Tem que ser você

Sinopse: SeuNome é uma menina de 17 anos, que acaba de ganhar um estágio em uma revista superconhecida internacionalmente. A sua vida está prestes a mudar. Com 14 anos ele teve que se mudar da Inglaterra para o Brasil, deixando lá suas maiores amizades e um desafeto, Zayn Malik, que era seu melhor amigo, até acontecer algo que fez com que ela o odiasse até hoje. Essa história promete muitas emoções, reencontros e novas paixões. Você não vai se arrepender!

4Likes
1Comentários
1323Views
AA

23. capítulo 4

~Você ON~

Anoiteceu, e eu já estava preparada para ir visitar a casa na árvore, pelo meu quintal tinha uma passagem que dava para o quintal dos Maliks e então vai dar tudo certo. Eu não sei porque mais queria muito subir ali, eu sempre quis conhecer uma dessas.

Mãe: Filha, vai dormir já tá tarde - disse entrando no meu quarto

Eu: Tá bom mãe. - menti, eu não podia contar para ela, ela nunca ia deixar, eu ir na casa dos outros sem ser convidada

Mãe: Dorme bem anjo.

Eu: Tá bom mamãe. Te amo.

Ela saiu, e eu continuei com meu plano, ia esperar todos dormirem e sair pela janela da cozinha que era no primeiro andar. Iria rapidinho lá na casa . Todos dormiram, eu estava ansiosa, queria ver como era lá em cima. Saí, como tinha planejado, fui pelo meu quintal e entrei no quintal da casa doa Maliks, estava tudo escuro, eu só tinha uma lanterna nas mãos.

Enfim estava chegando na casa da árvore, comecei a subir pela escadinha feita com madeira, e enfim cheguei.

Uau como era linda, um pouco rústica, dava para ver que era de um garoto pela desorganização, mas tinha uma pasta com uma capa maneira, abri e nossa, quantos desenhos legais, a pessoa que fez isso é muito talentosa, notei que tinha uma janelinha e tinha uma vista incrível, só a luz da lua já iluminava aquele lugar. Fiquei lá admirada, quando alguém me puxa com força e pergunta:

xxxxx: O que diabos você tá fazendo na minha casa da árvore?

Eu tomei um susto, meu coração tava a ponto de sair pela boca. Era o Zayn Chato Malik. Fiquei com medo, ele me olhava como se fosse me matar.

Eu: Aii m-me desculpa, é que, e -eu fiquei curiosa.

Zayn: O que? Sai daqui agora, sua... -

Ele começou a falar um monte coisas super rápido e eu não tava entendendo absolutamente nada. Estava muito assustada, eu era apenas uma menina, comecei a chorar. Ele olhou para minha cara sem entender nada, puxou a pasta dos desenho da minha mãe.

Zayn: Nunca mais toca nas minhas coisas, tá ouvindo?

Eu: Bem que sua irmã falou que você era um chato.

Zayn: Eu não dou a mínima para o que ela pensa sobre mim. Ela que é uma chata e você é uma intrometida.

Eu: Não sou nada, eu só queria muito conhecer como é uma casa da árvore.

Zayn: Então, já viu né? Agora some e não volta mais aqui.

Eu: Seu grosso- olhei para cara dele brava e ele me olhou com um olhar enigmático.

Fui descendo a escada depressa , sem prestar atenção, de repente pisei em falso e cai com tudo no chão. Aiii como doeu. Vi o Zayn descendo rápido, meio preocupado.

Zayn: Você tá bem? Sua maluca.

Eu: Tô sim, me levantando e limpando minha roupa.

Zayn: Isso é para aprender a não invadir a casa dos outros.

Eu: Ai, você não vê que eu quase morri aqui, seu insensível.

Zayn: Deus castiga - riu

Era a primeira vez que eu via ele sorrindo, ele era muito fofinho, pena que era muito chato.

Zayn: Vai para casa menina.

Eu: Tá bom, a gente se vê amanhã, né?

Zayn: E eu tenho escolha?

Eu: Eu não vou ficar aqui perdendo tempo com gente chata. Tchau Zayn Chato Malik

Zayn: Do que você me chamou?

