Pra te fazer lembrar

Mikaella e Ketlin são apenas duas jovens comuns que sonham encontrar um amor de verdade, mas até esse amor verdadeiro chegar, elas duas vão ter que enfrentar vários golpes da vida. Mas uma questão fica no ar: Será que uma grave perda de memória irá acabar com esse amor verdadeiro?

23Likes
28Comentários
23567Views
AA

11. Traições

Mikaella POV ON

Acordo cedo, ainda são nove horas da manhã. Eu acho que o motivo pra acordar cedo tem nome: Harry Styles.

Já me levanto e vou logo ao banheiro fazer minha higiene pessoal. Opto por vestir uma calça jeans rasgada nas pernas e uma blusinha com outra xadrez por cima.

- Pronto. Agora vou descer pra tomar café – falo pegando meu celular e vendo que já são nove e quarenta e cinco.

Na cozinha não vejo ninguém, nem mesmo Giovanna. Ela devia ter ido ao mercado, e eu estava certa; em cima da pia da cozinha estava um bilhete dela dizendo que ela tinha saído para comprar uma mistura para o almoço de hoje.

Procuro meu café da manhã.

- Deixa eu ver, tem cereal, bolacha, café, leite, chá, danone, ovos mexidos, bacon....milhares de coisas – falo sozinha indecisa do que eu escolho – Vou querer cereal com leite – escolho por fim.

Para não ficar sem graça o meu café da manhã solitário eu coloco uma música para tocar enquanto eu como meu cereal. Procuro, procuro e escolho Miss Movin’ On, minha música:

            “I never be that give again, no oh oh oh

            My inocence is wearing strong

            But my heart is growing strong

            So call me, call me, call me Miss Movin’ On...”

Nossa eu tava bem empolgada. Olhei para a cozinha para ver se alguém estava vendo essa cena, mas não, eu estava sozinha. Então não liguei e continuei cantando.

Depois de terminar meu café da manhã, lavei minha louça suja e fui escovar meus dentes.

Quando entrei no banheiro não notei que alguém estava descendo as escadas. Escovei meus dentes e quando saí do banheiro vi essa tal pessoa saindo de dentro de casa. Fiquei curiosa e fui até a janela da frente da casa para ver quem era. Surpreendi-me ao ver que era o Harry.

- Pra onde será que ele está indo? – me pergunto o vendo entrar no carro. Continuo o observando, mas sem muita sorte, pois os vidros eram muito escuros.

Não aguento, tenho que ir o mais próximo daquele carro para ver o que ele estava fazendo.

Saio pela a porta da frente um pouco abaixada, pra não ter o risco dele me ver. Paro na varanda e calculo um lugar do qual eu possa ver ele, mas que ele não possa me ver.

Vou até o jardim, próximo ao portão. Pronto, aqui ele não me veria.

Vejo Harry sentado no banco, parecendo esperar alguém. É estranho, por que ele estaria esperando alguém? E pior, quem é esse alguém? Minha resposta silenciosa é respondida logo depois que eu penso isso.

Uma menina da qual eu nunca vi, se aproxima do carro com um sorriso no rosto. Na hora eu já olho para Harry, da onde ele a conhece?

- Hazza? – ouço a menina chama-lo. Vejo-o sorrir pra ela e abrir a porta.

Quando ela entra, eles se cumprimentam com um selinho, um selinho que se transforma em um beijo intenso.

O quê? Aquilo não estava acontecendo comigo? Não novamente.

Não me controlo e saio do lugar de onde estou escondida e apareço em frente ao carro, para que os dois possam me ver.

Na hora em que eles param o beijo, Harry olha para mim e fica branco. Claro, ele não estava esperando me ver essa hora aqui. Ele sai do carro e vem em minha direção:

- Mika, o que você está fazendo aqui? Pensei que você estivesse dormindo.

- Sério que você ao menos pensou em mim? – indago – Querido, desculpa falar isso, mas você tem uma péssima escolha – falo apontando para aquela safada que estava com ele.

- Não é nada do que você está pensando, ela só é... – mas eu interrompo o antes de terminar a frase.

- Você não me deve explicação Harry, até porque nós não temos nada um com o outro, mas eu só esperava mais de você. – falo essa ultima frase percebendo uma lágrima caindo dos meus olhos. Saio correndo para algum lugar do qual ninguém me encontre e me veja chorar outra vez por alguém.

