Zoe Member e seus delírios

Quanto tempo deve durar o para sempre? Até que você ainda consiga se lembrar? Até o fim da vida? Enquanto ainda é realmente importante e te faz feliz de verdade? Talvez não exista uma resposta certa. Promessas são quebradas o tempo todo, Mais cedo ou mais tarde, Todos nós precisamos fazer o mesmo. Ninguém entra em um relacionamento planejando o seu final.As vezes acontece, e seja por qual motivo for, Um dos lados tem que aprender do pior jeito, Que é mesmo impossível controlar os sentimentos das pessoas com quem nos envolvemos nessa vida. Já falei é a biologia. Nem todas as borboletas tem o mesmo tempo de vida. Promessas não estabilizam amores. Ninguém tem palavras quando oque prometeu era a eternidade.

2Likes
0Comentários
170Views

1. Delirios

  Moro no centro de New York uma cidade super. Agitada, E adoro isso, o silencio é algo que gosto de evitar ao máximo, O bom de New York é que tem ótimos empregos, o ruim é que você pode ser morta em quanto se estaciona o carro. Mas nem tudo é como se espera, Mas meu apartamento sim, eu sou dona de um escritório antigo de contabilidade que herdei do meu pai, mas não é isso que quero fazer para sempre; Minha família que me desculpe, mas não vou seguir a tradição não vou deixar isso para os filhos que não tenho e marido que nunca tive, Sou muito esquecida e já me esqueci de me apresentar (Zoe Members) e tenho 23 anos.

          Na faculdade onde estudo tem um cara por quem sinto uma atração, Às vezes ficamos, Nada serio, E hoje à noite vamos sair para balada acho que já sei as intenções dele, Antes que me esqueça (James Patrick) e tem 27 anos.

  Quando decidi me arrumar já eram 8h. Fiquei procurando a roupa ideal, nada que se mostra d+ e nada que se mostra de -, fiquei 1 hora me arrumando quando ele finalmente chegou e já eram 9 horas, O atendi com uma expressão de felicidade, mas logo parei com o sorriso para ele não me estranhar, ele estava lindo seus olhos verdes brilhavam como eu nunca tinha visto antes, a roupa que ele estava usando detalhava mais a forma de seu corpo sexy e músculo, seus cabelos pretos estavam perfeitos, como ele tivesse ficado 2 horas se arrumando para isso acontecer, ele me deu um beijo na bochecha abriu a porta do carro e disse.

-você está linda

-obrigado, você tá uma graça.

   Sorri, chegando à balada sentamos em uma mesa de bebidas e ele me comprou uma dose de tequila, e nos vagamos para a pista de dança e curtimos o resto da noite, quando sai de lá estava muito bêbada ele teve que me segurar o tempo todo para eu não cair ,era acho 2 horas da madrugada quando vi meu ex-namorado Jonathan passando de carro com o seu amigo e duas meninas, No momento fiquei em ciumada, Mas James me virou e disse.

-você esta bem?                      

-estou ótima, Vamos?

-claro!- a cara dele era de desconfiança, ele olhou para o carro, abriu a porta e me ajeitou no banco.

  James me levou até o meu apartamento e parou o carro no estacionamento e ainda no carro me agarrou, Por mais que já fazia um tempo que estávamos ficando ainda não tínhamos feito nenhum movimento sexual e eu também não queria aquilo com ele. Ele é muito legal e bonito mais o meu interesse por ele era outro. Ele nunca tinha me beijado daquela forma antes, Ele estava quente e seu beijo estava intenso, eu sabia perfeitamente as intenções de beijos assim, mais estava tão bom que eu não pretendia parar, nossas respirações estavam ofegantes e o vidro do carro estava embasado, então de repente ele parou o beijo e olhou direto para mim, Eu fiquei sem entender, só não queria que ele parasse, tive vontade de agarra-lo de novo mais não fiz isso.

-porque parou?-perguntei meio sem ar.

-porque não vamos para o banco de traz?- ele sugeriu.

Eu devo ter feito uma expressão assustada porque ele acrescentou ”para ficar mais confortável” Eu queria continuar aquele beijo até amanha mais sabia se o continuasse provavelmente não seriam só beijos que aconteceria então decidi falar.

