Crazy Love

Mel é uma menina de 17 anos e é filha da empregada da mansão da família Malik. Mora sozinha em uma casinha pequena, mas arrumada, no fundo do terreno gigante da casa dos Malik. Estuda numa escola pública da Inglaterra e sua vida vai mudar...

3Likes
0Comentários
2405Views
AA

2. A chegada de Alice

Acordei no dia seguinte às 10 horas. Zayn ainda estava dormindo, mas acordou logo depois de mim.

-Bom dia.-ele disse, sorridente e sonolento.

-Bom dia, amor.-respondi, sorrindo.

-Você vai fazer café da manhã pra mim?

-Se você quiser...

-Eu quero!

-Então eu faço. O quê vai querer?

-Que tal pão e café?

-Ok então.

Abri a porta do quarto e fui andando até a cozinha. Quando cheguei lá, fui fazer o café da manhã, quando alguma coisa me cutucou.

Me virei rápidamente, e tinha uma menininha ao meu lado. Tomei um susto!

-Oi.-ela falou.

-Nossa, que susto! Mas oi.-respondi.

-Você vem sempre aqui?

-Tenho perguntas pra você: quem é você?por quê está aqui?como chegou?desde quando está aqui?

-Eu sou Alice, me mandaram vir pra cá, meu tio adotivo me trouxe aqui e estou aqui desde óntem à noite.

-Ai Meu Deus. Sei quem é você. Zayn falou de você.Falou que você viria.

-Sim. E outra coisa, quem é você? Responda minhas perguntas!

-Eu sou a Mel e venho sempre aqui.

-Mas o quê você faz aqui? Óntem eu vi vocês fazendo sexo.

Fiquei muito surpresa dela saber de tudo isso.

-Ah...-falei, espantada.

-Eu sei o quê é sexo e como se faz. Sei de muitas coisas. Mas eu tenho uma pergunta: se quando o homem coloca o pênis na vagina da mulher temos um bebê, o quê teremos quando o homem coloca o pênis na boca da mulher?Um cachorro?Adoro cachorros!

Fiquei surpresa dela saber disso também.

-Como você sabe...-eu perguntei.

-Eu sei. Eu quero ser médica.

-Hum, entendi.

-Mas voltando: o quê você estava fazendo com o meu namorado?- ela perguntou, fazendo cara de brava.

Eu ri.

-Não é engraçado. Ele disse pra mim que seria meu namorado quando eu crescesse. E eu cresci dois centímetros!-ela falou.

-Ei, tudo bem. Você vai ficar aqui por um bom tempo. Você pode me conhecer. Eu sou a Mel, namorada oficial do Zayn, tenho três anos a menos que ele e namoramos há três dias.Quer saber mais alguma coisa?

-Talvez. Você mora onde?

-Aqui do lado.

-Você sabe cozinhar?

-Com certeza. Agora era pra eu estar fazendo café da manhã para o Zayn.

-Hum.Sei. E esse seu cabelo é natural?

-Por enquanto sim.

-Você é bonita. E atraente.

-Obrigada. E você, me fala sobre você.

-Primeiro eu vou me sentar e você pode fazer café da manhã pra mim também?

-Claro.

Ela se sentou na mesa enquanto eu fazia café da manhã. Eu percebi que estava sem calças, mas nem liguei.

-Eu me chamo Alice Smith, morava em Bradford, tenho 6 anos, tenho uma boneca, muitas roupas, vou morar aqui e quero ser sua amiga. Espero que se lembre como se brinca de boneca.

-Awn, que fofa. Eu sou a Mel Parker, moro aqui ao lado, tenho 17 anos,um celular, um cachorro e eu aceito ser sua amiga. E não lembro direito como se brinca de boneca.

-Eu posso te ensinar!E você tem um cachorro?Que legal! Posso brincar com ele?

-Pode. É uma menina, o nome é Canela. Ela é pequenininha, como você.

-Mas eu sou grande!

-Claro, claro que é.

-E onde está o Zayn?

-Dormindo, no quarto.

-Ele dorme muito?

-Sim.

-Isso é bom pra saúde.

-Ah, então ele é muito saudável.

-Você pode chamar ele? Estou com saudades do meu namorado.

Eu ri.

-Zayn!Se veste e vem cá!Tenho uma surpresa pra você!- chamei.

-Ai, eu sonhei com você, sabia?Você estava...-ele respondeu.

-Não fale disso, amor. Não agora.

-Ok.

-Se esconde, Alice!-sussurei.

Ela correu para debaixo do balcão.

Logo Zayn apareceu, mas só de cueca.

-Eu falei pra se trocar.-eu disse, sorrindo.

-Pra mim isso é se trocar. E qual é a surpresa?

-Alice!-chamei.

-Oiiiii!-ela saiu debaixo do balcão e deu um abraço nele.Ele a pegou no colo e deu um beijo na bochecha dela.-Tenho duas coisas pra te falar: um, nosso namoro acabou e dois, tem que fazer a barba.

-Ei!Acabou de me ver e termina nosso namoro?-ele perguntou, fazendo cosquinhas nela e rindo. Era um momento muito feliz.

Ele não a soltou do colo. Zayn é muito forte, consegue até me carregar. Ela então, deve ser levíssima.

-Já conhece a Mel?-ele perguntou.

-Já. E acho que ela é uma boa influência pra você!

Todos rimos. Eu estava sorrindo o tempo todo.

-Então, Mel, você vai fazer café da manhã pra gente ou não?-Zayn perguntou.

