Desculpa.

"Olhei para os meus braços e vi o líquido vermelho sair abundantemente dos cortes que ainda há minutos havia feito. Se senti dor? Bastante, o que até é bom, visto que já há muito tempo que desconhecia esse sentimento. " "Só te apercebes da dor quando realmente a conheces." Depois da morte de Louis, Emma entra numa depressão que parece não ter fim, a sua vida torna-se num inferno e está sempre a tentar arranjar maneiras de se aguentar. Quando o choro já não é suficiente, Emma encontra a lâmina...

11Likes
0Comentários
592Views
AA

9. Cartas

" Querida Sam,

Eu sei que quando leres isto eu já não estarei cá, mas quero que saibas que a culpa não é tua. É única e exclusivamente minha. Pura e simplesmente já não aguentava sem o Louis e já não aguentava ver-vos sofrer por minha causa.

Hoje antes de vir para aqui, ouvi os meus pais falarem um com o outro. Estavam a dizer que teria sido tudo mais fácil se eu nunca tivesse existido. Não os culpo por dizerem isto de mim, pois eu sei que é verdade.

Não digo que lamento a minha morte, para a vossa parte, pois eu sei que é um alívio não terem que se preocupar mais comigo, pois eu, vou para um lugar melhor para junto do Louis.

Peço que contes tudo aos meus pais, mas mesmo tudo: os cortes, o tabaco, a depressão... Tudo! Pois eu fui apenas uma fraca que não conseguio.

Sei que não será fácil, mas também sei que agora poderás ser finalmente feliz sem te preocupares comigo.

Desculpa.
Emma O'Sullivan.

 

 

 

 

 

"Querido Harry,

Quando leres isto, eu sei que já não estarei aqui, mas no entanto não quero que te culpes de nada! Tudo que fizeste foi apoiar-me e eu adoro-te por isso. És o melhor amigo que eu alguma vez tive.

Eu sei que foste tu a encontrares-me. Sei que caiste no chão de joelhos a chorar enquanto os médicos levavam o meu corpo. Desculpa por todo este sofrimento que te causei, mas tu sempre foste forte e por isso vaia ultrapassá-lo.

Lembro-me que quando vocês se tornaram mesmo famosos e as fãs me odiavam tu me disseste para não pensar nelas, mas sim em mim e no Louis. Eu sei que estou a ser egoísta, mas neste momento, não estou a pensar em mais ninguém. Estou farta de estar sempre preocupada com o que os outros vão achar. Está na hora de pensar em mim e no que será melhor para mim.

E isto é o melhor.

Não espero que compreendas, mas só espero que me apoies. A Sam vai contar aos meus pais a história toda. Acho que devias ir com ela.

Por fim, isto não tem que ver comigo mas sim contigo. Eu sei que tu amas a Sam muito para além de amizade e sei também que ela também gosta mesmo de ti. Pede-a em namoro. Vocês merecem ser felizes.

Eu fui uma fraca, eu sei, mas pura e simplesmente já não aguento mais.

Desculpa.
Emma O'Sullivan.

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...