-eu já estou indo, tchau James. -ele fez uma cara de confuso e ficou se decidindo em falar ou não mais alguma coisa, finalmente ele se decidiu.

-eu te vejo amanha?-eu não sabia oque responder, porque se provavelmente ele me beijasse daquela maneira novamente e não me aguentaria, mais por pura educação disse “claro” e desci do carro e ele me acompanhou até o portão. Logo se direcionou ao carro, deu aquela viradinha para me acenar com a mão o sinal da despedida,* típica das caras mais atraentes que sempre esbanjam estilo e sensualidade* Eu totalmente controlada pelo álcool, fiquei zonza e me esborrachei toda no asfalto (era o asfalto querendo me contar seus segredinhos). Ele me levantou do chão e ficou me encarando.

-você ainda acha que consegue ir sozinha?

-mais é claro

Pelo jeito ele não escutou oque eu disse e subiu comigo até o numero do meu quarto e me deixou na porta. *as vezes é necessário falar duas vezes para a pessoa entender, ou até três. Mais se o cara for um deus grego filho de um pai milionário, não.

-tchau Zoe.

-tchau James, a noite foi ótima, obrigado.

-Começando por ter você, já estou indo boa noite.

-boa noite, eu acho.

     Ele se foi e eu cai rapidamente sob o sofá e adormeci . A noite se passou rapidamente acordei com o meu celular tocando freneticamente estranho era o (Jonathan) o meu ex-namorado, então não o atendi por três motivos 1°Não tenho contato com os meus ex-namorados, 2° O babaca me acordou 3°não tenho um 3°motivo, mais a curiosidade do porque ele me ligou ficou me consumindo.

      Ainda com a roupa da balada de ontem fui para o meu close e separei uma roupa comum de new York e fui para o banheiro tomar um banho rápido e quando terminei me perfumei e me produzi e coloquei meu vestido soltinho branco com um cinto fino marrom e uma bota de cano curto e sai com meu carro derrapando pelas ruas até chegar à cafeteria aonde vou todos os dias pegar um copo de café, antes de ir trabalhar. La trabalha o Thomas Cooper ele é sempre muito simpático e faz questão de me atender rapidinho e com toda gentileza do mundo me passando uma boa energia antes de ir trabalhar.

-bom dia Zoe

-bom dia Thomas

-está aqui seu café com meu autografo

-que gentileza obrigada, Um bom dia para você.

-para você também, Nos encontramos mais tarde?

-Quem sabe

-Te encontro na praça vamos andar um pouco de bicicleta às 4 horas da tarde

-Está doido? Andar de bicicleta é pra criança

-Uma pena que você pensa assim, porque eu vejo todo momento casais, amigos e TAMBÉM crianças andando de bicicleta por ai.

-tudo bem, as quatro na praça. estou indo tchau. bom trabalho.

-tchau

Saindo da cafeteria fui até meu escritório ver se esta tudo numa boa, os deveres, digitar notas fiscais de empresas e ver oque os funcionários estão fazendo se estão trabalhando enfim depois de um longo dia finalmente os ponteirinhos do relógio estavam marcando 03h50min então me levantei. Do nada Nícolas Eduardo meu braço direito entrou na minha sala com uma pilha de papes e os colocaram em minha mesa.

-Esta aqui oque você andou meu pedindo

-E agora peço que a preencha

-Isso é seu trabalho, não meu.

-Estou lotada de coisas para fazer

-E oque está fazendo

-Isso não te em Teresa. Só hoje, por favor?

-estou de saída Zoe.

-ei, eu também estou tenho uma coisa muito importante para fazer. Isso não pode esperar?

-e oque é?

-não te em Teresa caramba.

-eu posso ir para você.

-isso só eu posso resolver .

-sinto muito por você Zoe, tchau uma boa tarde, ah isso é pra ser entregue hoje às 6 horas.

-como você me traz esse monte de papelada às 03h50min para eu entregar às 6 horas da tarde seu canalha.

-Sai. -taquei toda pilha de papeis na porta que ele fechou antes de acertar nele.

-ótimo Zoe maravilha, agora você tem que pegar tudo e preencher.

