Desculpa.

"Olhei para os meus braços e vi o líquido vermelho sair abundantemente dos cortes que ainda há minutos havia feito. Se senti dor? Bastante, o que até é bom, visto que já há muito tempo que desconhecia esse sentimento. " "Só te apercebes da dor quando realmente a conheces." Depois da morte de Louis, Emma entra numa depressão que parece não ter fim, a sua vida torna-se num inferno e está sempre a tentar arranjar maneiras de se aguentar. Quando o choro já não é suficiente, Emma encontra a lâmina...

11Likes
0Comentários
587Views
AA

3. Capitulo 3

Quando finalmente cheguei a casa dirigi-me logo para o quarto para me preparar para o concerto em honra do Louis, se calhar devia pensar no discurso que os rapazes me pediram para fazer, mas acho que não sou capaz de pensar nisso neste momento. 
Acabo por decidir usar o meu vestido preto comprido porque era um dos preferidos do Louis. Maquilho-me e penteio-me, depois fico a olhar para o espelho enquanto penso em como a minha vida mudou desde a morte do Louis.
Perdi todo o sentido da vida e a minha razão de viver. Podem todos pensar que são só desculpas mas é verdade. Não sei quanto mais tempo hei de aguentar. Ouço a porta da rua bater, devem ser os meus pais, bolas, tinham mesmo que chegar antes de eu sair para o concerto, que vai ser daqui a 15 minutos. Ouço os sapatos da minha mãe a dirigirem-se para o meu quarto e sei que ela vai entrar mesmo antes de ela o fazer. 
- Filha, que bom que estas em casa! Como estás? Ouvi dizer que hoje há um concerto em memória do Louis, vais lá?
- Olá mãe, sim vou os rapazes pediram-me para discursar por isso devem estar a chegar. Aliás -olho para o visor do telemóvel- já chegaram, vou ter com eles. Adeus mãe.  
-Adeus filha, depois vens para casa?
- Talvez, depois logo se vê. 
Com isto dirijo-me para a porta do meu quarto e ouço a minha mãe a dizer baixinho:
-Quem me dera que confiasses em mim...
Quem me dera a mim também que pudesse confiar nela, mas com o que se passa não é possivel. 
Quando chego à porta de casa vejo carro dos rapazes à minha espera. 
Entro para o carro e dou um abraço a todos. Parecem todos um pouco abalados, imagino como será para eles, perder um membro da banda, mas pior que isso. Um melhor amigo.

P.O.V. Harry
A Emma entra para o carro e abraça-nos a todos. Olho para os olhos dela e vejo que perderam o brilho especial que tinham, agora são sem vida e tristes.
Isto deve ser mesmo complicado para ela, nós perdemos um melhor amigo,mas ela perdeu o amor da sua vida, e todos sabemos que não era daquelas paixões passageiras. Ela amava-o mesmo,e ele a ela

#Flashback
- Harry posso falar contigo? - o Louis perguntou-me.
- Claro! O que foi Louis?
- É assim, eu sei que tu e a Emma são amigos há muito tempo e sei que tu a conheces melhor que ninguém. Por isso preciso de ti para me ajudares a perceber qual é a melhor maneira de lhe mostrar que a amo. 
- Bem, se vocês fossem outras pessoas dizia-te para  a levares num encontro, mas no vosso caso acho que devias fazer algo maior e melhor. 
É claro que eu acho que ele a deve pedir em casamento, mas isso tem que ser ele a lembrar-se pois só assim que ele sabe que está certo do que quer. Mas eu sei o que ele vai fazer. 
- Tens razão.- ele diz-me.
- Sobre o quê?
- Vou pedi-la em casamento.
#Flashback

Esta foi a ultima noite em que estive com ele. No dia seguinte ele morreu. 
Foi sem duvida o pior dia da minha vida.

P.O.V Emma
Chegamos finalmente ao recinto onde vai ser o concerto vejo as fãs todas à porta, são imensas e noto pelos olhos delas que muitas estiveram a chorar a morte dele. Não imagino como será para elas perder um dos idolos. 
Os rapazes decidem sair para estar um pouco com elas, se calhar eu também devia ir ali, mas não consigo e neste momento tenho que encontrar a Sam para poder falar com ela sobre tudo. 
Finalmente a encontro e vejo que ela está com as irmãs do Louis, todas elas estão a chorar. Chego ao pé delas e a Lottie agarra-se logo a mim a chorar ainda mais. Não aguento mais e começo também eu a chorar borrando a maquilhagem. 



 

Hey loves! 
Desculpem por este capítulo estar um bocado horrivel, mas estava um pouco complicado de o escrever e de qualquer dos modos precisava de fazer um capítulo assim para o próximo fazer sentido.

Desculpem também o facto de não actualizar muito regularmente mas há uma coisa chamada exames que não me deixam escrever porque tenho que estudar. Aliás, eu devia estar agora a estudar matemática mas escrever é muito melhor.

Outra cena, gostaram que eu fizesse os P.O.V.'s do Harry e dela alternados?
Comentem por favor a vossa opinião e votem!
Não se esqueçam de partilhar com amigos e cenas.

Beijinhos,
Clara ♡

P.S.: Por favor se virem esta fanfiction em mais algum lado que não seja Wattpad e Movellas por favor avisem-me porque isso quer dizer que estão a fazer plágio ok?
Já me fizeram isto por isso é que estou  a dizer isto.

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...