Last First Kiss

Okay, o que falar da Carol? Provavelmente a pessoa mais complicada e confusa que exista no universo. Sua vida é uma bagunça, não tem nada que ela olhe e diga "isso está certo". Por que obviamente, se não consegue nem botar os pensamentos em ordem, imagina sua vida. Zayn, Liam, Louis , Niall e Harry , são esses seres que dai sentido a vida da garota. Ela faz de tudo por eles, assim como eles a amam como a irmã mais nova...

39Likes
83Comentários
15022Views
AA

15. 12 comprimidos

-banho- falamos ao mesmo tempo. "We Will find a Way trought the dark.

Seu sorriso podia curar o câncer. Na boa, era tão delicado e provocativo ao mesmo tempo. Ela estava deitada no sofá com os cabelos,levemente úmidos, e enrolada até o pescoço por um cobertor azul.

-tem espaço pra mim?-perguntei

-não. Mas venha mesmo assim- ela falou e eu ri.

-sua sinceridade me comove Carol.

-que bom- ela disse e se aninhou a mim no sofá.

Parecia irreal ter aquela garota tão forte em seus bracos, parecendo tão desprotegida. Olhando pra ela eu me sentia em paz, livre. Ela me fazia forte.

(...)

Carol havia passado os últimos dias aqui em casa e estavam sendo os melhores dias da minha vida. Estávamos assistindo a um filme qualquer na sala e jogando monopoly, quando o telefone dela tocou.

-alô?. Sim sou eu. O..?. Zayn ? Tem certeza? Estou indo.

Ela desligou o celular com dificuldade e correu pro meu quarto, voltou vestindo um moletom e com lágrimas nos olhos.

-niall- ela disse com a voz trêmula-me leva pro hospital.

Ela pediu com voz de choro.

Dentro do carro o silêncio se instaurou, só dava pra ouvir Carol soluçando. Chegamos no hospital e ela logo botou sua fachada de forte, pediu a moça que visse qual era o quarto do Zayn .

-429-ela respondeu sem vontade alguma.

Seguimos até o tal número, onde Carol abriu a porta e nós deparamos com um zayn doente. Ele tinha olheiras profundas e sua pele estava mais pálida que a da Carol, e ele mal conseguia piscar.

Eles conversaram por algum tempo, até zayn suspirar e dizer

-eu tenho um tumor no meu cérebro Carol. Eu não vou viver.

Narradora pov

Zayn se tornara agressivo devido ao lugar em que se localizava o tumor. Por isso mudava de humor repentinamente, por isso Carol havia sofrido tanto. Zayn sofreria em silêncio até sua morte lenta e dolorosa, mas com o tempo, a dor se tornou insuportável, ele buscou ajuda e descobriu o tumor. Já havia tomado mais de 12 tipos de comprimidos diferentes e a dor só se tornava menor. O tumor continuaria ali. Pra sempre.

Todos os dias da semana Carol ia visita-lo e ele se tornava mais insuportavelmente grosso a cada visita, mas ela não ligava, estava junto a ele e isso era suficiente.

Numa quarta-feira, Carol observava os olhos cor de mel do garoto agora não tão "handsome" como era antes, ouviu um barulho ensurdecedor vindo da maquininha conectada ao rapaz. Aquela linha verde, antes cheia de altos e baixos estava completamente reta. Carol gritou e viu os olhos de zayn perderem o brilho lentamente e isso acabou com ela. Ele se fora pra sempre.

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...