My Inner Love

Será que no meio de tantos livros e estudos Anitta encontrará o significado da ''coisa'' como se refere ao amor. ''Tomás é a pessoa muito improvável pra mim . Ele é tudo e ao mesmo tempo nada.'' Tomás será que conseguirá decifrar o que tanto esconde. "Precisa de coragem Tomás . Não pode ser tão ruim assim.''

1Likes
6Comentários
396Views
AA

16. Maybe it's a new beginning


 (P.S. Depois de muito tempo estou de volta! e obrigada pelas visualizações embora não tenha comentários eu sei que alguém lê.) 

– Oque faz aqui Jack?- Pergunta Raphael assustado

– Ué vim matar as saudades do meu amorzinho- Fala Jack num tom bem irônico

– Amorzinho?! Que coisa mais cafona Jack, não sou nada seu pra ser chamado de amorzinho. – Respondia Raphael, mas num tom grosseiro.

– Mas oque?! Não se esquece de dois anos e meio, em uma noite sabia. - Falava Jack ríspido

– Dane-se. – Exaltou-se Raphael e saiu dando os ombros

Jack ficou ali no meio do pátio com cara de nada, e imaginando que tipo de reação foi aquela de Raphael.

Com Anitta;

Despediu-se de Tomás com um breve beijo, e olhou bem nos olhos castanhos claro do garoto.

– Talvez a gente se encontre algum dia, e possamos ficar juntos- Dizia Anitta com os olhos já lagrimejando.

–E esse dia está chegando meu amor, te prometo que ainda vamos ficar juntos e vai ser eterno enquanto durar. – Fala Tomás olhando bem no fundo dos olhos de Anitta.

Um último beijo para fechar essa página e assim Tomás foi embora, passou pela porta sem olhar para trás. Talvez o destino quisesse assim eles separados agora para quem sabe no futuro ficarem juntos ou não, e o tempo passa e chega o determinado dia que Anitta sairá daquela clinica e voltará para escola, e acabará surpreendendo todos, e enquanto sua amiga Mia foi transferida para Bradford uma cidade bem distante de lá.

Alguns meses depois;

Lá estava Anitta, de volta a escola onde tudo isso começou e pode ser ali que tenha um fim, ela estava diferente seus cabelos estavam com as pontas loiras e agora era uma fashionista assumida. Ela estava usando uma meia calça, mais o uniforme e por incrível que pareça usava aquela maldita gravata que todos eram obrigados a usar.

Assim que passou pelo portão de entrada Jhullie e Linda a esperavam ansiosas para ver como estava Anitta, e se ela tinha mudado tanto assim que viram Anitta passar pelo portão principal correram e quase caíram uma em cima da outra.

– Oh My God, Anitta é você mesmo?- Perguntava Linda fazendo questão de girar a amiga

– Tú ta gata mulher- Dizia Jhullie fazendo graça e dando uma piscadela

Anitta só ria do espanto das meninas

–Bom, ainda sou Anitta né. E que tipo de linguajar é este pessoa, só fico seis meses fora e tudo muda- Falava Anitta rindo para Jhullie

– Diz isso como se fosse pouco tempo, Puff- Dizia Linda revirando os olhos.

–Eu sei que foi muito tempo, mas estou aqui agora e me ajudem com as malas e vamos para o quarto tenho muito oque contar. – Dizia Anitta sorrindo ao voltar pra perto de sua melhor amiga e sua irmã.

Ela iria dividir o quarto com Jhullie e Linda, ambas estavam tão felizes que se esqueceram de contar algumas novidades sobre o colégio para Anitta. Pelo corredor todos estavam de queixos caídos, pois nunca pensaram que Anitta fosse daquele jeito tão sensual e sexy ela sempre usava aquelas roupas folgadas e comportadas e se escondia atrás de vários livros e nem importava se alguém sabia sobre ela ou não. Agora a nova Anitta está mais decidida de si e até se envolveu em problemas (amor) e fazer tudo aquele conceito de amor ir por água a baixo.