-Claro que sim.-respondi.

Eles dois se sentaram na mesa e começaram a conversar.

-Eu fiquei com saudades de você. E fiquei feliz quando soube que você vinha morar aqui.- Zayn falou.

-Eu também. Adorei a parte de me mudar pra cá.-ela respondeu.- Eu detesto meus pais!Eles nem são meus pais de verdade. São adotivos! E eu nem estou afim de saber quem são os biológicos! Quero viver com vocês!

-Fica tranquila. Te amaremos como se fossemos seus pais.-Zayn disse.

-Vocês não podem me adotar?Eu quero ser oficialmente da família!-Alice falava.

-Alice, nós não somos casados, e vamos demorar um pouco pra fazer isso. -falei.

-Mel falou certo.-Zayn disse.- Não se preocupe, a Mel e eu vamos cuidar de você.

-Isso mesmo.-completei.-Mas o quê vocês vão querer fazer hoje?

-Eu vou querer brincar!De tudo o possível.-Alice pediu.

-E eu vou à um ensaio. Da banda.-Zayn falou.

Meu celular tocou.Larguei tudo para ir pegar e atender.

-Oi, quem é?-perguntei.

-Mellanie, é você?-perguntou.Pela voz, percebi que era o John.

-Oi, sou eu sim.

-Aqui é o John.Estou ligando pra falar que você tem um ensaio pra uma revista de moda. Nada de sensualidade. Seu amigo vai ficar feliz em saber, porque anteontem ele fechou a cara quando soube...

-Estamos namorando.

-Hum.Mas você vem ou não?

-Vou, claro.

-Ah, e esqueci de te avisar, você ganhou 1500 reais pela outra sessão. Nessa, você ganha 2000.

-Ui, gostei dessa parte.

-Certo. O pagamento já está na sua conta.

-Ótimo.

-Vai ser no mesmo lugar que a primeira ok?

-Certamente.

-Tchau, querida, até hoje às 16 horas!

-Até.

Desliguei o telefone.

-Quem era, e o quê aconteceu?-Zayn perguntou.

Fui voltando para a cozinha.

-Tenho uma sessão de fotos às quatro horas.Hoje.-falei.

-Ai não.É com aquele John?-perguntou.

-Infelizmente.-respondi.

-Quem é John?-Alice perguntou.

-É o produtor da Mel.

-Mel é cantora?

-Não, ela é modelo.

-Que legal!

Terminei de fazer o café e levei para a mesa. Alice comeu bastante, porque não comia desde óntem. Quando terminamos, falei:

-Zayn, eu vou pra casa me arrumar, e já volto.

-Amor, volta logo e me ajuda a arrumar o quarto de hóspedes para a Alice.-ele respondeu.

-Podemos comprar móveis pela internet.-falei.

-Tá.

-Já vou.-falei isso e dei um abraço nele.

-Podem se beijar, eu já sei sobre isso.-Alice falou.

Dei um selinho nele, o soltei, e fui embora.

Cheguei em casa, tomei um banho, e coloquei um shorts jeans e uma blusa, com agasalho, por causa do frio. Me arrumei direitinho, e voltei pra casa do Zayn.

Cheguei lá e eles estavam vendo móveis em um site incrivelmente barato.

-Oi, Mel. Estamos vendo móveis pro quarto da Alice.- Zayn disse.

-É. Eu quero pintar as paredes de rosa!Rosa claro.-ela falou.

-Hm, e o quê acharam, até agora?-perguntei.

-Achamos uma poltrona de cachorrinho e uma mesa para estudar e desenhar.- Alice falou e mostrou.

-Isso.O preço é bom.-Zayn falou.

-Certo. Amor, que horas é o ensaio da banda?-perguntei.

-Daqui a pouco.- falou.

-Então vai se arrumar. É sério, amor, você tem que se arrumar e ir pra voltar mais cedo.-falei.

-Já vou.Mas você vai fcar com a Alice ou vocês vão para algum lugar?-Zayn perguntou.

-Não sei. Depende dela.Alice, você quer que eu te leve para algum lugar?Parquinho, shopping, sei lá?-falei.

-Não vou muito ao shopping.E não tenho muitas coisas.-falou.

-Vou te levar ao shopping e vamos fazer umas comprinhas pra você!-falei.

-Obrigada!- falou.

-Bom, Zayn, vai para o ensaio, eu fico com a Alice, e quando eu for, você fica.Ok?-perguntei.

-Ok. -ele respondeu e foi até o quarto.

-Alice, você vai se trocar?-perguntei.

-Eu poderia colocar um vestido e uma sapatilha?-ela perguntou.

-Pode.

-Posso levar a Milly?

-Quem?

-Minha boneca.

-Ah, pode sim.

-E posso levar minha bolsa?

-Que chique, já tem bolsa. Pode sim, mas o quê você vai levar nela?

-Minha carteira, que tem uns 20 £.

-Certo, pode sim. Se arruma e vai pra minha casa.

-Ok.

Eu saí e fui pra casa. Coloquei um vestido e um salto alto.Passei uma maquiagem leve e arrumei uma bolsa com meu celular, carteira e um gloss.

Voltei para a casa de Zayn e encontrei Alice toda arrumadinha. Ao lado de Zayn, que estava lindo, como sempre.

-Vamos?- Zayn perguntou.

-Claro.- respondi.

Alice me deu a mão e saímos da casa. Dei um celinho em Zayn. Nos despedimos.

Ela entrou no meu carro e esperamos Zayn sair. Logo atrás, eu saí.

