Last First Kiss

Okay, o que falar da Carol? Provavelmente a pessoa mais complicada e confusa que exista no universo. Sua vida é uma bagunça, não tem nada que ela olhe e diga "isso está certo". Por que obviamente, se não consegue nem botar os pensamentos em ordem, imagina sua vida. Zayn, Liam, Louis , Niall e Harry , são esses seres que dai sentido a vida da garota. Ela faz de tudo por eles, assim como eles a amam como a irmã mais nova...

39Likes
83Comentários
14894Views
AA

21. A fuga

Niall's pov

Eram quase 3 da tarde quando a Carol acordou.

-quem anotou a placa do caminhão que me atropelou?- ela falou com a voz rouca, coçando os olhos.

- Arctic Monkeys e Duff beer- falei e ela sorriu fofamente, se lembrando do dia anterior.- ah, e a lari mandou avisar que ela foi dar uma volta com o Liam antes de voltarmos pra Mullingar.

-está frio, meu deus- ela disse se aquecendo nas cobertas.

-eu te amo Carol- falei sem pensar.

- eu te amo também Niall, muito mesmo meu amor- ela disse.

Eu me sentei na cama e ela se sentou no meu colo, de frente pra mim e começou a se mexer, movendo os seus quadris contra os meus. Eu comecei a pensar em tudo que já tínhamos passado, e então estraguei tudo. De novo.

-annw Jen- gemi sem pensar, Jen era minha ex namorada, e Carol odiava ela.

- o que você disse?- ela perguntou séria e descolando seus lábios dos meus.

-eu...Carol foi um..um acidente.. Eu- não consegui mais falar nada porque recebi um tapa bem dado na cara.

Ela se levantou vestiu o short e uma camisa qualquer, e saiu do quarto sem nem olhar pra trás.

Parecia que quanto mais eu a amava, mais erros eu cometia. Um atrás do outro. Liam ia me matar. Eu tinha feito a maior merda que poderia ser feita em tais circunstâncias. Eu amava ela mais que tudo, e eu não achava que Carol ia me perdoar fácil, Jen era a pessoa mais sem coração que já pisara na terra, egoísta, egocêntrica e superficial. Mas claro eu era ridículo demais pra perceber isso sozinho.

Harry 's pov

Vi a Carol sair do seu quarto com pressa e impaciente, eu a segui até uma praça que tinha próxima ao hotel.

-oi Carol- falei me sentando próximo a ela.

- oi Harold- ela respondeu desanimada.

-o que aconteceu ervilha?- falei sabendo que ela gostava daquele apelido e acho que vi um pequeno sorriso.

-nada grave. Eu acho. Ou talvez seja.- ela respondeu completamente dispersa.

-o que o seu namorado fez agora?- perguntei e ela me olhou abalada.

-estávamos nos beijando e tal, no maior clima, e ele gemeu o nome da Jen.- fiquei totalmente chocado. Afinal, se você tem alguém como a Carol, você não pensa em outra coisa além da Carol e das coxas dela.

-poxa, que babaca, vem aqui- falei e a abracei. Ela, surpreendentemente, me abraçou de volta.

Senti que ela estava com frio, não usava nada além de uma blusa fina e um short curto. Me levantei e peguei em sua mão, fomos andando até uma forever 21, comprei uma blusa pra ela, escrita " Dont overthink".

-obrigada, mas não precisa Harry - ela disse.

-você ta tremendo- falei.

- você podia ter me dado sua blusa.- ela disse num tom de brincadeira.

-mas eu ia ficar com frio- respondi e ela riu. Ela era linda, não sei como pude ter sido tão idiota em relação a ela. Mas eu tinha vacilado e não acho que ela me perdoaria por aquilo.

Liam's pov

Eu e lari riamos de alguma piada que eu tinha feito quando vi Carol e Harry de mãos dadas. Empurrei a lari atrás de uma grande árvore, pra que não nos vissem.

-que diabos está fazendo Payne?- ela perguntou me dando um tapa.

