Mudança

Mudança, uma palavra dolorosa para quem já à viveu. Mas a mim uma fantasia se passa na minha cabeça, dolorosa fantasia, imaginação de uma menina tímida, e meio anti-social. Será que se tornará realidade ?

1Likes
0Comentários
141Views
AA

2. A dor do desejo

      Desejo realizado, hora de reclamar. Estava lendo as mentes igual a Angely. Minha mãe Kathy estava se segurando para não chorar. Meu pai Robert, estava abraçando minha irmã Coraline ( Cora ). O médico Dr. Fernan, o médico favorito dos meus pais estava ao meu lado. Quando viu que acordei disse sem rodeios:

     --- Julie, você está doente. Não se preocupe, você vai ficar bem só uma pequena modificação no seu cérebro, vamos pesquisar e lhe tratar. 

      Agora estava confirmado essa pequena modificação é o uso das partes normais do cérebro que não usamos, bem, vocês não usam. Eu sim. 

      E agora estava também atravessando objetos com a mão e sim só com ela talvez tivesse que treinar mais para atravessar inteira. 

      Fui para casa, minha mãe, pai, irmã, todos me cuidaram muito bem, não me deixaram fazer o mínimo de esforço. E eu já treinada pela Angely, já sabia como fazer, pelo menos apostei no livro. Deu certo, acho que o livro não é só ficção.

      Mas agora o que mais importava era isso, como ia contar aos meus pais ? Eles estavam tão triste os exames iam de mau a pior, com minha evolução, mais áreas apareciam e confirmaram.

     Era câncer.

     Câncer cerebral. Não muito comum mas, fatal. Sabia que não era, e sabia mais que ninguém que estava totalmente bem. Quase bem. A mudança da minha vida agora era bem maior que a mudança de casas, de lugares. 

      Mas sabia que minha mãe estava sofrendo e desejou uma hora não ser minha mãe para nãp sofrer aquilo. Sabia que estava certa então a dei esse desejo. 

      Eu fugi.    

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...