-Eu gostei de você.-ela falou.- É uma boa influência para o meu ex-namorado.

Eu ri.

-Obrigada.-respondi.

-Você trabalha mesmo sendo modelo?

-Sim. Hoje mesmo eu vou trabalhar.

-Você tem cara de modelo.

-Obrigada.

-O Zayn começou a namorar com você?

-Olha, isso é meio difícil de entender, na sua idade. Mas vou tentar explicar. Quando duas pessoas se conhecem, elas vão se aproximando, e se elas percebem que estão sentindo mais do quê uma amizade, elas começam a se gostar. Aí elas namoram.

-E por quê as pessoas fazem sexo?

-Isso não é muito pra sua idade.

-Eu sei, mas eu quero saber.

-Mas as crianças da sua idade não conversam sobre isso.

-Eu juro que não conto pra ninguém!

-Ah, ta bom. Se você quer tanto que eu te fale... Quando as pessoas se amam muito, demais da conta, elas tem tanta intimidade, que acabam se mostrando em estado natural.

-Então você e o Zayn se amam tanto que fizeram isso?

-Isso.

-Então você ama ele demias.

-Exatamente.

-E quando você dá um beijo nele?

-É uma forma de demonstrar amor.

-Então pra provar que eu amo vocês dois eu beijo vocês na boca?

-Não. Crianças beijam na bochecha. Adultos na boca.

-Ah, entedi. Eu amo vocês, então beijo vocês na bochecha.

-Isso.

-E porque ele gosta de te abraçar?

-É outra forma de demonstrar amor.

-Então você ama mesmo ele.

-Amo.

-E ele te ama.

-Ama.

-E eu amo vocês!

-Nós também te amamo. O quê você vai querer comprar?

-Podemos ir na loja de brinquedos?

-Claro. Mas vamos comprar roupas também.

-Obrigada mesmo!Eu não tenho muitas coisas. Tipo, algumas roupas, um livro de histórias, uma boneca e uns sapatos.

-Nossa. Tudo bem.

Ficamos um pouco quietas e logo chegamos. Ela ficou fascinada com o shopping. Fomos primeiro à uma loja de roupas e compramos bastante.

-Ai, obrigada Mel!Por gastar dinheiro comigo!-ela falava.

-De nada, Alice.-eu respondia.

Na loja de brinquedos, ela ficou louca. Comprou um ursinho, e roupas para a boneca e para o ursinho.

Sentamos em um banco para ela descansar.

-Então é assim que se vem no shopping?-ela perguntou.

-É.-respondi.

-Então também deve ser assim que se diverte.

-Mas claro.

-Eu nunca me diverti muito.

-Não?

-Não. Minhas diversões eram minha boneca e meu livro.

-Tive uma ideia.Que tal irmos numa livraria?

-Acho legal.

-Se você quiser algum livro, podemos levar.

-Podemos?

-Claro.

Ela me agradeceu muitas vezes, me deu um abraço e um beijo.

-Tudo bem, Alice. Com a gente, você vai ver o quê é diversão!-falei.

Ela sorriu.

-Vamos?-perguntei.

-Vamos!-ela disse, empolgada.

Ela foi saltitando na minha frente, enquanto Eu falava as direções. Percebi que o cabelo dela estava comprido demais, e também mal cortado.

Quando chegamos, ela ficou fascinada. Me perguntou sobre alguns livros, e escolheu uns 5, todos de crianças. Sobre contos de fadas. Claro, é uma criança. Comprei todos.Quando saímos da loja, ela me agradeceu, me deu um abraço e um beijo.

-Eu acabei de demonstrar amor por você de duas formas.-ela falou.

-Exatamente.- respondi.

-Eu aprendi!

-Falando em aprender, você não devia ir para a escola?

-Eu não vou estudar em casa?

-Não. De jeito nenhum.

-Eu vou para a escola!

-Vai. E vamos ajudar você com tudo.

-Estou muito animada! Animada para ler meus livros novos, brincar com meu ursinho, usar minhas roupas!Tudo!

-Tudo bem.

Chegamos ao carro e fomos embora. Coloquei o meu CD da Katy Perry, porque Alice disse que gostava.

-Eu adoro a Katy Perry!Eu nunca vi um show dela, mas gosto das músicas e dos doces!-ela falava.

Eu ria. Chegamos em casa e Zayn já estava lá. Abri a porta e Alice saiu correndo e abraçou Zayn. Deu muitos beijos em seu rosto. Eu sorri. Ela colocou algumas das sacolas no sofá.

Ela começou a mostrar as coisas que comprou para Zayn.

-Eu comprei cinco livros!-ela falou.

-Quantos livros!-ele respondeu.

-E também muitas roupas!

-Uau!

-E um ursinho de pelúcia!

-Ele é pequeno, como você.

-Mas eu sou grande!

-Sim, claro. E você, Mel?Nada?

-Nada.Só fui acompanhar Alice.-respondi.-Mas fico feliz só de ver que Alice está feliz.

-Hoje à tarde nós três vamos brincar!-ela disse.

Eu e Zayn sorrimos. Ele se levantou do sofá e foi dar um selinho em mim. Retribui com um abraço.

Alice ficou lá olhando, sorrindo.Ele deu outro selinho. Nós soltamos e voltamos a ver os móveis.

-Como foi o ensaio?-perguntei.

-Foi tudo bem.-Zayn respondeu.

Ouvimos a barriga de Alice roncar.

-Estou com fome!-ela falou.

