Moments

Já se apaixonou loucamente por uma mulher?! Uma mulher bem diferente, formada e com uma filha, que passa a ser "sua" filha, mas, algo vai tentar acabar com essa felicidade deles. De uma viagem para concluir seu doutorado ao fim de seu noivado.

2Likes
5Comentários
345Views
AA

9. Conhecendo a família

Anne: Filho. –Falou me abraçando-

H: Oi mãe, que saudades. Essa é a Bea, minha namorada. Bea essa é minha mãe Anne.

B/A: Prazer. –Falaram se abraçando-

Eles: Vamos entrando, já somos de casa mesmo.

A: É... Entrem.

B: Licença. –Agora percebi que ela era um pouco baixa, sentamos na mesa e começamos a conversar-

Bea.On

A: Então é médica?

B; Sim.

A: Você que cuidou do Harry né?

B: Sim.

A: Mas, você é de que área?

B: Bem eu sou infectologista e nefrologista.

Lo: Que merda é essa?

B: (suspiro) Infectologista é que cuida de bactérias, príons, vírus, protozoários, fungos e animais. É nefrologista é mais sistema urinário.

A: Legal. Você tem quantos anos?

B; 23.

G: Mas, vocês só estão namorando?

Lo: Que nada, eles já se separaram, já voltaram. O Harry chama ela de minha mulher até.

Li: Não o melhor de tudo é que ele está levando isso a serio.

N: Aham... Ele até disse quando completassem 1 ano ele ia pedir ela em casamento.

Z: Não era um ano cara.

Li: Era...

Lo: Pois é acho que no aniversário dele. Coisa assim. –Olhei pra ele dando um sorrisinho-

H: Vocês são fofoqueiros.

Des: Oi, oi. Prazer Des.

B: Bea. –Apertei a mão dele-

Sms.On

-Nathan, está tudo bem com a Meg?

Sms.Off

G: Já namorou com alguém antes?

B: Já, se me dão licença. –Me levantei da mesa-

Fone.On

Na: Está tudo bem sim.

B; Que bom.

Na: Agora uma perguntinha besta.

B: O que?

Fone.On

Na: Está tudo bem sim.

B; Que bom.

Na: Agora uma perguntinha besta.

B: O que?

Na: Dês de quando ela come comida chinesa?

B: (risos) Serio?

Na: Aham, eu tinha feito e quando virei ela estava atacando a panela.

B: Não sei Nathan.

Na: Posso dar refrigerante né?

B: Pode.

Na: Tá beijos tchau.

B: Tchau. Manda um beijo pra ela.

Fone.Off

A: Seu pai?

B: Não meu ex marido. –Eles me olharam-

G: Ex marido? Já foi casada?

B; Sim.

Des: E são tão ligados assim?

H: Eles tem uma filha a Megan.

Eles: Ah...

G: Que fofinha, ela tem quando anos?

B: Tem 4 anos. –Ele pegou na minha mão, fomos conversando e nos divertindo-

H: Nem foi ruim né?

B: É.

H: O que está olhando no celular?

B: Nada, é que fica chegando umas mensagens de morte e tudo.

H: Minhas fãs. –Nossa, elas me odeiam- O que falou com o Nathan?

B: Ela estava comendo comida chinesa.

H: E?

B; Você está devendo um macarrão pra ela.

H: Eu tenho terça livre, posso fazer na minha casa e vocês vão.

B: Pode ser.

Harry.ON

Descemos num parque e ficamos andando.

B: Um desejo seu?

H: Nossa só um?

B: Só um.

H: (risos) Nossa... Não sei, metade deles se realizou ou estão se realizando.

B: Mas, ainda tem algum desejo né?

H: Não ele já está quase se tornando realidade.

B: E o que está faltando?

H: Você dizer sim.

B: O que?

H: Não é muito cedo pra isso.

B: Cedo? Como assim?

H: Esquece, então e aquele médico?

B: Ah só um casinho, nada demais.

H: Assim? Um casinho?

B: Durou só três semanas.

H: Quando terminaram?

B: Depois que saí do seu quarto.

