Crazy Love

Mel é uma menina de 17 anos e é filha da empregada da mansão da família Malik. Mora sozinha em uma casinha pequena, mas arrumada, no fundo do terreno gigante da casa dos Malik. Estuda numa escola pública da Inglaterra e sua vida vai mudar...

3Likes
0Comentários
2414Views
AA

4. Chegando em casa

Não conseguia acreditar que amanhã Zayn chega em casa. Resolvi me mudar para a mansão e a Sam ficava comigo o tempo inteiro. Conversávamos muito. Ela era a única pessoa que me entendia. Eu gostava muito dela. Hoje eu fiquei sozinha.

Aproveitei e fui ao shopping. Aí tive uma ideia. Eu daria ao Zayn uma noite especial. Já deve imaginar. Seria hot.

Comprei uma lingerie e um pacote de camisinhas.

Alice estava na casa de Trish, e iria dormir lá amanhã. Hoje ela dormiria na minha casa. Eu ia ter que esconder essas coisas. Eu prometi que iríamos assistir à uns filmes que ela gostava.

Voltei pra casa e liguei para Alice. Ela veio com a Trish.

-Anciosa pra amanhã?-Trish perguntou.

-Claro.Muito. Eu quero muito vê-lo.-falei.

-Amanhã você vai ter uma noite só pra vocês e uma manhã também. Na hora do almoço, Alice vem pra cá. E no jantar, vocês vão lá pra casa.

-Tudo bem...

Dei um abraço na Trish e ela foi embora. Alice deixou as coisas no quarto dela e foi me dar um abraço e um beijo.

- Como você está?-ela falou.

-Ah, está tudo bem.-respondi.

-Eu trouxe meus DVDs favoritos pra gente assistir. Tem A Era do Gelo e muitos filmes da Disney!

Eu sorri. Já eram quase 4 horas. Ficaríamos até as sete vendo filmes. Depois iríamos jantar e Alice ia fazer a tarefa de casa. E por último dormir.

Nos sentamos na salona de TV e começamos a assistir alguns filmes. Alice ria muito. E eu também. Naquela hora eu só conseguia pensar no meu namorado. Eu não sabia o que falaria quando ele chegasse. Eu conversava com ele às vezes, por skype ou mensagem. Mas seria difícil falar com ele de verdade. Espero que ele esteja ancioso pra me ver. Ele não sabe o quê esperar.

Deram 7 horas.

-Estou com fome.-Alice disse.

-Tudo bem. Vamos jantar hambúrgeres hoje.-falei.

-Obaaa!

Eu ri. Fomos para a cozinha. Fiz hambúrgeres e tomamos refrigerante.

-Eu quero jantar isso todo dia! Só comida gostosa.-ela falou.

-Mas isso engorda e só pode comer algumas vezes.-respondi.

-Mas é muito bom!

-É.

-Eu preciso fazer lição.

-Precisa. Então vai tomar banho, escovar os dentes e coloca pijama. Aí você faz a tarefa. Entendeu?

-Sim.

-Então vai lá.

Ela saiu correndo pela casa e foi tomar banho. Eu aproveitei e fui para o meu quarto arrumar as coisas para amanhã. Escondi as camisinhas e a lingerie.

Logo depois Alice chegou.

-Eu já me arrumei. Só falta fazer a lição!-ela falou.

-Tudo bem. Vai fazer a lição.-respondi.

-Já vou!

Ela foi embora e voltou meia hora depois.

-Já acabei. Posso brincar?-ela perguntou.

-Pode.-respondi.

Ela foi brincar quando fui ver, ela já tinha ido dormir. Eu tomei um banho relaxante e fui dormir.

Acordei no dia seguinte bem anciosa. Alice acordou depois e veio tomar café da manhã. Logo Trish veio buscá-la. Assim que elas foram embora, fui para o meu quarto.

Peguei as camisinhas e a lingerie. Coloquei a lingerie e tirei uma foto sensual com o celular. Mandei para o Zayn e escrevi: "excitado?"

Ele devia estar no carro indo para o aeroporto. Ele viu a mensagem. Respondeu: "Com certeza."

Ele deve ter tirado print da imagem. Mas ele é meu namorado. Então tudo bem.