 

Harry POV ON

Como eu podia imagina que a Mikaella, logo hoje acordaria cedo e me veria conversando com a Luana. E ainda mais, beijando-a.

As últimas palavras dela ficaram marcadas na minha mente. Doía em mim, saber que eu tinha magoado ela.

E o pior era que ela tinha entendido tudo errado. Tudo bem, eu confesso que beijei a Luana, mas eu não fazia ideia que ela estava bisbilhotando atrás do carro. E eu tinha que me encontrar com a Luana hoje para poder terminar com ela...

- Harry, quem é essa zinha que saiu brigando com você? – ouço Luana perguntar de dentro do carro. Só pra lembrar, eu ainda estava em pé onde a Mika tinha me deixado.

Entro no carro já sem paciência. Sei que a culpa não era da Luana, mas eu estava começando á gostar de outra e tinha que ser franco com ela.

- Luana eu vim aqui pra te falar algo – começo

- Amor, eu também tenho que te contar algo sério – ela fala.

- Então pode começar.

- Ultimamente eu tenho sentido umas pontadas muito grande no meu peito, então decidi ir ao médico, fiz alguns exames e descobri que eu tenho um sopro no coração. Preciso fazer uma cirurgia urgente e também preciso muito do seu apoio. Como você mesmo sabe minha mãe morreu e meu pai não me dar muita atenção. Eu só tenho você.

Paro e raciocínio o que ela acabou de falar. Luana iria fazer uma cirurgia e eu tinha que ajudar ela nesse momento difícil. Será que ela aceitaria minha ajuda como amigo? Creio que não. Continuo em silêncio a observando.

- Harry, eu te peço por tudo que é mais sagrado que não me abandone nessa hora difícil - quando ela termina de falar, ela já vem me dando um abraço apertado. E é nessa hora que percebo que meu amor e o da Mikaella talvez fosse impossível. Abraço a de volta pensando em alguma maneira de me desculpar pelo o que eu ainda faria Mika sofrer.

 

Mikaella POV ON

Assim que saio correndo vou atrás de um lugar no qual posso chorar á vontade. O único problema é que eu não sei onde esse lugar fica então saio correndo pro meu quarto. Assim que entro, fecho a porta com toda minha força, entro no banheiro e começo á chorar. Choro tudo o que estou sentindo e o que já senti de ódio pelo o Harry e pelo o Fernando.

Não acredito que eu iria passar por tudo novamente. Não. Eu tinha que ser forte. Todo o meu sofrimento eu vou deixar aqui, tudo o que eu tenho que chorar eu vou deixar aqui. Mas o Harry não me verá mais chorar por ele. Prometo á mim mesma.

Vou tentar algo com o Liam, mesmo sem sentir nada por ele. Ele sim parece querer algo sério comigo e não apenas brincar com minha cara.

Levanto-me do chão do banheiro e me olho no espelho. Estou com os olhos vermelhos, mas nada com que uma bela maquiagem não arrume. Pego o que irei precisar e começo á me maquiar. Não exagero muito. Passo pó, blush, rímel e um batom claro. Pronto, agora eu estava preparada pra encarar o Harry.

Desço e vejo que o pessoal todo já estão acordado. Niall, Zayn, Ketlin e Louis estão na mesa tomando café, enquanto Liam e Harry estão na sala. Finjo não notar a presença de Harry. Quanto mais eu o ignorasse, melhor seria pra mim.

- Bom dia pessoas lindas – falo pra Niall, Zayn, Louis e Ketlin.

- Hum, acordou de bom humor em amiga – Ket fala.

- Pois é. Creio que hoje meu dia será bom. – falo e olho pro Liam – Liam, você quer sair comigo hoje? Sei lá, dar uma volta pelo parque ou pegar um cineminha – convido-o.

- Opa, só se for agora. – ele fala já se levantando – Que horas?

-Vamos tomar café e depois vemos o horário– falo dando um selinho nele.

- Ok, só vou ao banheiro – ele fala já saindo.

Vejo Ketlin, Niall e Harry me encarando.

- O que foi gente? – pergunto

Ketlin se levanta, pega no meu braço e me leva para um canto isolado da cozinha.