-Tive uma ideia. E se fizermos um pique-nique atrás de casa e almoçarmos nele?-perguntei.

-Adorei a ideia.-Zayn falou.

-Eu também!-Alice respondeu.

-Podemos pedir pizza pelo delivery.-Zayn sugeriu.

-Adorei.-falei.

-De quê vocês gostam a pizza?-Zayn perguntou.

-Queijo.-respondemos os três ao mesmo tempo.

-Então vai ser uma inteira de queijo.- Zayn falou.

Pegou o telefone e pediu uma pizza inteira de queijo. Assim que desligou o telefone, falei:

-Vou pegar algumas coisas em casa.

-Posso ir também?-Alice perguntou.

-Pode, claro.

Ela me deu a mão e fomos até minha casa. Ela adorou. Brincou com Canela e viu meu quarto. Peguei uma toalha, pratos e copos. Peguei também uma jarra de suco.

Alice perguntou se podíamos levar a Canela, e eu respondi que sim. Peguei as coisas e levei para a casa de Zayn. Arrumamos as coisas nos fundos da casa e esperamos a pizza chegar.

Quando acabamos de comer, vi que era hora de me arrumar para o ensaio.

-Amores, está na hora do meu ensaio. Tenho que ir me arrumar e sair.-falei.

Todos ficaram chateados, mas eu consegui ir pra casa, coloquei uma calça jeans e uma blusa. Voltei pra me despedir. Dei um celinho no Zayn. E ele me abraçou, com outro celinho. Alice me deu um abraço e um beijo e pulou no colo de Zayn. Deu beijos em Zayn também. Fui embora.

Chegando no lugar da sessão, Melissa, minha maquiadora, veio falar comigo.

-Mel?Oi, lembra de mim?-ela perguntou.

-Claro!-respondi.

-Vamos lá?

-Vamos.

-A sessão de hoje é de uma marca chamada Denim.

-Certo.

-Você vai usar uma blusa sexy e um jeans apertado.

-Ah, meu namorado não vai gostar.

Ela riu.

-Tudo bem, mas tudo certo com você?-perguntou.

-Sim.-respondi.

-Vamos.

Eu a segui até meu camarim. Cheguei lá e me troquei. Passaram maquiagem em mim e arrumaram meu cabelo.

Quando pronta, fui caminhando rodeada de pessoas. Chegando no lugar da câmera, o fotógrafo começou a falar como eu devia ficar. Eu assenti e segui as instruções.

A blusa realçava muito meus seios. Então as fotos ficaram um pouco sensuais. Zayn não ia gostar. Foram umas 20 fotos. Me disseram que eu ganharia a roupa também. Como sempre.

Me fizeram voltar ao camarim.

-Como foi?-Melissa perguntou.

-Tudo bem. Como sempre.-respondi.

Ela era muito simpática. Eu gostei dela.

-Quando formos fazer sessões em outros ligares, eu vou com você.-falou.

-Seria ótimo! Gosto das suas maquiagens. São rápidas, bonitas...-respondi.

-Jura?Obrigada!

Eu sorri, comecei a tirar a maquiagem, mas como sempre, eu deixo o cabelo. Estava legal, do jeito enrolado com baby-liss.

Me troquei, com a roupa de antes e voltando pra casa, percebi que a primeira sessão já havia virado propaganda e muitas pessoas já me pediram autógrafos e tiraram fotos comigo. Também vieram mensagens no twitter. Eu havia ficado famosa. Mas pouco.

Como eu disse, minha propaganda estava em todos os lugares. Fiquei muito feliz com isso.

Dirigi até minha casa e me sentei no sofá, sozinha. Logo Zayn e Alice entraram em casa.

-E aí amor?Como foi a sessão?-Zayn perguntou.

-Foi tudo bem, sabe como é...- respondi.

-Seu cabelo está bonito.-Alice falou.

-Obrigada. O seu também.-respondi.

-Temos que ter uma conversa em família.-Zayn falou.

Encarei o "família" como elogio.

Eu e Alice nos sentamos no sofá enquanto Zaynficava em pé explicando.

-Amores da minha vida, temos que decidir coisas a respeito de Alice. Primeiro: escola. Segundo:quarto. Terceiro: regras. Quarto: aparência.- ele falou. Zayn era organizado. Eu também.

-Eu acho que devíamos seguir na ordem.- falei.

-Ok.-Alice respondeu.

-Escola. Alice vai estudar em uma escola aqui perto. Vamos contratar alguém pra te levar e te buscar, certo?-Zayn falou.

-Certo, mas qual escola? Kids Garden?- perguntei.

-Pode ser. É perto daqui. Dan, nosso motorista pode levar ela.- Zayn respondeu.

-Certo. Vou fazer a matrícula on-line. Vou pegar o computador, e a gente faz agora, ok?-falei.

-Tá.-Zayn respondeu.

Alice só ficava olhando. Estava entendendo. Fui pegar o computador. Quando voltei, sentei entre os dois e abri no site da escola.

Começamos a olhar o espaço, o preço, as técnicas de ensino, e até que achamos legal.

-Alice, você vai estudar nessa escola-Zayn falou- O quê acha?

-Acho legal. Eu vou me divertir lá.-ela respondeu.

Então fizemos a matrícula. Confirmamos a presença dela na semana que vem.

-Pronto. Priemira coisa resolvida.-Zayn disse.-Segunda coisa: quarto.

-Bom, vamos comprar móveis pela internet.-falei.

-Vamos. Abre o site aí.-Zayn falou.