H: Que bonito... (risos)

B: E você? Pelo visto não é dos melhores namorados.

H: Como assim?

B: Taylor.

H: Ela era muito chata. E ficava o tempo todo me chamando de nomezinhos que brocham o cara.

B: Tuf tuf?

H; Tipo isso. Imagine. Você lá no maior clima ai ela fala isso. E outra ela era muito ciumenta.

B: Meu ex.

H: Já falou isso? Ou era ciumento.

B: Não, ele era super carinhoso e ciumento. Nossa não queria nem que fosse fazer plantão.

H: Ah... Não mais é chato. Vamos supor tipo, eu passo metade do ano fora e quando chegar sua mulher não estar em casa, fazendo plantão. Nossa acho que iria ficar puto.

B: Mais ai já é diferente. Ele me via todo dia.

H; Era?

B: Nossos pais são sócios. Conheço ele dês de pequeno mais ele era mais velho então... Nunca me deu bola, então na faculdade enquanto ele fazia direito e administração, conheceu um amigo meu e fomos nos aproximando.

H: Ah... Quantos anos de diferença?

B: Sete anos.

H: Serio?

B: Aham.

H: Seu pai não brigou?

B: Ele gostava dele.

H: E sua mãe?

B: Ela morreu, quando tinha 17 anos.

H: Ah... Nossa, eu não...

B: Tudo bem.

H: Mas você e ele separam quando a Meg tinha quantos anos?

B: Bem ela tinha quatro meses.

H: Como descobriu?

B: (suspiro) Eu dei uma de louca e resolvi passar no apartamento que ele morava antes de compramos uma casa. E quando entrei ouvi uns gemidos, abrir a porta e vi eles. Ele chorou, levou flores, fez promessas... Mas, não quis voltar.

H: Que bom, pelo menos você fica comigo. –Falei abraçando ela-

B: É... Não íamos pra casa de praia.

H: Estou morto. Depois dessa transa a única coisa que quero é dormir. Então... Vamos.

B: Eu não vou dormir na cama quebrada.

H: (risos) Eu sei. EU tenho outra casa.

B: Nossa... Que chique.

H: Como se não fosse mais rica que eu. –Rimos e fui pra casa, nossa ela estava tão gostosa com aquele vestido-

B: O que foi? –Falou tirando o sapato-

H: Nada, pensamentos.

B: Ah... –Ela me beijou-

H: Eu tenho que parar com isso.

B: Parar?

H: É por que, você está me deixando louco.

B: Isso não é bom?

H: Você quer não é garota?

B: Eu nunca disse que não queria. Outra rodada. –Falou me olhando com malícia, passei minha mão pelo corpo dela e dei um impulso para ela pular em mim-

H: Pensando bem... É vamos outra rodada. –Nós beijamos e fui tirando seu vestido, dando chupões pelo seu pescoço, quando percebi ela estava tirando minha calça, joguei na cama, tirando minha calça. Já com volume.

B: Tá mais gostoso que antes. –Só rir e beijei ela- Haz... –Falou me arranhando delicadamente-

H: AWW...

B: Chamou alguém? –Olhei pra ela. Os meninos abri a porta, eles caíram no chão-

H: Muito bonito né? Não tem o que fazer? Iam gravar a gente transando-

LI: Ideia do Louis.

Lo: Não foi do Zayn.

Z: É foi do Zayn... Ei, não foi minha. O Louis que queria assistir um filme pornô e pensou em vocês dois.

H: Em nós? –Vi ela toda coberta- Andem saiam ou fiquem lá em baixo.

Eles: Está bem lá em baixo. –Fechei a porta e voltei pra cama-

H: Ei... –Falei vendo o rosto dela corado- (sorriso) Nem foi tão ruim...

B: Não foi péssimo.

H: É... Mas... –Olhei pra ela- Perdeu?

B: Totalmente.

H: (suspiro) Então...

B: Desculpa, não. –Ela me abraçou-

H: Melhor trocar de roupa. –Ela sorriu e foi pro banheiro-

Bea.On

Tomei um banho e quando voltei ele estava dormindo. Dei um beijo no seu rosto e me deitei.

 

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...