Com Tomás;

Lá estava ele, andando pelo corredor bufando por não ter conseguido arrumar aquela gravada. De novo. Estava a caminho do quarto de Jhullie e escuta uns boatos sobre a “nova aluna”, mas nem dá muita importância. Ele bate na porta do quarto e quem abre é Linda

– Aqui De novo?- Perguntava Linda

–Não teria que vim aqui, se a diretora não inventasse de colocar gravata no uniforme. – Respondia Tomás

– Não aprendeu a colocar isso ainda, Oh God. Homens são tolos mesmo. – Falava Jhullie

– Não é porque não achou um ainda, não precisa chamar de tolo tá ?! – Falava Tomás irônico

– Que seja. Vem logo pra arrumar isso! – Falava Jhullie revirando os olhos

–Quem está ai? – Perguntava Anitta já saindo do banheiro

Quando Tomás olha pra Anitta fica bobo, como ela poderia ter mudado tanto em apenas alguns meses. Jhullie e Linda como não são bobas já ficaram ali com aquela cara de awn.

– Oi – Falava Anitta tímida

– Foi desse jeito que começamos a conversar no início do ano, você estava sentada no gramado lendo Morro dos Ventos Uivantes muito concentrada e de repente ficou corada ao me perceber. – Relembrava Tomás

Anitta dá um pequeno sorriso e caminha perto dele e o abraça, ninguém esperava essa atitude dela talvez esperasse, mas que tivesse partido de Tomás. Jhullie e Linda estavam ali intactas como se houvesse só os dois ali.

–Senti tanto sua falta, desde a última vez que te vi. Foi como se metade de mim tivesse partido também. – Falava Anitta olhando nos olhos dele

– Eu também, princesa. Você é tudo oque eu preciso. – Dizia Tomás acariciando a face de Anitta.

Mas como nem tudo é perfeito, Jhullie e Linda são uns amores e acabou aquilo.

– Tá né, daqui a pouco tem aula e vem logo aqui pra mim arrumar isso e no almoço os pombinhos matam a saudade e blá blá blá. – Reclamava Jhullie revirando os olhos.

– Ai calma tem Anitta pra todos, eu hein. – Dizia Anitta voltando pro banheiro e terminar se ajeitar.

– Pronto obrigada Jhullie eu to indo vejo vocês depois. – Despedia Tomás

Anitta nem ouviu, cantarolava alguma canção que ouviu ou havia composto, pois é depois daquele show de talentos descobriu que tem talento pra coisa e que vá cursar música na faculdade. Ela já pensava em qual seria a universidade porem estava confusa, havia tantas opções, mas mal sabia ela que um fato iria atrasar ou cancelar de vez esses planos para o futuro.

Em quanto o assunto “Tomás e Anitta” ela não fazia ideia do que seria dali pra frente, sei lá tudo é tão esquisito e estranho. Ele talvez merecesse uma explicação sobre Victório, porem está mais um fato sem conclusão ela não queria terminar por telefone, muito menos fazer ele vim até aqui pra dizer acabou. Nos últimos dias ela bem que vinha tentando dizer isso a ele mas sem sucesso já que o mesmo sumiu sem dar nenhuma explicação ou dizer oque estava acontecendo.

Anitta pensava que aquele pedido talvez tivesse sido muito precipitado, ou tivesse se arrependido pois a mesma não correspondia seus sentimentos ela havia iludido ele ou só aceitou porque não queria deixar ele com cara de taxo na frente de todos e principalmente do amor dela ali presente. O tempo passou voando quando vai se perceber já havia terminado as três primeiras aulas.

No jardim;

Anitta estava dispersa, e nem percebeu que Tomás havia chegando ali e chamou sua atenção com um simples beijo no rosto. Ela rapidamente sorri ao percebe ele.

– Como está? - Perguntou Tomás

– Muito bem e você? - Respondeu Anitta

– Estou ótimo, afinal você está aqui agora. – Respondia Tomás

– Isso é bom. – Falava e respondia Anitta

– E você e Victório já terminaram? –Perguntava Tomás

Anitta engoliu aquela pergunta á seco, afinal estava rezando para que ele não tocasse no assunto Victório.

