muito mais próxima,antes mesmo de se conhecerem. Também disponível no Wattpad /Also available on Wattpad : http://w.tt/1oDSAlT

2Likes
4Comentários
7798Views
AA

11. Chapter 11

Jason/Tyler's P.O.V

-Igualmente-Marc piscou do seu jeito mais vigarista para Jessica ,ela riu e eu cocei a cabeça desconfortável.

Ele tinha mesmo que ficar dando em cima de todas as garotas?

Andamos em silêncio até a saída, onde eu dei um aceno silencioso com a cabeça pro meu pai.

-Por favor,fale alguma coisa! Eu odeio silêncios constrangedores.-Jessica parou no meio da rua e se voltou pra mim.

-Sobre o que você quer que eu fale?

-Ah não sei,talvez sobre um assunto que você se sinta confortável.-ela levantou os ombros.

-Bem, eu posso falar de várias coisas confortavelmente. Posso começar sobre como você está bonita hoje e terminar falando sobre a importância da preservação ambiental, super confortavelmente.

Eu não acabei de falar que ela estava bonita em voz alta, né?

-Você é ridículo!-ela disse andando e de repente parou- Então eu só estou bonita hoje?

-B-Bem não foi isso que eu dizer ,na verdade-eu comecei a gaguejar, ela me pegou desprevenido.

-Relaxe, eu só estou te deixando nervoso.-ela riu e voltou a andar.-Já que você é super confiante em conversas , porque não me falar seus planos para o futuro?

-Isso é uma conversa casual ou uma entrevista de emprego?-eu ri pelo nariz e ela levantou as duas mãos na altura do ombro.

-Pensei que você estivesse confortável com qualquer tipo de assunto. Além do mais , se você preferir falar sobre a importância da preservação ambiental,fique à vontade.

-Jessica, não acredito que encontrei uma pessoa tão irritante quanto minha amiga Susie.

-Você precisa me apresentar a ela então.-ela parou de repente-E é daqui que eu sigo sozinha.

-O que? Se sua casa não é aqui, por que você vai em frente sozinha?

-Você não vai querer descobrir a confusão que vai rolar se eu aparecer lá com você-ela deu um sorrisinho nervoso.

-Que bom te encontrar aqui,Jessie.-Jessica se virou para olhar a voz grossa que me era familiar.

-Ryan.Eu já estava indo para casa.-Ela disse murmurando

-Eu ia te buscar , mas pelo visto você já tinha arranjado uma companhia melhor.-ele me olhou de cima a baixo e eu instintivamente ajeitei minha postura.

-Ryan- ela meio que o advertiu

Lembrei de onde o conhecia. Ele era o cara que estava com a Jessica no dia em que a conheci.Provavelmente seu namorado.

Ele passou por ela e parou na minha frente e estendeu a mão.

-Prazer, Ryan, namorado da Jessie e você é?-ele fez questão de enfatizar o "namorado" e Jessica rolou os olhos

Mas eu não me intimidei.Quem ele pensa que é?

-O prazer é meu. Eu sou Jason,amigo da Jessie.- eu disse mesmo não tão certo assim, eu não tinha a chamado de Jessie até agora.

Quando eu disse isso, ambos mostraram surpresa no olhar , só que a Jessie deu um sorrisinho com a cabeça baixa e o Ryan voltou para sua pose intimidadora.

-Hm... Você estava na academia ontem, não?-eu assenti com a cabeça e ele voltou para o lado de Jessica passando a mão na cintura dela.-Se você continuar lá , ainda vamos se encontrar muito.

Ele parecia um maníaco que a qualquer hora a ia me matar apenas com um olhar.

Minha curiosidade me forçaria a perguntar a Jessica porque ela acabou namorando um cara desses.

-Bem acho melhor eu ir voltando pro meu carro.Até mais.- eu acenei pronto pra me virar e Jessica tirou a mão do Ryan da sua cintura e veio até mim e me deu um beijo na bochecha disse perto da minha orelha.

-Não me ligue hoje, ligue amanhã.- ela se afastou e eu a fiquei uns dois segundos meio desnorteado com o seu ato.

Até ,claro, Ryan puxá-la de volta e lhe dar um selinho. É possível vomitar sem ter comido nada?

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...