Imagines

Oi, aqui eu vou postar um imagine por capítulo, então me peçam imagines com os minos que eu faço pra vocês ��❤️

11Likes
23Comentários
916Views
AA

3. imagine fofo Liam- cap único

(S/n) escrevia mais uma de suas cartas para o namorado, Liam. Poderia ser fácil conversar com ele, mas a única forma de "ouvir" as doces palavras dele eram pelas singelas cartas. Liam era militar e lutava pelo país, EUA. A guerra havia começado em 1939, mas ele fora alistado e convocado em 1942,

Quando deixou (S/n). Ela chorou durante meses, até se "acostumar" com a falta e as lágrimas secarem. Ela levantou os olhos do papel e viu uma foto dos dois, onde tomavam sorvete e davam risada. (S/n) sentiu um aperto no peito, saudade, e tornou a escrever.

"Sinto tanta sua falta Liam, tentei me distrair, mas não consigo. Eu te amo muito, e sinto que quando você voltar não vou ficar um dia longe de você, provavelmente vai ficar cheio de mim. Mas eu sei que nunca ficarei cheia de você.

Fui até sua casa outro dia, sentir seu cheiro. Acabei dormindo lá e quando acordei, achei que você estava comigo. Espero que isso acabe logo Liam. Não sei viver sem você.

(S/n)."

Ela fechou a carta, e guardou no envelope branco, pronta pra ser lida. Liam sempre respondia, sempre. Sem exceções, mas dessa vez, ela não recebeu carta nenhuma. Fazia dois anos que ela não o via e não o abraçava, ou beijava. E ele não respondeu a carta. Sua mente encheu de pensamentos negativos o que causou choros e noites em claro. Até aquela madrugada.

-(S/n), filha, chegou uma carta...do governo- (S/n) pulou da cama e correu, tropeçando e quase dando de cara com o armário da sala. Arrancou o envelope da mãe e sentiu uma pontada no peito, o envelope era laranja e enorme, normalmente durante os dois anos que ele passou fora, era um envelope pequeno e branco.

Abriu e sentou-se na cadeira da varanda, onde sempre lia as cartas. O sol ainda era fraco mas muito agradável, do jeito que ele gostava.

E então começou a ler.

"A parentes de Liam James Payne,

Enviamos esse comunicado a todos com quem ele se comunicava."(S/n) parou de ler. Tinha entendido o recado, começou a chorar, não queria acreditar, não podia acreditar. Encolheu-se na cadeira e passou horas ali, pensando em como a vida seguiria sem Liam, como conseguiria acordar sem ele. Aí é que está, não conseguiria. Então sentiu que estava ficando louca quando ouviu a voz dele chamando seu nome.

-(S/n)? Porque está chorando?- ela sentiu raiva por viver ali.

-PORQUE VOCÊ ESTA MORTO- gritou pra si mesma enquanto abraçava as pernas soluçando.

-acho que eu estou bem vivo meu amor- então ela se permitiu erguer a cabeça e viu ele em sua frente, ele estava logo ali.

Pulou da cadeira e o abraçou com toda força do mundo, ele estava vivo, estava com ela.

-aposto que não leu a carta até o final. Sei como é anciosa- ele disse sem se soltar do abraço, sentia muita falta dela, do seu cheiro e de acordar com ela mexendo em seu cabelo.

-seu idiota- ela disse chorando, só que de felicidade dessa vez- tem noção de como foi horrível ficar sem você?

-ah sim, eu sei- ele disse e a beijou. Foram dois anos sem beijar ela. Sem senti-la e sem poder olhar em seus olhos. Ela puxou Liam pela mão e subiu as escadas correndo, arrastando-o para seu quarto.

-uau, alguém está com abstinência- ela riu da piada do namorado e o empurrou na cama.

Foi até a porta e trancou, quando virou pra trás viu ele apenas de boxer. Ele estava duas vezes mais forte e muito bonito. Ele sorriu e ela tirou o pijama que usava, liam abriu a boca, ela estava linda. O corpo de menina havia dado espaço para uma mulher. Ambos estavam sem saber o que fazer, então ela subiu na cama e o beijou. Sentiram tanta falta um do outro, por tantas vezes que ele achou que ia morrer e por tantas vezes que ela se imaginou sem ele, mas agora estavam juntos. E nunca mais precisariam se separar, porque era amor e nem uma guerra estragaria isso.

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...