Diarios da descoberta

Uma garota chamada Katin acabou de chegar em Londres,pois era da Australia. Seus pais acabaram de morrer em um acidente, e ela so tem 16 anos. Ela vai morar com os avos e com seu irmao Jack. Acaba descobrindo o amor,so que se apaixona por um vampiro. Juntos vivem grandes aventuras.

6Likes
7Comentários
792Views
AA

8. Hora da verdade

 

                  Eu encarei Miguel com meu olhar profundo, doida de curiosidade para saber o que ele queria para me dizer.

                 Naquele momento Anna e Stefan, abriram a porta e nos pegaram conversando, ou pelo menos era isso que aparentava estar acontecendo. Miguel me encarou e se levantou da carteira onde estava, e eu levantei junto com ele.

                 -Estavamos loucos procurando voces, vamos dançar o quadrilhao agora.- Disse Anna.

                -Jura, estavamos aqui o tempo todo, conversando, ne Miguel?- Tentei convencer Anna e Stefan.

               -E.- Respondeu Miguel sem entender, afinal nao tinhamos nem começado a conversar o que ele queria me falar.

               -Atrapalhamos algo?- Disse Anna.

              -Nao, viemos verificar os trabalhos do primario, que alias estao incriveis.-Respondi Anna e se nao me engano o olhar de Stefan tambem.

             Fomos todos juntos para a quadra dançar o quadrilhao. Colocarmos em ordem a dança que ensaiamos a semana inteira e acho que ate mais do que uma mes.

             Dançamos e parece que agradamos a todos, pois foram varios minutos escutando aplausos e elogios.

             Acabou a dança, foi a unica coisa que pensei, Miguel, o que queria me falar, me despedi de todos e nao tirei os olhos de Miguel, nao queria que ele fosse embora sem me contar o que queria.

            Puxei Miguel pelos braços e o questionei:

             -O que queria me falar? Nao vou embora sem escutar.

            -Calma, eu so acho que a escola nao e o melhor lugar para falar isso. O que acha de me acompanhar ate a praça mais proxima da escola, la nos sentamos e conversamos.- Ele me respondeu.

            -Ta bom.- Concordei com a ideia dele.

            Quando chegamos na praça ele respirou fundo e me disse:

             -Se te amo de verdade, preciso te contar a verdade. Eu tenho um irmao que se chama Erick, ele e bem parecido comigo so que ele e moreno dos olhos azuis. Eu tenho um passado interessante e assustador. Tudo começou quando eu e meu irmao nos apaixonamos pela mesma menina que se chama Wendy, e uma garota realmente encantadora, fragil e docil.

                 -Esse amor que eu e meu irmao sentiamos por ela, causou uma rivalidade que a fez desaparecer no mundo. Nao sei se voce acredita em vampiros, mas ela era uma e ela que transformou eu e meu irmao. E horrivel ter que matar para viver, mas esse e o unico jeito de satisfazer nossa sede por sangue.-Contou ele finalmente a mim.

                -Mas so posso te dizer para tomar cuidado com meu irmao, ele e muito perigoso, ele e capaz de te matar.-Me alertou.

                - Nao posso ficar perto de voce, pois minha vontade de sangue e maior, as vezes so de sentir seu cheiro ja me perco em outro mundo. Quero que entenda que eu te amo, mas nao posso me aproximar de voce.-Me explicou Miguel.

              - Nao, nao consigo enender. So de imaginar tudo o que voce acabou de me falar, eu ja enlouqueço. Um irmao?-Retruquei.

             -Realmente voce e a unica pessoa que conto isso, pois confio que voce nao seria capaz de revelar tudo que lhe disse agora a ninguem.-Ele me disse, me encantando.

             -So posso dizer que tambem te amo!!!!- Respondi, o que confesso que era o que ele queria ouvir desde o inicio.

 

          

           

               

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...