Fiquei em casa fazendo nada o dia inteiro. Até que estava chegando a hora. Eram sete, ele chegaria as nove.

Fui até meu quarto e coloquei a lingerie. Junto com um roupão fino e curto. Estava só esperando. Até que ouvi a porta se abrir. Saí correndo até o andar da porta de entrada e vi Zayn abrindo a porta.

Ele veio até mim e eu fui até ele. Dei um abraço sem falar nada.

-Senti saudades.-ele falou.

-Senti mais ainda.-respondi.

Não o soltei e comecei a beijá-lo. Não deixei ele falar nada. Comecei a levá-lo para o quarto.

Chegamos lá ainda nos beijando e tirei meu roupão. Ele parou de me beijar e tirou a camisa. Deitamos na cama. Tirei a calça dele. Ele já estava sem sapatos.

Ficamos só de roupas íntimas. Ele parou de me beijar. E começou a passar a mão pelo meu corpo.

-Gosta disso?Gosta?-ele perguntava, me provocando.

Voltei a beijá-lo. Ele arrancou minha calçinha e eu tirei a cueca dele.

Ele penetrou rápidamente e bem forte. Gemi. Eu segurava nas costas dele. Depois eu deitei ele na cama e sentei. Fiz a "cavalgada".

-Ah, amor... Senti saudades disso.-falei, com dificuldade.

Ele me colocou de pernas abertas na cama e penetrou de novo, mas devagar. Ele tirou meu sutiã e apalpou meus seios. Depois deu beijos por todo o meu corpo, desde o pescoço até minha intimidade. Ele passou as mãos nas minhas costas e começou a fazer movimentos mais rápidos. Doía, mas se ele estivesse gostando, eu deixava...

Ele começou a diminuir a rapidez dos movimentos e chupei ele. Ele estava tentando conter gemidos, mas não conseguiu. Logo voltamos a nos beijar e caímos na cama.

Logo ele me penetrou de novo. Rápido. Eu gemi. Ele diminuiu a rapidez dos movimentos e percebi que estávamos chegando ao ápice.

Quando finalmente chegamos ao ápice, deitamos na cama cansados, suados e bufando.

-Eu senti saudades de fazer isso. Estava doido pra chegar aqui e transar com você.- ele falou.

-Eu também estava doida pra isso.-respondi.

-Quero fazer mais coisas essa noite.

-Vamos fazer.

-Eu quero tomar banho.

-Eu também.

-Vai você primeiro.

-Não, Amor. Você precisa mais.

-Estou fedendo?!

-Não, mas você precisa de um banho calmo e relaxante, Amor. Pode ir.

-Obrigado, Mel.

Ele me deu um selinho e foi tomar banho.

Coloquei meu roupão de novo. Separei uma camisola bem colada e sexy.

Dei uma arrumada na cama e fiquei esperando Zayn acabar.

Quando finalmente acabou, fui tomar meu banho. Tirei o roupão e entrei no chuveiro. Não demorei, mas quando voltei, Zayn estava quase dormindo na cama.

-Amor, você preparou tudo isso pra mim?-ele perguntou.

-Sim, especialmente pra você.-falei.

Ele me deu um selinho.

-O quê você quer fazer agora?-perguntei.

-Quero dormir.-respondeu.

-Então vamos dormir.

Nos deitamos juntos e nos cobrimos.

-Como foi a turnê?-perguntei.

-Foi legal. Me diverti bastante!-respondeu.

-Eu senti muito a sua falta.

-Eu ia dormir pensando em você todas as noites depois dos shows.

-Awnnnn. Que fofo.

Ele riu e me abraçou.

-Eu te amo.- ele falou.

-Eu te amo mais.-respondi.

-Quero fazer isso mais vezes.

-Nós vamos fazer isso mais vezes.

-Eu vou adorar.

-Está com fome? Ou sede? Ou está se sentindo bem?

-Estou bem, não se preocupe.

Ele me beijou.

-Amor, você ficou com alguém enquanto estive fora?-ele perguntou.

-Não. Não consegui. E você?- perguntei.

-Não. Eu te amo.

-Eu também te amo. Agora, dorme. Você precisa.

-Boa noite.

-Boa noite.

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...