- shiu lari, olha aquilo- apontei pros dois, e ela arregalou os olhos.

Ficamos vendo os dois conversando até ele ir comprar sorvete pros dois. Andei até ela, e fui seguido pela lari.

-carol?, que Porra você esta fazendo com o Harry ?- perguntei e ela se virou pra mim.

- nada, só fugindo do Niall.- ela disse parecendo chateada.

-o que ele fez?- perguntei nervoso. Ela me contou a história e uma raiva cresceu em mim.

-como ele pode?- lari disse claramente indignada.

- também não entendo- Harry falou juntando- se a nos, e entregando um sorvete pra Carol.

-vamos voltar pro hotel. Eu converso com ele, temos que estar no aeroporto só as 9 da noite.

Todos concordaram e voltamos juntos pro hotel. Lari e Carol conversavam a nossa frente e eu conversava com o Harry .

-o deu no Niall? - perguntei.

- não sei, a Jen não o incomoda faz anos. Não entendo por que ela veio na cabeça dele.

Carol's pov

Eu estava mais que decidida que eu não iria mais me apaixonar. E eu ia ter que me acostumar a viver sem os melhores amigos do mundo, pode parecer bobo, mas eu queria distancia de tudo e de todos.Eu queria fazer algo por mim, e não pelos outros.

Faziam 5 meses que tínhamos voltado de NY, eu estava cursando Direito em Londres, eu estava feliz. Exceto pelas sombras que não haviam mais me deixado em paz desde que eu viera pra Londres. Niall, Harry , Liam e Louis formaram uma banda, e estavam fazendo um sucesso tremendo. Apareciam em diversos programas de tv e esse tipo de coisa, lari e Liam ainda estavam juntos, mas estavam muito diferentes. Eu tinha me afastado bruscamente de todos, sem nem avisa-los. Acho que não queriam me ver nunca mais depois dessa, fazer o que, a vida anda. Eu tinha feito amigos na cafeteria que eu trabalhava, mas nada muito sério. Era uma das milhões de franquias da famosa e linda "starbucks", eu gostava daquilo, gostava de ser uma garota,quase, normal. Eu estava lá, lindamente lavando a louça dos poucos pires que estavam nas mesas, quando Anne, uma colega minha, deu um grito histérico.

-aí meu deus Anne, não grite tão alto- Joseph, nosso outro amigo disse.

-o que houve?- perguntei me certificando de que não tinha sangue por ali.

-SÃO ELES. ESTAO VINDO PRA LONDRES CAROL!- ela gritou e me apertou descontroladamente.

-SÉRIO?- me fiz de empolgada- foda-se

-qual é Carol, como pode não amá-los?-ela disse arrumando o avental- são perfeitos.

-não são não. Nem um pouco- falei e milhares de momentos (bons e ruins) passaram pela minha cabeça, a saudade apertou muito e fui em direção ao banheiro, pra poder chorar em paz.

Eram 6 da tarde, meu turno tinha terminado e eu me trocava pra poder ir pro meu singelo apartamento. Joseph se ofereceu pra me levar, já que morávamos no mesmo conjunto de apartamentos, ou seja, no apartamento em frente ao meu.

-Carol, posse te perguntar uma coisa?- ele disse.

-claro joe- eu o chamava de joe, muito mais bonitinho que Joseph.

-você quer jantar comigo hoje? É que eu tava pensando em pedir uma pizza- ele disse sem graça.

-claro- falei animada e ele sorriu- só vou tomar um banho e te encontro mais tarde.

-ótimo- paramos na frente de nossos apartamentos- até mais tarde.

-até- me virei e girei a chave, entrei e fiquei o espiando pelo olho mágico.

Ele fez um sinal de "yes" animado e sorriu. Eu ri dele e fui tomar um banho.

Joe era muito bonito, porém com uma auto estima bem baixa. Ele era forte, mas não marombado, Era ideal, e eu gostava dele, não tanto quando eu gostava de Niall mas era um começo.