Abri o site de móveis e abri a sessão para crianças. Encontramos tudo : uma mesa com uma cadeira, uma cama, uma poltrona e uma televisãozinha rosa, que vinha com um console, também rosa. Compramos tudo por um preço bom.

-Segunda coisa: resolvida.-Zayn falou.-Terceira coisa : regras.

-Isso a gente vai ter que anotar em um papel. Zazz, pega um papel ali na mesa?Por favor?-pedi.

Zayn pegou um papel e uma caneta.

-Vamos ter que decidir a hora de acordar e a hora de dormir.Como Alice vai estudar de manhã, vai ter que acordar umas seis horas. Já que a aula começa as sete. De acordo?-Zayn falou.

-Sim.-nós duas falamos ao mesmo tempo.

-Hora de dormir. Como ela tem que acordar cedo e dormir no mínimo doze horas, tem que ir dormir umas 9:30. Certo?-falei.

-Certo. Hora de almoçar. Pode ser ao meio dia e meio?Já que as aulas acabam as onze e meia.-Zayn falou.-De acordo?

-Sim, mas eu vou ter a uma hora livre pra fazer tarefa e à tarde brincar!-Alice perguntou.

-Exatamente.- respondi.

-Hora do jantar. Sete e meia? - Zayn sugeriu.

-Comigo tudo bem. -falei. Alice assentiu.

-Certo.Quarta coisa: aparecência.- Zayn falou.

-Eu acho que Alice devia cortar o cabelo.-falei.

-Eu também.-Zayn respondeu.

-E eu também.-Alice assentiu.

-Melissa pode cortar o cabelo dela.-falei.

-Quem?-Zayn falou.

-A minha maquiadora e cabelereira.-respondi.

Zayn concordou.

-Mas quanto ela vai cortar?-Zayn perguntou.

-Estilo chanel, pode ser.-falei.

-O quê é estilo chanel?-Alice perguntou.

-É o típico cabelo curto.-respondi.

-Por mim tudo bem.-Alice falou.

-Certo.-Zayn disse.

-Fim. E agora, o quê vamos fazer?-falei.

-Eu quero brincar!-exclamou Alice.

Ela pegou a boneca e o ursinho e trouxe pra gente.

-Eu vou criar uma história e mecher os bonecos.-ela falou.

Nos sentamos e ficamos olhando ela brincar. Zayn colocou a mão na minha perna, mas achei que Alice não ia perceber, então, deixei.

-O Senhor Pompom - o urso - ama tanto a Betty-a boneca-, que deu um beijo nela. Eles foram ao cinema. Foram ver um filme romântico. Eles se beijaram no cinema. Por mais que eles sejam muito diferentes, eles se amam. Se amam demais. Chegando em casa, eles foram assistir outro filme. E ele gostava tanto tanto dela que colocou a mão na perna dela.- quando ouvimos isso, nos entreolhamos e Zayn tirou a mão da minha perna. Tudo bem rápido.-Eles estavam tão apaixonados que resolveram fazer sexo...- ela falou isso e Zayn interrompeu.

-Não, não, não. Sem isso. Eles são apaixonados, mas não a esse ponto, Alice.-Zayn interrompeu e separou os bonequinhos.

-Mas eles se amam!-Alice protestou.

-Eles se amam, mas não vão fazer sexo.-falei.

-Isso. Nada de sexo em brincadeiras. Entendeu?- Zayn mandou.

-Sim.-Alice falou.-Então, eles resolveram sair pra jantar. Eles foram em um restaurante super caro e bonito. O Senhor Pompom pagou. E fim!

Todos sorrimos.

-É quase hora do jantar.-falei.

-Mas a gente vai jantar o quê?- Alice perguntou.

-Não sei, Alice. Querem comer o que sobrou da pizza do almoço?-Zayn disse.

-Por mim ok.-falei.

-Então tá. Alice?-Zayn perguntou.

-Pode ser.-Alice respondeu.

Arrumei uma mesa e jantamos as pizzas do almoço. Depois, voltei pra casa e fiquei lá sem fazer nada.

Quando deu nove horas, da noite, Alice enfiou uma carta por debaixo da porta. Abri.

"Querida Mel,

Estou escrevendo essa carta pra você porque eu tenho umas coisas pra te falar. Eu acho sinceramente que isso não vai dar certo. Eu sinto que estou atrapalhando vocês. Vocês são jovens adultos, só querem se divertir. Sem uma menina de 6 anos pra atrapalhar vocês. Me avise se eu estiver atrapalhando. Estou falando sério. Nem precisa falar dessa carta para o Zayn. Pode ser um segredo nosso. E lembre-se de me avisar! E tem outra coisa. Esquecemos de comprar materiais escolares.

XOXO

Alice"

Quando li isso dei uma risadinha. Como essa menina tem noção das coisas mesmo sendo tão pequena? Estou impressionada. Ela não atrapalha a gente. Eu até gosto dela. É inteligente. E tem razão. Temos que comprar materiais escolares. É pouca coisa. Um estojo, lápis de cor, lápis grafite, borracha e apontador .Um livro de exercícios de todas as matérias juntas e uma mochila. Eu também ia comprar uma lancheira, é claro.

Tomei banho, coloquei um pijama e fiquei vendo TV. Coloquei minha cadela pra dormir e tomei um leite. Prendi o cabelo em um rabo de cavalo e mandei uma mensagem de boa noite pro Zayn. Ele respondeu que estava vindo com Alice. Fiquei feliz.