    Peguei meu celular da minha bolsa e liguei para o Thomas avisando que não daria para sair com ele hoje porque eu estava lotada de coisas para fazer. Comecei a preencher toda aquela papelada e quando terminei já era 05h40. Corri para o estacionamento entrei no meu carro com toda aquela papelada e fui no correios pra resolver o problema, sai do correios e já eram 6:14.

    Entrei no meu apartamento e meu telefone estava tocando corri o atender.

-alo?-perguntei.

-Zoe? Até que enfim, eu só liguei para te lembrar que temos um encontro hoje.

(fiquei calada, eu estava tão cansada para sair a única coisa que eu queria era tirar uma soneca)

-tudo bem, que horas você vem?

-as 8h.

-ok, até lá, tchau beijo, James.

-até lá, outro.

  Desliguei o telefone e corri para o banheiro, coloquei a água para encher a banheira e sai do banheiro em quanto isso fui para a cozinha e peguei na geladeira um suco de laranja e meu reeses e fui para a sala liguei o som da radio estava passando uma musica pior que a outra então fui no meu quarto e peguei meu pen drive e coloquei na TV e coloquei a musica all time low- a love like war. E aproveitei para dar uma organizada na casa as 6:59 a casa já estava praticamente em ordem. Eu olhei em volta me dei de cara com uma foto que eu estava na banheira tomando uma garrafa de vinho e rindo, Aquele foi o 1° dia que eu estava no apartamento e quis registrar esse momento em que meus amigos vieram em casa para aproveitarmos os meu aniversario de 18, exato eu me mudei para o apartamento quando eu fiz 18 anos foi muito bom eu era uma total tapada naquele tempo eu gostava de caras que me maltratavam, e naquele dia o garoto de quem eu gostava estava presente na festa ele dançou varias musicas comigo me fizeram beber 18 doses de vodca cada dose que eu conseguia ganhava 30 reais mais só consegui 12. cantamos parabéns alcoolizado e no final da noite minha ex- melhor amiga e meus 2 ex- amigos ficaram no meu apartamento para poderem dormir aqui e para aproveitar fui tomar um banho e bebi 1 garrafa de vinho ainda no banho. ”banho? Ai meu deus eu esqueci ligado” Eu corri para o banheiro e lá estava a banheira emundando a casa toda, eu entrei em desespero eu tinha arrumado a casa toda e a água estava prejudicando o meu trabalho todo, a minha sala estava com água para todo o lado, corri até a banheira e a desliguei corri pegar um pano, um balde e um rodinho, fiquei repetindo varia vezes o mesmo processo com o balde depois com o pano e mais e mais, Meu deus isso cansa. A campainha tocou e eu nem quis ir ver quem era, provavelmente era algum vizinho idiota me enchendo o saco continuei a secar o chão quase seco eu passei o rodinho e mais uma vez o pano e pronto o chão estava seco fui para sala e vi que tinha muita mais coisa para fazer a água tinha chegado até lá. A campainha tocou e eu perdi a paciência e a atendi eu abria a porta disposta a falar um monte de merda para quer quem seja.

-olha vem aqui, quem você pensa que é para ficar...- Fiquei de boca aberta ao constatar que quem estava me chamando era o John Will, meu vizinho de 24 anos.

-oi-ele abriu um sorriso e os olhos dele se deslizarão para dentro do meu apartamento.

-oque você quer?

-eu vim perguntar porque os corredores do apartamento esta alagado. Mas acabei de ver o problema.

-ai meu deus, o corredor também esta molhado?

-porque você molhou todo o apartamento? Esta com problema de encanamento?

-não! Eu esqueci a banheira ligada!

-quer ajuda?

-não! Obrigada

-mais da um jeito nisso viu, quer dizer de secar tudo rapidinho. -é com certeza eu vou trazer o sol aqui para secar em 1 segundo

-tudo bem, tchau.

-tchau.

Peguei o rodinho e fiz o mesmo processo do banheiro até o chão ficar seco tirei o tapete que estava ensopado e coloquei na varanda do apartamento e passei o rodinho onde estava o tapete até ficar seco, Fui para o corredor com o rodinho e o pano mais notei que o chão já estava seco então voltei para o apartamento e deixei tudo no canto e entrei no banheiro tirei a roupa e entrei na banheira que no mesmo  instante vazou o excesso de agua.

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...