- O que você está fazendo? Ficou louca? Como você quer conquistar o Harry beijando o Liam na frente dele? Se esqueceu que daqui dez minutos você terá aula com ele? – ela solta tudo de uma vez.

- Primeiro: eu só quero sair com o Liam; segundo: não, eu não estou louca, hoje logo de manhã peguei o Harry beijando uma piranha e não quero sofrer de novo por quem não merece uma unha minha e terceiro: eu não quero mais ter aula com ele. – falo.

Ketlin solta meu braço e fica me encarando.

- Eu não acredito que ele fez isso – assim que fala isso, ela já sai correndo em direção onde Harry está. Chama-o pra algum lugar e ele a obedece.

 

Ketlin POV ON

- Harry vem aqui comigo. Quero falar com você – eu falo indo em direção á varanda onde não se encontrava ninguém.

- Ket eu sinto muito, a Mika pegar eu e a Luana se beijando não estava nos meus planos.

- Harry você foi um burro em ter chamado a Luana pra conversarem em seu carro. Lógico que você correria o risco de ser pego por alguém, e esse alguém foi logo a Mikaella. Já pensou em como ela está se sentindo nesse momento? – pergunto

- Claro que já. Eu já me coloquei no lugar dela. O problema que eu estou sem saída.

- Como sem saída? É só terminar com a Luana com calma.

- Então... Não é tão simples assim. – Harry fala

- Como não é simples? Harry o que você está tentando me dizer?

- A Luana precisará fazer uma cirurgia e ela só tem á mim para apoia lá. Eu só vou poder terminar com ela depois da cirurgia.

- Quê? E enquanto isso a Mika é que se foda-se né? Eu que pensei que você era diferente. – digo já morrendo de ódio por ele estar fazendo minha amiga sofrer.

- O que você sugere que eu faça? Se ponha no meu lugar Ketlin

- Não sei o que você tem que fazer. Mas cuidado pra quando você for atrás da Mika, não ser tarde demais.

Digo isso e entro em casa, indo direto pro meu quarto. Eu precisava me acalmar ou se não, eu iria descontar em quem não devia.

 

Niall POV ON

Vejo a Ket chamar Harry pra conversarem lá do lado de fora. Acho estranho, o que será que eles estavam falando? Algo devia ter dado errado com o plano. Chego até Mika e puxo assunto. Iria descobrir.

- E aí? – pergunto

- E aí o quê? – Mikaella me pergunta.

- Ansiosa pra aula com o Harry?

- Não vai ter mais aula – ela fala seca segurando um copo de vidro com suco, acho que era de laranja e parecia gostoso... Mas voltando ao assunto:

- Como não irá ter mais aula?

- Longa história – ela fala simplesmente. Não iria insistir, até porque dava pra ver de longe que ela estava de cabeça quente.

Resolvi ir pra sala esperar Ketlin terminar a conversar com o Harry e perguntar á ela.

 

A porta se abre e vejo que é Ket subindo furiosamente as escadas em direção ao quarto dela. Por que ela estava assim? Subo atrás dela.

Bato na porta duas vezes e nada, então resolvo entrar. Vejo Ketlin deitada de costas pra cima. Ela parecia está... Chorando.

- Ketlin, o que foi? – pergunto

- Nada Niall, me deixa sozinha por favor – ela pede

- Eu não posso te deixar nessa situação sem saber o por quê.

- É melhor você ir, antes que eu acabe descontando a minha raiva em você – ela fala parecendo controlar a raiva.

- Tudo bem, quando você se acalmar eu talvez possa te ouvir – falo e saio do quarto percebendo que o choro dela se aprofundou.

Quando estou quase no meio do quarto meu celular toca e vejo que é a Sara.

- Pronto – falo

- Oi loirinho, sou eu, Sara – Avá.

- Tudo bem contigo?

- Estou bem sim, então, só quero saber se você não topa tomar um sorvete comigo mais tarde – ela pergunta.

- Ann... – Quando ia responder, vejo Ketlin sair do seu quarto com os olhos cheios de lágrimas, descendo as escadas.

- Desculpa, mas hoje não dá. Já tenho um compromisso mais importante. Deixa pra outro dia, ok? – desligo sem ao menos deixa lá responder e com uma ideia na cabeça.

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...