– Eu tentei juro que tentei, mas ele não me atende e nem manda nenhum sinal de vida. – Respondia Anitta nervosa

– Então tecnicamente você ainda o namora, é evidentemente que você ainda usa o anel. Olha você tem que se resolver ele ou eu. – Falava Tomás colocando mais pressão na garota

– Tenta me entender, como eu vou terminar por mensagem de texto, telefone não dá né Tomás. Enquanto a pergunta você ou ele eu te amo ok e é claro que eu quero você, mas a situação não muito clara pra mim entende? - Se explicava Anitta

– Ué oque que tem. Se ele fosse um namorado legal te atendia e você terminava logo isso, que na verdade não sei por que aceitou isso pra início de conversa. – Se exaltava Tomás

– Da pra parar com isso, eu aceitei porque quis e qual é o problema. Ele teve coragem de fazer isso já que fez ainda estava naquele vou ou não vou. E chega desse assunto por aqui fique ai e esvaeça, seus pensamentos. -Dizia Anitta já exaltada também.

E ela vai e ele fica pensando no que acabará de acontecer.

Com Raphael e Linda;

Raphael e Linda estavam cada vez mais próximos, até que Jake aparece e acaba com o clima.

– Então foi por ela, que você me deixou? E todos aqueles anos de amor e carinho foi todo pro espaço? – Perguntava Jake naquele sei jeito todo melodramático.

– Oi?! Como assim?- Perguntava Linda

– Linda, ele é a aquela pessoa de quem te falei. Lembra?- Perguntava Raphael cochichando para Linda

– Ah sim. Prazer me chama de Linda. – Falava Linda toda educada

– Hum, interessante seu nome. – Dizia Jake todo antipático

Linda olha para Raphael

– Eu vou sair e deixar vocês conversarem. Prazer seja lá qual for seu nome. – Dizia Linda e saindo

– Ufa achei que sua namoradinha estranha fosse ficar aqui. – Falava Jake se aproximando

– Pode ficar ai, e ela não é estranha. Estranho foi esse me grande equivoco que tive por você. – Falava Raphael olhando para Jake

– Esta chamando de equivoco, nosso relacionamento? – Perguntava Jake incrédulo

– Que bom que entendeu, mas oque faz aqui?- Perguntava Raphael

– Não vou desistir de você assim, e não vou perde-lo para uma garota de dezessete anos.- Falava Jake

– Já perdeu, você é possessivo e eu não me sinto mais atraído por homens. – Falava Raphael sendo cauteloso

– Não é verdade, eu vou ficar aqui e te provar que tudo isso foi apenas uma bobagem. – Dizia Jake

– Bobagem, é ter te deixado entrar aqui. Meu Deus. – Dizia Raphael

– Não seria capaz disso. – Exclamava Jake

– Oh seria sim – Falava e sorria ironicamente Raphael

Raphael chamou o segurança que ‘’ convidou’’ gentilmente Jake a se retirar da escola.

Agora ele ia atrás de Linda, que possivelmente estaria no quarto. Só que ele não sabia que Linda não estava lá, mas foi e encontrou Anitta e Jhullie

– Onde está Linda? – Perguntava ele

– Eu é que sei, ela não estava com você?- Perguntava Anitta

– Isso mesmo, estava, mas aconteceu um imprevisto e ela saiu. – Respondeu ele brincando com os próprios dedos

– Oque fez pra ela?- Perguntava Jhullie preocupada

– Nada, só digamos que... Sei lá como explicar isso é uma longa história. – Falava Raphael nervoso

– Ótimo, eu procuro ela e depois você me explica essa ‘’história’’ – Falava Anitta com um olhar intimidador.

– Que seja, contanto que eu consiga falar com ela. – Falava Raphael com desdém.

Anitta pegou o celular e ligou pra ela, mas não atendeu o celular.

Com Linda;

Ela fugia para o mais longe o possível, rapidamente lembrou-se do lugar só dela e do Nick. Se fosse para o quarto seria um lugar muito obvio e havia questionamentos isso é tão errado mais tão certo ao mesmo tempo, porque isso estava se passando com ela primeiro Nick agora Raphael e agora não sabia mais o caminho para voltar a aquela vida simples de uma garota com um fácil relacionamento com as pessoas. Mas ela não pensava que isso um dia poderá acontecer mas esse tal de amor é tão sofrido e confuso quem dera poder deixar o coração ouvir a mente e saber que aquilo que ele quer é errado e depois quem se machuca é ele.

'' E eu me pergunto se eu já passei pela sua mente, para mim isso acontece o tempo todo. ''

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...