Os dois entraram em casa logo depois. Zayn me deu um abraço, e logo Alice deu também. Estávamos todos de pijama. Desliguei a TV. Zayn me abraçou de novo e me deu um selinho. Eu acho muito fofo.

-E aí, Amor?-falei.

-Tudo bem. Viemos falar boa noite.- Zayn respondeu.

-Já fez a cama da Alice?-perguntei.

-Já.E ela já arrumou as coisas dela.

-Onde ela vai dormir, amor?

-No sofazinho do meu quarto.

-É meio pequeno. Serviu?

-Sim. Serviu.

-Alice gostou?

-Sim.

-Tem cobertores o suficiente?Está meio frio lá fora.

-Sim. Tá tudo certo. Não se preocupe, Mel.

Sorri.

-O quê vocês estavam fazendo?-pergutei.

-Alice estava arrumando as coisas dela e eu ajudando.-Zayn respondeu.

-Zazz, vocês já arrumaram um lugar provisório pra Alice?

-Já, Amor.

-Ai, que bom. Fiquei aliviada. Achei que quem ia ter que arrumar tudo seria eu.

-Hahaha não...-Zayn riu.

Alice estava ao nosso lado só olhando e sorrindo.

-Alice, está tudo bem com você?-Zayn perguntou.

-Estou ótima! Melhor ainda com vocês!-ela respondeu.

Nós sorrimos. Alice bocejou.

-Acho que está na hora de irmos.-Zayn disse.

-Tudo bem. Amanhã vejo vocês! Boa noite.

-Boa noite!-os dois falaram juntos.

Alice me deu um abraço e um beijo, e Zayn me abraçou forte e me deu um selinho.

Assim que eles saíram, fui arrumar as coisas pra dormir. Caí no sono rápidamente.

Acordei na manhã seguinte às 7:00. Me arrumei e tomei café da manhã.

Estava bem frio lá fora. Meu celular tocou.

-Alô, Mellanie?-falou a pessoa.

-Sou eu?-respondi.

-Aqui é o John.

-Ah, oi John.

-Então, querida, você tem uma sessão daqui à duas horas. Essa vai ser longa, porque precisamos de fotos e um vídeo. Certo?

-Certo.

-A sessão é pra uma marca de lingerie.

-Tudo bem.

-E você já viu que seu rostinho está em muitos lugares?

-Já.

-Querida, você ficou famosa.Já pediram alguma foto, ou autógrafo?

-Já.Os dois. E já tem algumas mensagens no twitter.

-Hum, legal. E o quê achou?

-Eu adorei. Eu estou gostando de ser famosa.

-Daqui a pouco vai ser rica e famosa!

-Uh, gostei!

Nós rimos e depois desligamos.

Fui até a casa de Zayn e encontrei os dois tomando café e Alice estava lendo um dos livros novos. Zayn estava mechendo no celular.

-Meu Deus. Vocês são sociais.-ironizei.

-Estamos tomando café juntos e cada um está fazendo sua coisa!-Zayn falou.Nós rimos.

-E aí, dormiram bem?-perguntei.

-Super bem!Minha cama é muito confortável!Meu ursinho e minha boneca gostaram muito!-Alice falou.

-Eu dormi bem, como sempre.- Zayn respondeu.

-Ai, amor, tenho uma sessão hoje às nove. Tudo bem?-avisei.

-Claro. Não tem problema.Só se for de lingerie tem problema.-ele respondeu.

-E o pior é que é.- falei.

-Ah, deixa vai. Não posso te controlar. Pode ir. Mas você não precisa falar com outros homens enquanto estiver de lingerie, né?

-Não, querido, relaxe. Você sabe que eu não vou te trair. Eu amo você e sempre vou te amar.

Todos sorrimos. Alice estava ocupada lendo seu livro e comendo uma torrada.

-Enquanto eu estiver fora aproveita e compra os materiais da Alice?-perguntei.

-Ai, amor, isso é coisa de mulher. E se quando você voltar, vocês duas vão?

-Ah, ok então. Agora, lavar carros é coisa de homem, então você lava os carros de agora em diante.

-Tá.Sem problemas.Alice, você já foi falar com a minha mãe?

-Tia Trish!Eu nem fui ver ela!-Alice falou.

-Então faz uma mochilinha e vai lá pra casa grande. Nós te levamos.

-Amor!Vamos aproveitar e falar pros nossos pais do nosso namoro!

-Adorei a ideia.

-Tem um detalhe. São sete da manhã.

-Minha mãe acorda cedo.

-Tem certeza?

-Tenho, não fique preocupada.

-Se você diz...

Ele me puxou pra perto dele e me beijou.

-Ta tudo bem. Relaxa.-falou.

Alice saiu da cozinha e pegou uma mochila bem pequena. Ela disse que dentro tinha um livro e um agasalho. Ela estava levando a boneca na mão.

-Vamos?-Zayn perguntou.

Fomos até a porta e saímos. Começamos a caminhar.

-Como vamos dar a notícia?-perguntei.- Amor, estou com medo!E se os seus pais não gostarem de mim?

-Não se aflita.Eles vão adorar você.-Zayn respondeu.

Alice estava saltitando e cantando uma música da Katy Perry.

-E se sua mãe não gostar de mim?-Zayn disse.

-Ela vai gostar.-respondi.

-Vamos contar da primeira vez que...?

-Não sei. Se perguntarem, sim.

-Certo. Nada pode dar errado.

Sorri e dei um beijo em sua bochecha. Ele me deu a mão.

