Golden

Hannah leva uma vida entediante na cobertura que herdou de sua mãe, a famosa estilista Vanessa Gaiman, vitima de câncer. Mesmo tendo uma vida cheia de luxos e riquezas, vivendo sobre a custodia de sua amada tia Fran, Hannah está sempre infeliz. Sua síndrome do pânico não a permite descer para andar pelas ruas da cidade grande, e, mais importante ainda, não a deixa visitar as lojas! Ah, as roupas! Se existe uma coisa que Hannah realmente herdou de sua mãe foi o incrível dom para moda. Movida por seu sonho, a garota decide criar um blog onde dividiria dicas e guiaria outras fãs de moda e aspirantes a estilista. O blog torna-se um sucesso, principalmente pelo fato de Hannah ter um visual no mínimo exótico... Olha o tamanho daquele cabelo! Mas uma coisa inquieta seus fãs mais do que seu cabelo. Por mais que estivesse por dentro de todos os eventos de moda, Hannah nunca era vista transitando nas festas e desfiles. Nunca era vista fora do arranha-céu onde morava.

5Likes
4Comentários
440Views

4. 4

 

   Três semanas já haviam passado e o comentário que Luca deixou no blog de Vanessa Gaiman ainda não havia sido respondido. O jornalista visitava o site praticamente todos os dias, viu novas matérias serem postadas, fotos de desfiles das semanas seguintes, até mesmo algumas atualizações sobre a vida pessoal da garota, mas nada da tão esperada resposta. Eventualmente, o animo de Luca desapareceu. Ele olhou por um ultima vez para a introdução da matéria sobre o Legado Gaiman antes de descartar o documento.

   Sozinho no seu apartamento, Luca olhou para a pouca luz que entrava pela janela e refletiu sobre a vida que levava agora. A bebedeira, as festas, as mulheres que sempre levava para a cama... O que seu pai diria? Provavelmente o lembraria de todo o esforço que fez para comprar o apartamento onde o filho agora morava. Contaria sobre como foi difícil entrar na faculdade mais cara do país, e sobre como seu esforço lhe rendeu uma graduação com honras. Seu pai nunca lhe disse que ficaria desapontado se Luca falhasse, mas a forma como se gabava das conquistas do filho sempre deixou no ar a pressão de ser um jornalista exemplar.

   Houve momentos em que ele quis desistir de tudo, jogar as matérias pelo ar e simplesmente sumir. Porém, além de influências familiares, a paixão pela escrita era sempre algo que o fazia voltar e não desistir. Não era somente sobre fazer o pai orgulhoso. Era também sobre fazer aquilo que lhe alegrava. Levar a verdade para as massas, alimentar mentes, distribuir informação...

   Escrever sobre o legado de uma das famílias mais ricas e misteriosas da cidade, que dominou a indústria da moda, e ainda tem um futuro promissor pela frente.

   Era isso. Era aquela sensação que sempre o animou. Aquele arrepio na espinha. O mesmo que sentiu quando foi premiado por sua primeira grande matéria. Luca não conseguia acreditar que sequer pensou em desistir. O documento descartado era passado. Agora seria uma investigação mais profunda, perguntas seriam finalmente respondidas e mistérios seriam revelados!

   Perdido em seu frenesi, o jovem escritor nem reparou que uma notificação surgira em seu monitor. O comentário havia sido respondido.

   Hannah pediu que Luca lhe encontrasse no saguão de um dos prédios mais caros da cidade. “Por questões de segurança, gostaria de fornecer esta entrevista ao vivo, em algum local movimentado.” Ela especificou. 

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...