Boarding School The Horror

Amanda, é uma menina forte por fora, mas é uma garota sensível por dentro. Seus Pais, nunca foram os melhores Pais do mundo, por não apoiar a filha em lugar nenhum, e em sonho nenhum. Amanda, cresceu com ódio em seu coração, e se tornou uma garota forte, roqueira, e adora preto. Seus Pais, a achando muito Rebelde, enviaram-na, para um internato, cujo a garota achava que era uma escola famosíssima. Amanda não se dá bem com a maioria das pessoas do internato, mas por amor, ela vai mudar muito...

15Likes
16Comentários
699Views
AA

10. Boarding School The Horror - O Vigésimo Nono Assassinato Part. 2

Guardei a lata em um saquinho plástico, que por acaso, estava lá jogado e parecia ser útil. Decidi ''catar'' todo aquele lixo, para dar uma ''investigada''. Subi correndo pro meu quarto, e tirei o notebook (sério, na primeira vez que vi quase tive um surto...) das minhas companheiras de quarto. Peguei um caderninho, umas canetas, minhas luvas de seda (não tinha luvas de médico e dentista... Vai essa mesmo!), papéis sulfite, e álcool desinfetante. Só precisava daquele Spray de policiais, que você espalha, e ele mostra evidencias deixadas por assassinatos. Onde iria encontrar algo parecido? Já sei... Tem uma lojinha de utilidades para fuga! Talvez lá tenha algo parecido, mas que funcione do mesmo jeito! Guardei minhas coisas num esconderijo na minha gaveta, e sai escalando o portão. Andei algumas ''coisas'' e logo já estava lá. Entrei, e senti uma aflição imensa, aquela loja era sinistra. Procurei pelas prateleiras e encontrei algumas coisas úteis:

1- Um par de lupas de diferentes tamanhos (ia precisar disso)

2- Cotonete (vocês já vão saber pra quê)

3- Pinça de investigação

4- Luvas cirurgicas (podia ter pensado nisso antes... Sujei minha luva pra que meu Deus?!)

5- Spray dedo-duro (dedo-duro é a marca...)

Pronto. Havia achado o que precisava e um pouco mais. Só precisava voltar pro internato e examinar logo aquelas coisas. Voltei cansada, o Sol estava quente na região, mas lá no internato parece que vai nevar! Chegando lá, tomei um susto: A Diretora estava no portão com policiais. Me lasquei. Preciso encontrar alguma maneira de voltar pro in... Já sei! Nas paredes do lado de fora, tem plantas grudadas nela! Poderia tentar me apoiar nelas e entrar escondido pela janela da cozinha! Isso! É o que vou fazer. Tentei uma vez, não deu certo: cai que nem banana se esparramando no chão. Tentei outra: cai de novo. E tentei outra (essa seria a última tentativa...): e finalmente, grandemente, consegui. Corri, mas a janela da cozinha estava fechada. Droga, maldição! Tive que escalar as janelas... Consegui. Vocês estão falando com uma arainha. Corri pro meu quarto e deitei-me na cama para disfarçar. Nossa, quanta adrenalina! Tirei meus ''produtos'' da sacola e coloquei-os sobre a mesa. Passei álcool antes de tudo na mesa, depois coloquei um sulfite para deixar as pistas. Passei o Spray nas latas e saquinhos e vi, que tinha caído sangue de alguém nos produtos... Mataram em quanto comiam? Estranho... Vou ver também na sala onde minha amiga se foi... Passei o Spray pelo chão todo, inclusive pelas paredes. Aquele sala não parecia de Química, mas sim, de tortura. Tudo estava coberto de sangue na hora do assassinato, e depois, para termos menos pistas, tentaram limpa-lo. Mas já vi tudo. Preciso ligar pra policia. Peguei meu celular mas uma ligação desconhecida me interrompeu. Quem seria? Tenho o telefone de todo mundo daqui do internato...

 

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...