Niall's pov

E só depois de perder as pessoas, a gente da valor. Apesar do meu sonho estar sendo realizado, eu sentia muita falta da Carol, não só eu, Liam, Harry , Louis e lari sentiam falta dela. É a culpa era minha.

- Niall, acho que essa turne vai ser boa- Liam falou se ajeitando.

-porque cara?- perguntei suspirando pesadamente, hoje era o meu aniversário e a pessoa que eu mais queria perto, estava "desaparecida".

-sei lá eu esto sentindo que algo bom vai acontecer

-tomara- me levantei, assim que os seguranças avisaram que podíamos ir pro restaurante, na Minha festa, em segurança.

Apesar de não fazer muito tempo que estávamos "conhecidos" tínhamos nossas fãs. Eu gostava de ter pessoas que me apoiavam, mas a única que eu queria mesmo do meu lado era Carol, eu pensava nela o dia inteiro, tudo que eu escrevia era sobre ela. Andamos até o carro ouvindo gritos e choros, u queria poder conversar com cada uma delas mas eu não podia. Entramos no carro e fomos até o restaurante. Foi muito legal, mas eu queria ela do meu lado.

-Niall- alguém me chamou na mesa e me virei sem vontade alguma.- faça um pedido

-eu quero a Carol do meu lado.- falei e sai da mesa, deixando todos chateados. Todo mundo sentia muita falta dela.

Carol's pov

Eu tinha vestido uma roupa simples e me olhava no espelho,pensando no Niall, hoje era aniversário dele e eu não podia fazer nada.

Bati na porta e um joe sorridente abriu.

-entra, a pizza já vai chegar- ele falou e fechou a porta atrás de mim.

Estávamos conversando no sofá quando ouvi meu nome no noticiário.

- e então Niall quem é Carol?- uma paparazzi perguntou

- a melhor pessoa do mundo, sou apaixonado por ela- ele falou e sorriu pro chão.

-onde ela está? Porque nunca vimos ela com vocês?

-porque ela não sente o mesmo por mim.

Joe desligou a tv e foi pegar a pizza. Ele era o único que sabia da minha história com os meninos.

-você ta bem?- ele me perguntou me entregando um pedaço da pizza.

-estou. Só que as vezes me arrependo de ter vindo embora assim, sem avisar. Fui muito inconsequente.

-"não se arrependa de algo que você fez, por que naquele momento era aquilo que tinha que ser feito"-ele citou a minha frase favorita que eu inclusive tinha tatuado na coxa direita.

-obrigada- falei e o abracei.- você é o melhor amigo de todos.

- eu queria ser mais que seu amigo Carol- ele disse me abraçando mais forte.

-eu não posso fazer isso com você joe- falei e ele me encarou sem entender- eu não sinto nada além de amizade por você, não quero mentir pra você.

-eu entendo.- ele disse seco e me soltando.

- não entende. Não fique bravo comigo.

-como?- ele falou e decidi agir por impulso.

- foda se- peguei seu pescoço com as duas mãos e nós começamos um beijo urgente. Então a gente transou, pra mim foi a coisa mais banal do mundo.

Acordei de manhã e fui pra casa. Eu estava prestes a dormir quando Anne me ligou.

-CAROL. A GENTE VAI NO SHOW- ela gritou, ri dela e permaneci em silêncio- É AMANHÃ A NOITE, VAMOS COMPRAR ROUPAS HOJE.

- ta bom Anne, só porque eu te amo.-praticamente ouvi ela sorrir, combinamos um horário e me vesti. Cropped,short, vans, delineador e batom vermelho.

Comprei um moletom apenas, Anne comprou pelo menos uma coisa em cada loja do shopping, estávamos sentadas na praça de alimentação e começamos a conversar.

-você vai me achar maluca, mas acho que estou gostando do joe- gelei na hora. 1 porque eu tinha transado com ele sem mesmo sentir algo além de amizade e 2 porque ele não gostava dela.

