Keep It Secret, Keep It Safe

Cassie Hood,16 anos
Uma menina que sabe como curtir a vida, um pouco mais abusada do que deveria, seduz qualquer homem de longe e sabe q pode fazer qualquer coisa, nao cai em papo furado de menino, é uma mina decidida.Mora cm a Lucy e seu irmão Dean.

Lucy Geyer, 16 anos
Mais madura do que suas amigas, mora cm o pai que não é muito presente, muito protegida pelo irmão, pega e nao se apega, nunca se apaixonou, é fria cm qualquer menino.

Sara Argent, 15 anos
Apaixonada pelo irmão mais velho de Lucy e a mais abusada e doida das três, sabe como conquistar um cara.

Dean Geyer, 19 anos
Irmão mais velho da Lucy e muito protetor, um cara charmoso, só pensa em sexo, gosta de namorar mulheres mais velhas e meio q se pega cm a Cassie, porem não passa de pegação, qnd pega alguma menina e gosta, ele corre atrás e se namora é pra valer, sabe deixar qualquer garota babando por ele.

Ryan Gerard, 19 anos
Safado, sedutor, misterioso e perigoso, qualquer menina pira quando está perto dele, ele é literalmente doido.

Nash Stevenson,16 anos
Melhor amigo das meninas, lindo, sexy, tudo de bom, oculta um segredo q pode arruinar sua vida, conhece Cam desde pequeno.

Cameron Richard,17 anos
Doido e safado, melhor amigo do Ryan,Thiago, Nash e Dean, sabe mais doq deveria sobre a vida alheia, menos da pessoa que ele mais conhece.

Thiago Hale,18 anos
Lindo e maravilhoso, tímido e se esconde através dos amigos, se apaixona facilmente, mas sabe como deixar uma garota aflita e curiosa sobre ele.



2Likes
3Comentários
768Views
AA

6. Capítulo 6-

Lucy On:

Após deixar Sara cm o Dean no quarto escuto minha barriga roncando, estava faminta, tinha ficado a noite toda sem comer, apenas olhando a Sara dormir, ouvindo o barulho dos seus batimentos cardiacos na máquina ao lado dela. Fui até a recepção, peguei um pacote de bolachas na lanchonete e segui até um jardim que pertencia ao hospital, vários pacientes estavam por lá, alguns na cadeira de rodas, outros nas redes espalhadas pelo local. Adentrei o pequeno jardim, fixei meu olhar no muro de plantas que dividia o hospital da floresta que cercava a cidade. Não sei se estava confusa, mas vi uma luz clara, fui me aproximando aos poucos, a luz foi ficando mais forte, mesmo estando de dia eu conseguia ver perfeitamente o azul frio da luz, estava a menos de um metro do muro, até que reparei q n era uma luz e sim olhos, os grandes olhos amargos piscaram, encarei mais ainda e ouço uma voz tirando me de meus pensamentos, a voz chamava meu nome, olhei para onde tinha escutado a voz, nada, ninguém havia me chamado, voltei a olhar o muro, mas os olhos haviam desaparecido. Após esse estranho acontecimento voltei ao hospital. O olhar ficava martelando em minha memória, precisava saber oq havia por trás daqueles arbustos.

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...