Old Friends

"...E eu sei que sua opinião vai mudar,eu sei que bem lá no fundo já mudou e sabe porquê? Porque você o ama,você sempre amou..."-Jennifer Obs.: +13 por conter palavras de baixo calão Also available on WattPad/Também disponível no Wattpad:http://wattpad.com/83178794?utm_content=share_my_part&utm_source=ios&utm_medium=link P.S.:como a autora não tem a mínima criatividade para escrever músicas,algumas que serão usadas como autoria dos personagens NÃO são da minha autoria,são apenas músicas que combinam com o momento(ou não). ;)

14Likes
14Comentários
2501Views
AA

15. Brian

Hayley's P.O.V.

Brian me guiou até o carro,abriu minha porta e correu pro lado do motorista.

Entrou no carro,colocou o cinto,olhou pra mim e disse:

"Pra onde a ma'am gostaria de ir?"

"Hoje,somente hoje,a escolha é sua,plebeu"-e caímos na gargalhada

"É uma honra,alteza"- e deu partida no carro.

Esse foi o único momento de descontração que tivemos durante toda a 'viagem'.Chegamos à um restaurante italiano (o que eu amei,já que amo massa),estava meio vazio devido ao tempo congelante e úmido.

Entramos e escolhemos uma mesa bem escondida,afinal,merecíamos um momento sem flashes no rosto.

O garçom chegou anotando nossos pedidos e garantindo que eles chegariam rápido.Assim espero.O cheiro do café da manhã do Harry tinha despertado uma leoa faminta no meu estômago.

"Agora me conta...qual é o problema?"-eu comecei tomando um gole do meu suco recém chegado na mesa

"Ahn?"-Brian perguntou lutando pra tirar os olhos grudados na tela do celular.

"Ahn,nada! Pode ir largando esse celular e ir me falando o que está passando por essa sua cabeça oxigenada loira"-eu disse tentando arrancar o telefone de suas mãos.

"Para,Hayley!"-ele disse,escondendo o celular-"não tem nada passando pela minha cabeça e pra sua informação eu sou loiro natural,mas acho que isso você já devia saber"-ele falou ironicamente

"Ihhhhhh,Brian..Qual foi o bicho que te mordeu?Você tá tão estranho,desde a after party,e só continua piorando,poxa,se eu soubesse que você ia ficar assim comigo ,eu nem tinha vindo."-eu disse cruzando os braços e fazendo cara de zangada.

"Ô,princesa.Me desculpa,eu só Tô com uns problemas esse dias,mas não queria descontar em você."-ele disse tentando puxar minha mão para cima da mesa,em vão.

Eu continuei com os braços cruzados.

"É,sério não foi minha intenção...se você for ficar assim eu vou ter que apelar"-ele disse dando um pulo do banco que ele estava(na minha frente) para o meu banco sentando-se ao meu lado me empurrando pro canto.E adivinha como foi o apelo?Se você pensou cócegas,um ponto para você.

"Meu Deus,PARA ,SOCORRO CÓCEGAS NÃO"-eu disse atraindo os olhares de alguns funcionários e casais que tinham chego nesse meio tempo.

Ele segurou nos meus pulsos,olhou nos meus olhos

"Eu só te solto se você disser que eu sou o cara mais lindo que você conhece e que sou o seu melhor amigo"-e eu imediatamente me lembrei da noite anterior,onde um cara de praticamente mesma altura,de olhos verdes me encarava,dizendo praticamente as mesmas condições.-"Hayley?Não vai dizer?Vou continuar com o apelo então."-ele disse me tirando dos pensamentos

"Não,não por favor só estava distraída"

"Então fala!"-ele diz pronto pra começar o ataque de cócegas novamente

"AFZ.hahaha Você é o cara mais lindo que eu conheço e você e meu melhor amigo.Satisfeito?"

Ele soltou um dos meus pulsos e me abraçou,eu não estranhei,Brian sempre me abraça de repente e pra falar a verdade não é como eu não gostasse.

Eu sempre dizia que quem namorasse o Brian teria muita sorte.Poxa,o cara tem 1,82m de altura,loiro,olhos castanhos claros,capazes de causar inveja em muito olho azul por aí,com um corpo de tirar o fôlego e ainda por cima parecia que fazia o tipo romântico.É raro um tipo desses.

Desde que eu conheci ele,aos 12 anos nas aulas de dança,ele só teve uma namorada, e ele era tão fofo com ela que eu confesso que até senti um pouco de ciúmes haha,eles terminaram por alguma razão desconhecida,e eu não perguntei o porquê.

Nós viramos amigos de uma forma muito estranha, eu entrei nas aulas de danças pra perder peso e ele fazia parte do grupo de competições, digamos que ninguém foi muito com minha cara no começo,até porque Joanne(minha meia prima,lembra?) já fazia aulas lá e devia falar mal de mim a beça.Enfim,só o Brian teve a coragem de falar comigo.

Eu ainda estava meio receosa em amizade com meninos,mas bem, ele não tinha lá tanto jeito de menino,isso mesmo, ele me disse que era gay...aos 12 anos O.o

Chegou um dia,quando já tínhamos 13 anos,que ele falou que se o pai dele soubesse que ele era gay,iria expulsá-lo de casa e que ele precisaria "apresentar" uma "namoradinha" pros pais.

E adivinha que foi a "namoradinha" .....isso mesmo eu.

Fingimos isso por mais ou menos 3 ou 4 meses,assim eu fui ficando mais próxima dele,até um beijo rolou... E não posso negar que ele beijava bem..

Um dia ele chegou pra mim e disse que teríamos que conversar,então ele me contou TUDO:

1-Ele não era ,nem nunca foi, gay

2-Ele só fez isso pra se aproximar de mim

3-Ele queria que eu confiasse mais nele,já que ele não sabia quase nada de mim.

Ao invés de ficar com raiva dele,eu comecei a rir porque era uma situação realmente engraçada,afinal,ninguém nunca tinha se esforçado tanto para virar meu amigo

Eu até acho que ele virou meu melhor amigo por causa disso...

Depois disso,viramos quase irmãos, e eu contei para ele sobre o Harry,e ele me apoiou e falou que ele era um idiota por desperdiçar uma amiga como eu.

Alguns anos depois quando eu descobri que foi tudo um mal entendido e contei pra ele , ele continuou muito sem gostar do Harry,afinal,não é fácil você desfazer a imagem ruim de uma pessoa.

E eu sabia no fundo que era por isso que ele estava estranho desde a festa,quando eu estava na varanda com o Harry.

Era como se ele quisesse me proteger

Ele não queria que eu me machucasse de novo

Mas ,de qualquer jeito,eu não vou...

******

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...