-já te acho maluca.-falei e ela riu- e acho que devia investir nele.

Ela sorriu e agradeceu pelo meu apoio. (...) estávamos na fila do show, estávamos mais ou menos no 40gesimo lugar, ou seja, nada de grade. Mas eu tinha medo que eles me vissem ou algo assim. Entramos e ficamos razoavelmente perto do palco, no fim acabei me divertindo.

-tenho uma surpresa pra você Carol.- Anne falou e deu vários pulos-nós vamos nos bastidores

Eu congelei, não podia ser. Eu não podia ir.

-não , eu te espero aqui.- falei e ela riu,

-nem pensar.

O segurança fez uma fila e pegou nossos ticktes pra falar com os meninos, eu estava muito nervosa, eu esperava seriamente que eles tivessem me esquecido.

Quando chegou nossa vez, eles estavam de costas. Eu fiquei estática, o que eu mais queria era abraçá-los e dizer o quanto eu senti falta deles. Niall se virou e me olhou, direto nos olhos.

-Carol?- ele perguntou assustado chamando atenção dos outros meninos.

-oi gente- falei sem graça.

-como conhece eles?- Anne perguntou- espera.... Era de você que estavam falando no noticiário ontem? Você mentiu pra mim!

Ela derramou algumas lágrimas e deu um abraço em todos, tirou as fotos e foi embora.

Niall me olhou de cima a baixo e correu na minha direção pra me abraçar.

-Carol eu senti sua falta mais do que tudo no mundo. Nunca mais faça isso, eu te procurei em todos os lugares.

-CAROL-Liam gritou e me abraçou com toda força.

Lari's pov

Eu estava dentro do camarim de liam. Os garotos estavam na sala principal para atender as meninas loucas e estericas, eu sei que eram fãs e tinham todo o motivo do mundo para gostar deles, mas eu tinha que admitir: tinha um pouco de ciúmes de tudo aquilo. Estava conversando com Rose, uma senhora de idade, a camareira do show. Foi quando eu ouvi liam gritar "CAROL" ele poderia simplesmente estar repetindo o nome de uma fã, mas a intensidade com que ele falou aquelas palavras do me deu uma certeza, Carol tinha voltado.

Pedi licença e sai, rose começou a prepatrar a comida, logo que sai do camarim algumas fãs vieram até mim, sei que não não canto nada, mas a mídia fazia questão de mostrar eu e liam como casal perfeito, e as garotas acabavam nós tendo como o Otp da vida delas. Tirei a foto com elas, geralmente seria mais simpática, e faria aquilo com o maior prazer, mas não pude fazer isso hoje, minha certeza foi comprovada.

Carol estava ali. Ela largou de Liam é me deu um abraço. Começou a se desculpar por tudo, não liguei, as desculpas não eram insignificantes perto da saudade que eu sentia dela. E sem hesitar dei um tapa no braço dela.

-nunca mais você vai fazer isso comigo ouviu?- falei e ela começou a chorar- aí meu deus, te bati muito forte?

-não lari- ela respondeu sorrindo- eu nunca devia ter ido, senti tanto a falta de vocês

-ABRAÇO COLETIVO- harry gritou e todo mundo a abraçou.

A falta era muito grande pra uma pessoa tão pequena. Eu e Carol voltamos pro camarim e ficamos conversando até os meninos terminarem tudo. Os olhos de Niall brilhavam como eu nunca tinha visto, ele estava muito feliz. Ele a puxou pro canto e começaram a conversar, ela chorou, ele chorou, e depois se beijaram apaixonadamente.

Liam olhava pra ela o tempo todo, mas eu sabia que eles tinham uma amizade muito forte, e eu podia ver em seu semblante que ele queria chorar.

-Liam, tudo bem?- perguntei e vi ele engolir o choro

-estou ótimo- ele afirmou incerto.

Eu sorri quando ele foi conversar com ela. Eu estava feliz por ela estar de volta.

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...