Pontes indestrutíveis.

'' Eu pensava que ele era o amor da minha vida, mas ai veio você com os olhos claros a boca rosada, e o seu olhar perante a mim, ai veio o primeiro beijo, a forma de amor, o eu te amo , e a cama, as decepções e por fim o '' Nós Dois '' eu não sei , mas você é totalmente diferente de mim, o diferente que me completa por inteiro, é bem difícil eu me controlar perto de você, então por favor só prometa que vai ficar pra sempre perto de mim, mesmo quando a pior coisa acontecer ''

12Likes
2Comentários
810Views
AA

2. I can't remember to forget you.

'Ligação'

- Maria, nossa que saudades. - Disse Diego assim que eu atendi meu telefone, sorri ao ouvir sua voz.

- Só aguente mais 365 dias. - Falei e ele riu abafado sem humor. - Eu também estou morrendo de saudades, mas passa rápido você vai ver. - Falei e ele sorriu do outro lado da linha.

- É.. tomara que passe rápido mesmo, ainda não me conformo com o fato de não estudar aqui Maria, eu pagaria a escola para você, a melhor escola de Londres você estudaria. - Ele dizia como se fosse a coisa mais fácil do mundo, me apertei com a almofada.

- Diego , você sabe que eu não teria a cara de pau de deixar você pagar minha escola por aí , vai ser rápido, eu termino o terceiro ano aí e volto para os seus braços. - Falei e ele sorriu.

- Maria, tenho tanto medo de perder você. - Falou e eu suspirei engolindo seco.

- Não vai me perder nunca, pode ter certeza , eu amo você. - Falei e ele suspirou longo e pesado, sei do medo que ele tinha, mas ele precisava confiar em mim, como eu confiei nele esses 5 anos juntos!

- Eu amo você também, agora eu vou ter que desligar, e não conseguirei jamais esquecer você. - Ele disse.

- Não vai precisar esquecer, amo você. - Falei e desligamos, coloquei meu celular na escrivaninha branca de madeira ao meu lado de madeira, eu e Diego podíamos não ser o casal mais perfeito , mas temos nossas qualidades, somos completamente iguais, ele é quieto na dele e eu sou assim também, ele gosta de coisas românticas e eu também, ele é perfeito e eu bom.. não tanto! Me levantei e tomei um banho colocando um shorts jeans e uma blusa de alça, estava desacostumada a usar essas roupas Londres é bem frio, diferente do Brasil que é extremamente calor! Coloquei um chinelo e amarrei meu cabelo no alto, me sentei no chão e arrumei metade das minhas roupas no guarda-roupa.

- Ei pirralha, Arthur mandou você descer para comer. - O tal Pedro folgado entrou no quarto sem bater na porta e ainda por cima me chamou de pirralha.

- Ei , meu nome é Maria , não ouse me chamar de pirralha. - Falei e ele riu e saiu do quarto, bufei e desci, Pedro folgado se sentou do outro lado já devorando seu pão com queijo e presunto, comecei a comer e Arthur sorria e mexia involuntariamente no gelo que se encontrava no copo de Coca-Cola dele.

- Está nervoso?.- Perguntei e ele me olhou rapidamente e sorriu.

- Não, um pouco ansioso. - Ele disse e eu entortei minha boca.

- Por que?. - Perguntei.

- Bobeira. - Falou e eu estranhei, saiu da mesa levando consigo o copo de Coca-Cola lavei meu prato e Pedro folgado deixou o prato dele dentro da pia , ele deveria pelo menos ter a consideração de lavar, eu deixei o prato dele lá e lavei apenas o meu , subi e escovei meus dentes, Arthur comentou que íamos sair a noite já que hoje é sábado por aqui , Segunda-Feira começo as minhas aulas na escola nova, aproveitei para descansar mais um pouco.

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...