Eu: Nada não.- ri

~Zayn On~~

(Imagine ele um pouco mais velho)

Que garota maluca, invadiu minha casa na árvore, não suporto meninas intrometidas. Fui grosso mesmo, para ela saber quem manda. Ela tinha lindos olhos que brilhavam muito, mas eu não podia pegar leve com ela, senão depois ia querer invadir meu espaço, pegar minhas coisas e eu odeio isso. Já basta minhas irmãs, mexerem nas minhas coisas e pegarem tudo meu.

Confesso que fiquei preocupado quando ela caiu, pensei que tinha se machucado de verdade. Senti vontade de cuidar dela. Se ela não fosse amiga da minha irmã Doni, talvez até pudéssemos ser amigos, mas quem é amigo da Doni, não podia dar certo comigo. A minha irmã é super chata e as amigas dela com certeza também eram. Mas a Seunome parecia ser diferente. Sei lá, só sei que se ela entrar no meu esconderijo de novo, eu mato ela. Melhor eu ir dormir e parar de pensar naquela chata abusada e intrometida

~~ Você ON ~

Fui para casa, entrei e consegui não fazer barulho, minhas costas ainda doíam e eu estava com o braço arranhado. Voltei para o meu quarto, me lavei e voltei a dormir. Acordei com minha mãe me chamando.

Mãe: Seunome, sua dorminhoca, vai dormir até que horas hoje? 2 h da tarde? -riu

Eu: Ah Mãe, deixa eu dormir mais um poucoooo

Mãe: Não filha, hoje é sábado, o dia tá lindo! Acordaaa

Eu: Tá bom.

Levantei meio com sono. A primeira coisa que eu fiz, nem sei porquê foi olhar pela janela, o quarto do Zayn. Sei lá, porque fiz isso, só fiz. Acho que ele já tinha acordado. Desci tomei café e fui para o jardim, a Doni tava na calçada dela, e me chamou para tomar banho de piscina. Eu aceitei, é claro, adorava piscina. Coloquei meu biquini e fui.

Chegando lá, tava as duas irmãs mais novas na Doni brincando de boneca e o Zayn isolado, brincando com uns carrinhos. Eu olhei para ele, ele me viu,e abaixou a cabeça, me ignorando. Logo a a Doni chega.

Doni: E aíííí seunome, que bom que chegou. Tá esperando o que para pular na piscina?

Eu: Estava te esperando, mas agora nada me impede...- deu um pulo enorme na piscina, foi água para todo lado.

Doni: E lá vou eu!!! - e pulou também

Ficamos lá um tempo brincando, via que o Zayn tava olhando e perguntei para a Doni.

Eu: Por que o Zayn não vem para a piscina?

Doni: Ah ele é um medroso, mas peraí.- ela se levantou e foi até ele, começou a puxar ele com força e o jogou na piscina

Eu comecei a rir, mas depois vi que ele estava se debatendo, fiquei desesperada, gritei para a Doni que ele tava se afogando e ela disse

Doni: Ah mas é assim que se aprende a nadar.

Nunca tinha pensado que a Doni era tão malvada, sei que ele era um chato ás vezes e mexia nas coisas dela, mas não precisava ter feito aquilo. Eu peguei uma boia e vou até ele e consigo colocar sua cabeça para fora, ele estava super mal. Consegue sair da piscina, e começa a tossir e por água para fora. A Doni não parava de rir, e ele estava com muita raiva.

Eu: Sua doida, por que não disse que ele não sabia nadar?

Doni: Relaxa aí, ele tá bem, isso é tudo drama dele. É um bebê chorão!

Logo o Zayn olha para mim com lágrimas nos olhos e vai correndo em direção a casa da árvore. Eu fico super mal, saio da piscina e começo a me secar.

Eu: Doni, vai lá olhar seu irmão, ele deve estar triste.

Doni: Fala sério- pulou na piscina- Você realmente acha que eu vou deixar de ficar nessa piscina maravilhosa para ir ouvir as baboseiras que aquele chato fala, eu não.

Eu: Então eu vou lá.

Doni: Vai lá então bobinha, você só vai levar patada daquele lá.

Então eu fui, comecei a subir na casa da árvore e quando chego lá, o Zayn tá todo molhado e chorando.

Zayn: O que você veio fazer aqui? - Limpando as lágrimas

Eu: Vim ver como você está.

Zayn: Vai ficar com a idiota da Doni.

Eu: Não, eu quero ficar aqui com você- fui chegando perto, peguei minha toalha e enrolei ele.

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...