-Eu te amo e nada vai me impedir de ficar perto de você.-ele falou.

Eu dei um selinho nele.

Chegamos até a casa. Alice bateu na porta. Trish saiu.

-Alice!Zayn!Mel!O quê estão fazendo aqui?E por quê estão de mãos dadas!Ai meu Deus!Me falem tudo!-ela falou, sorrindo.

-Tia Trish, eu tenho muitas coisas pra te mostrar.- Alice falou.

-E nós temos coisas pra te falar, mamãe.-Zayn anunciou.

-Hum!Quero saber de tudo!-Trish falou.

Alice mostrou e contou muitas coisas pra Trish, enquanto eu e Zayn fomos contar pra minha mãe. Ela estava fazendo café. Primeiro fui falar com ela sozinha.

-Ah, oi querida.-ela falou.-Como está?

-Estou bem, mamãe.-respondi.-Tenho coisas pra te falar.

-Tudo bem, filha. Pode falar.

-Zayn.-chamei.

Ele veio e me deu a mão. Minha mãe estava confusa.

-Estamos namorando.- falei.

Ela começou a sorrir e a chorar de felicidade. Ela deu um abraço coletivo em nós dois.

-Ah!Parabéns filha! Ahhhh Meu Deus! Que ótimo! Estou tão feliz!-ela falava e chorava de felicidade.

Eu sorri e chorei de felicidade também.

-Ahhhh!Tricia já sabe?Vai ficar tão feliz!-ela disse.

-Ainda não. Mas vai saber.-Zayn falou.

Minha mãe ficou tão feliz!Fiquei feliz por isso também.

Agora chegou a hora de contar para a Tricia. Fomos até a sala ainda de mãos dadas.

-Zayn!Mel! Qual é a de vocês?-Tricia falou.

-Mãe...-Zayn falou.

-Ai meu Deus! É o quê estou pensando?

-Estamos namorando.

Trish gritou. Ela me abraçou e abraçou Zayn.

-Aiiiii Meu Deeeuuuussss!Estou tão feliz! Vai contar pro seu pai!Aaaaaaaaaahhhhhhhhh!-ela falava.

-Onde ele está?-Zayn perguntou.

-No escritório, cuidando da empresa. Vai com calma!-Trish respondeu.

Ele saiu da sala.

-E você, Mel?-Trish perguntou.

-Ah, estou bem feliz com isso. Eu amo seu filho.-respondi.

-Hm, e vocês estão juntos há quanto tempo?

-Há lindos 5 dias!

-Que legal!Eu tenho coisas pra te contar a respeito do Zayn.

-Hahaha, pode contar.

-Zayn gosta muito de sexo.

-Aham...

-Provavelmente já deve ter pedido pra transar com você.

-Já...

-E já transaram?

-Já...

-Quando?

-Um dia antes de começarmos a namorar.

-Meu Deus!

Eu ri.

-Já transaram quantas vezes?

-Ao total 4.

-Meu Deus do céu!Vocês tem que moderar isso!

-Estamos tentando.

-Ah, mas não podem ficar viciados!

-Não se preocupe.

-Ai, querida, Yasser vai ficar muito feliz. E já que estão namorando, vamos comprar uma casa pra vocês.Pra morarem juntos!

-Nossa, isso seria demais!

Zayn desceu com o pai.

-Então é essa linda menina?-Yasser disse, me dando um abraço e parabenizando a gente pelo namoro.

Logo voltei para os braços de Zayn.

-Temos que comprar uma casa pra eles, certo?-Yasser disse.

-Claro! Podemos ver alguma nesse condomínio.- Tricia falou. Era um condomínio de mansões.

Zayn só sorria e concordava. Ele estava com o braço em minha cintura. Eu adorava aquilo tudo. Não imagino minha vida de outro jeito.

Logo nos despedimos e Alice ficou, pra brincar com eles. Saímos e começamos a caminhar.

-Eles gostam de você.-Zayn disse.

-Minha mãe também gosta de você.-respondi.

-A gente ficou lá por uma hora.

-Sim. E temos mais uma hora livre.

-Agora mudando de assunto...Você já usou um vibrador?

-Não, amor.

-Mas você acha que seria melhor?

-Não sei. Talvez.

-Por quê você acha isso?

-Porque os vibradores não me deixariam toda lambusada, me obedeceriam, não me deixariam melecada de gozo, não me deixariam com dor, não ficariam me jogando pra todos os lugares e me deixariam limpa.

-Ai, ta bom então. Se você não gosta do jeito natural, tudo bem.

-Não, amor. Eu gosto.

-Então não reclame do meu jeito natural.

-Não reclamei!Foi você que perguntou.

Estávamos rindo muito à esse ponto da conversa.

Chegamos em casa logo. Zayn ficou comigo em casa. Nos deitamos no sofá. Ele me abraçou.

-Amor, você precisa se controlar a respeito de sexo.-falei.

-Eu me controlo!-ele respondeu.

-Eu também gosto, mas você tem que se controlar.

-Mas amor, eu não tenho culpa. É meu corpo.

-Ai, deixa pra lá...

Ele começou a me dar selinhos e beijos no rosto.

-Eu gosto do seu cheiro.-ele sussurou.

Eu apenas sorri e beijei ele.

-E eu gosto de você inteirinho.- falei.

Ele continuou me abraçando.

-Eu tenho uma sessão às nove horas, amor.-falei.

-Amor, vamos combinar umas coisas: não fale com outros homens, muito menos enquanto estiver com o figurino, não deixe darem mole pra você. É só isso.-ele respondeu.

