Mysteryous love

Sinopse
Uma história onde Bem e o Mal se tornaram amigos …

O mundo acabava de entrar em um grande conflito entre diferentes raças, um lado Vampiros, do outro Bruxos e por ultimo os Deuses. Vampiros e Bruxos ter algum contato era quase que proibido, a não ser por tratos ou amizade de longos anos em família, Deuses achavam que Vampiros e Bruxos eram tipos de criaturas que não deveriam existir por serem normalmente voltados para a escuridão e os pouco que se salvavam do caminho obscuro até o mal acabavam sumindo entre humanos de maneira que era impossível serem descobertos. É nesse momento que 5 garotas filhas de Deuses vivem juntas em busca de um trégua entre as raças, e é durante esta jornada que elas conhecem os garotos que irão leva-las ao caminho mas mortalmente perigoso que nem a imortalidade ira ajuda-las, será isso o inicio de um novo romance entre raças diferentes ?

5Likes
7Comentários
194Views

2. capítulo 2

15 de Março – Ano não identificado

Os 5 garotos estavam de volta, de volta a Londres, a cidade que tanto amavam, após um longo período em Paris eles estão de volta ! Foram a casa antiga e ao entrarem perceberam tudo estava da mesma maneira que haviam deixado, cada um deixou a mala em um quarto, a casa era grande, grande e bonita, com 13 quartos, 3 salas para TV e jantar e piscinas grandes e uma quadra. Precisavam de mais gente para preencher a casa, meninas talvez, mas não era melhor se acostumar com a cidade novamente ! Os meninos eram reservados e meio sombrios, Louis era um vampiro que não conseguia ficar sem beber sangue por muito tempo e como não matava humanos bebia do próprio sangue. Liam era um vampiro com sede de vingança do Deus Dioniso, o Deus havia matado a menina a qual Liam havia entregue o coração e agora ele odiava Deuses. Zayn era um bruxo das trevas que não sorria e sonhava com o dia que conseguiria viver pra sempre em um mundo mais destruído do que o que estava vivendo. Niall era um vampiro sem controle, não conseguia ficar quieto e se não estivesse em constante movimento matava a primeira pessoa que via na sua frente. Harry era um bruxo indeciso, pelo fato de não ser nem do mal nem do bem, ele sabia que o certo era o lado bom mas o mal o chamava atenção. Estavam sentados na sala quando Niall se levantou e falou :

- Preciso sair daqui – disse levantando e saindo da casa.

- Vamos atrás dele rápido – Liam levantou e foi atrás e os outros foram atrás.

Andaram por horas até que Louis parou :

- Que foi ? – perguntou Harry.

- Olhem – disse Louis indicando com a cabeça para trás mostrando Zayn parado.

-Vamos Zayn – disse Liam.

- Já vou – disse ele com um olhar distante aos garotos.

Zayn saiu andando atrás dos meninos, eles estavam andando em silêncio, ruas desertas, escuridão medonha, aquilo tudo parecia o fim do mundo. Os meninos andavam sem rumo pelas ruas, parariam quando se cansassem :

- O que estamos fazendo aqui ? – perguntou Niall.

- Não deveríamos ter voltado – disse Harry.

- Porque ? Vocês acham que podemos fazer algum mal a este lugar ? – falou Louis – Tudo aqui esta acabado, destruído, as pessoas não saem de casa com medo de morrerem, os dias aqui não tem mais cor, nada por aqui é inseguro – disse parando de frente pra eles.

- Não podemos sair daqui mas, se sairmos podemos ser mortos – disse Zayn.

- Não fica estressado – disse Liam.

- Preciso caçar – disse Louis fechando as mãos em punhos – agora !

Dito isso Louis saiu correndo para não machucar ninguém e foi em direção a uma floresta qualquer, ele parou de correr e se encostou em uma árvore de maneira que ficasse escondido, ouviu um barulho, seus olhos estavam vermelhos cor de sangue, ele se virou cuidadosamente e viu um veado, ficou calado esperando o animal passar, quando o veado chegou perto Louis o atacou e o matou em uma só mordida, o sabor do sangue percorreu por toda a boca de Louis o fazendo sorrir de prazer com o gosto, ele bebeu o sangue inteiro do animal e o jogo em um arbusto qualquer limpando a boca :

- Cara tu é muito cruel – disse Harry encostado em uma árvore de onde viu tudo – você matou o bichinho sem dó nem piedade.

- Podia ter te matado, seria melhor ! – Louis disse.

- Ou não venha me atacar não, eu não tenho culpa da vida esplendida que estamos levando – disse Harry com uma cara sarcástica.

- Eu sei, foi mal – disse ele andando ao lado de Harry – To cansado desse mundo, queria ter nascido no mundo sem esse negocio de raças, com todos vivendo juntos, em discórdia.

- Eu também Louis – disse Harry dando tapinhas nas costas do amigo.

Eles riram como a muito tempo não faziam e viram Liam se aproximar correndo :

- Venham ! – disse pros amigos.

- Porque ? Que que ta pegando ? – perguntou Harry.

- Ouvimos um grito e temos que ir olhar – disse ele correndo.

Louis e Harry se entre olharam e correram, iam batendo nas folhas e nos galhos das enormes árvores, quando foram chegando uma sensação se instalou no corpo deles, pararam em frente aos meninos e respirarão fundo. Zayn sentiu um pulsar mais forte em seu peito, como se a pessoa certa pra ele estivesse ali agora e tudo que importava era ela. Harry tremeu sobre os pés e se escorou em Louis, no mesmo instante sentiu um estranho vento passar por si o fazendo sentir o coração buscar outro. Louis sentiu um perfume tentador, ele empalideceu e sentiu as mãos suarem, um sorriso apaixonado queria se abrir nos lábios dele. Liam sentiu uma coisa se apertando em seu peito, e quando percebeu ser seu coração achou estranho, pois ele só havia pulsado daquela maneira uma vez mas mesmo assim não havia sido tão forte, pensou então que poderia existir uma única garota certa. Niall perdeu seu ar e o sangue que antes era frio, se esquentou por completo nas veias, as bochechas coraram como se ele fosse um adolescente normal e seu coração disparou em busca de algo.

Os 5 ficaram ali parados e logo depois quando conseguiram se desviar desse turbilhão de emoções se entre olharam assustados, ouviram então alguém dizendo algo :

- VENHAM – gritou a voz desconhecida de um homem.

Os meninos viraram a rua escura e se dirigiram ao grupo de pessoas logo a frente, quanto mais se aproximavam mais sentiam a respiração falhar, até que viram o rosto das pessoas… Deuses ? O que queriam com humanas ? eles pensaram :

- Acho que as moças… disseram não – disse Harry com firmeza na voz mas nenhuma por dentro de si.

Eles viram as garotas se entre olharem, porém não conseguiam olhar os rostos delas :

- Largue a garota – disse Zayn ameaçador.

Continua…

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...