-Calma, Zazz. Você sabe que eu não vou te trair e não vou ser descuidada.

-Eu fico preocupado.

-Então pare de se preocupar. Eu te amo, amor. Relaxe.

Então ele me beijou. Um beijo amoroso.

-Eu preciso de você. Perto de mim.- ele falou.

-Eu também. E vamos ficar mais perto ainda.-respondi.

-Quando comprarmos uma casa, vamos ficar muito.

-Com certeza.

-Eu te amo demais.

-Eu também te amo.

-Você é minha e eu sou seu.

Eu sorri e o beijei.

-Gosto dos seus beijos.-Zayn disse.

-Gosto dos seus abraços.-respondi.

-Gosto de você.

-Eu gosto mais.

-Não, eu gosto mais.

-Eu gosto infinitamente.

-Eu gosto mais que tudo que existe.

Começamos a rir e brincar. Ele só passava a mão nas minhas costas. Eu tenho que contar a ele umas coisas. Principalmente sobre o Harry.

Harry fica dando em cima de mim, me tocando, ficando perto de mim. E mais. Zayn vai ficar sabendo da noite em que tivemos o jantar.

-Zayn, querido, tenho que falar com você.-falei.

-Diga.-respondeu.

-O quê você faria se eu te dissesse que seu melhor amigo fica dando em cima de mim?

-Mandaria ele se fuder.

-Então. Harry fica dando em cima de mim e me tocando.

-Ai, Meu Deus aquele filho da mãe... Cara, eu acho o Harry muito legal, é meu amigo de coração, mas ele não pode dar em cima da minha namorada.

-E eu quero que ele pare. Na noite da pizza, ele sentou do meu lado e ficou colocando a mão na minha perna, e uma hora, por baixo do meu vestido!

-Ai, aquele imbecil, ele tem que parar com isso!

-Eu só deixo você fazer isso.

-Claro. Você é minha.

-E você é meu.

Damos um celinho.

-Mas é sério, não quero que o Harry fique me tocando, se oferecendo pra mim, dando em cima...-falei.

-Vou falar com ele.Juro.-Zayn respondeu.

Dei outro celinho. Eu amo o Zayn. Nos soltamos e voltamos a conversar.

-Amor, daqui a pouco é meu horário. Acho melhor eu ir me arrumar.- falei.

-Tudo bem... Eu vou ficar em casa com a Alice.- ele respondeu.

-Brinca com ela, ou lê uma história, faz alguma coisa educativa.

-Tá...Ta bom.

-Já vou.

Dei um beijo nele e fui embora.

Cheguei em casa e coloquei uma outra roupa. Calça jeans skinny com uma blusa e uma jaqueta. E é claro, uma botinha de salto.

Fui de carro até o prédio de John.

Chegando lá, fiz a maquiagem e o cabelo. A lingerie era bem sensual. Eu coloquei um roupão por cima e saí até o lugar da sessão.

Dessa vez, tinha uma cama. Me mandaram deitar nela de um jeito sensual. Eu segui as ordens. O fotógrafo tirou umas 30 fotos.

Eu fiz o vídeo só me mechendo na cama. Durou uns 30 segundos.

Saí de perto da câmera. E caminhei até meu camarim. Melissa estava lá comigo. Como sempre.

Me arrumei e fui caminhando até o elevador. Comecei a descer. Quando cheguei na recepção, encontrei John.

-Oi John.-falei.

-Oi querida! Como foi a sessão?-ele respondeu

-Ah, foi tudo bem.

-Percebeu que está famosa? E rica?

-Mais ou menos.

-É legal né?

-Sim.

-Tenho que ir. Adeus!

-Tchau!

Saí andando pela rua e tiraram fotos e pediram autógrafos pra mim. Fiquei feliz. Quando cheguei ao carro, tiraram mais fotos minhas e me perguntaram se eu ainda estava namorando o Zayn. Respondi que sim e pedi licença depois.

Dirigi até minha casa e encontrei Zayn sentado no sofá, sozinho.

-Tenho ótimas notícias, Mel.-ele falou.

-Que legal. Me conta!-respondi.

-Vou entrar em turnê por 6 meses!

-Ai Meu Deus! Que demais! Estou muito feliz! Vai ser incrível.

-E agora tenho uma notícia ruim. Não vou poder levar vocês.-ele falou.

Fiquei sem palavras. O quê eu poderia dizer? Gaguejei alguns "as", mas nada saiu de minha boca.

-Ah... Zayn, eu....-eu falava.

-Amor, eu sei que é horrível, mas acho que devíamos tentar.-ele respondeu.

-Namoro à distância não funciona, querido. Como vamos fazer?

-Ah, Mel, só se terminarmos por seis meses e depois voltamos.

Fiquei séria e triste. Ele também.

-Ai... Seis meses sem você vai ser difícil pra mim...-falei.

-Pra mim também vai.-ele respondeu.-Mas a gente com certeza vai voltar depois. E vamos combinar umas regras.

-Regras?

-É. Tipo, podemos ficar, mas não namorar.

-Amor, não vou aguentar ficar longe de você, muito menos ficar com outros.

-Pra mim também vai ser difícil, mas, Mel, é o melhor a fazer.

-Quando vocês saem na turnê?

-Daqui a uns 14 dias.

Não falei nada. Só o abracei e chorei. Eu não queria ficar longe dele por tanto tempo.

A única coisa que pude fazer foi viver o meu dia normalmente.

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...