Pra te fazer lembrar

Mikaella e Ketlin são apenas duas jovens comuns que sonham encontrar um amor de verdade, mas até esse amor verdadeiro chegar, elas duas vão ter que enfrentar vários golpes da vida. Mas uma questão fica no ar: Será que uma grave perda de memória irá acabar com esse amor verdadeiro?

23Likes
28Comentários
23593Views
AA

28. Sorry

Mikaella POV On

Pouco antes dos meninos entrarem, vi minha bolsa próxima á porta do banheiro e decidir me levantar, meio tonta, e pegar minha necessérie. Não queria ficar pálida vendo os meninos e deixarem mais preocupados ou coisa tipo, e claro, quero parecer apresentável.

Depois de escovar meus dentes, lavar meu rosto e pentear meus cabelos, volto para minha cama e espero Ketlin com os meninos.

Logo ela entra no meu quarto e fala rapidamente comigo seguindo para chamar os meninos.

Minha cabeça está á mi. Não sei como reagir, eles têm memórias comigo que se lembram muito bem e eu aqui, me setindo em um Mett & Great com a One Direction, como se nunca tivesse visto eles antes.

Ouço uma movimentação na porta e lentamente vai entrando um de cada vez, todos, posso ver, com os olhos preocupados. Quando vejo os quatros bem na minha frente, percebo que meu coração está acelerado. Mas espera aí? Cadê o Harry?

Antes de terminar minha pergunta para Ketlin, ele aparece e eu solto o ar, que não percebi que estivera segurando esse tempo todo. Seus olhos verdes estão vermelhos e vejo preocupação neles e talvez um brilho também. Posso não lembrar de te-lo visto antes, mas esse brilho no olhar, me passou um sentimento desconhecido, nesse momento pelo menos.

- Mika, aqui estão eles: Liam, Zayn, Louis, Niall e Harry - Ketin fala e eu ainda fico sem reação.

Harry dá um passo em direção à minha cama.

- Como está se sentindo? - ele me pergunta.

- Me-meia confusa posso dizer - gaguejo meio sem jeito - Meu Deus, são vocês mesmo?

Eles trocam um olhar e balança a cabeça concordando.

- Sonhei tanto com esse dia, quer dizer, conhecer vocês. Sempre admirei a banda e vinhemos para Londres já querendo ir em um show de vocês. Meu Deus... - Meus olhos começam a encherem de lágrimas.

- Acho que esperávamos tudo, menos ver você chorando - Louis fala com um sorriso no rosto.

- Acho que alguém está mais emocional do que nunca - Harry fala e dou uma risada.

- Vai logo, pede um abraço de cada um, porque eu sei que você está louca para isso - Ketlin diz e eu me sinto corada.

- Como ainda me surpreendo com você me conhecendo tanto, Ketlin? - ela dá de ombros e estendo os braços para os meninos - Quem vai ser o primeiro?

- Os cinco vierem em minha direção para me abraça. Sério, que sonho! E se for mesmo, não quero acordar mais. Quando nos afastamos, os meninos ficam ao meu lado e começam a conversar comigo.

- Você realmente não lembra de ter conhecido nós antes? - Harry perguntar e eu apenas nego com a cabeça.

- Exijo o relatório completo desse primeiro encontro com vocês.

- Ah Mikaella, você nem queira saber - Ketlin fala e já sei que esse encontro veio acompanhado com algum mico.

- Qual sua última memória? - Liam pergunta segurando minha mão.

- Hum... Só lembro da Ketlin gritando, dando a notícia que viríamos para cá e tínhamos que arrumar nossas coisas e tals.

- Só isso? Nenhum pequeno fato no aeroporto ou tempo que passou aqui? - Niall pergunta.

- acho que não - Digo e ele assente.

- O importante é você estar se sentindo melhor, o resto, com o tempo virá - Zayn fala dando de ombros, me encorajando - Te garanto que você estava amando estar com nós.

- O que estávamos fazendo esse tempo aqui? - Pergunto curiosa.

- Vocês duas, ainda não sabemos - Arqueio minhas sombracelhas confusa. Lou logo continua - Estávamos viajando em turnê.

- Ah fato, Ketlin comentou. Me esqueci - Disse revirando os olhos e os meninos apenas riem - Mas e antes? Antes de vocês viajarem?

Os meninos e Ketlin começam à me contar o que passamos por aqui e dou risada da narração deles, me sentindo mais á vontade a cada minuto que se passa.

Nesse tempo todo não percebi que Harry apenas me observava calado, segurando minha mão direita. Seu olhar dizia mil palavras que eu não conseguia entender.

 

Harry POV On

Estou feliz. Quer dizer, em parte. Mikaella está bem, já sabia disso, só queria tirar as dúvidas pessoalmente. Está rindo de tudo o que os meninos estão contando e dá para ver a admiração nos olhos dela.

Em algum momento, que não sei dizer qual, pois estou observando cada célula de Mikaella, os meninos começam a falar de outro assunto e Mikaella se vira para mim, sorrindo.

Procuro em seus olhos, o brilho de quando ela me viu no parque, antes do acidente, mas não consigo mais vê-lo. Só vejo admiração neles e no sorriso encantador dela. Essa parte que me magoou. Mas não  esperava por menos.

- Puxa Harry, não pensava que você fosse tão quieto assim - ela fala.

- Nem sempre - ela revira os olhos - Só foram 24 horas muito longas. Estávamos preocupado com você.

- Obrigado. Significa muito para mim ter vocês aqui, junto comigo - ela fala e se vira para olhar os outros meninos - Vocês são mais lindos pessoalmente.

Rio do seu comentário ao mesmo tempo em que um enfermeiro entra.

- O tempo de visita da paciente acabou, peço que se retirem. Srta. Mikaella precisa descansar.

- Agh! Vou ficar sozinha de novo? Isso é muito chato - ela fala fazendo careta e não tem como não rir.

- Infelizmente Mika, até você receber alta - Ketlin fala e o enfermeiro concorda.

- E quanto tempo mais eu vou ter que ficar aqui?

- Pelo o que li na sua ficha, possivelmente amanhã você já terá alta - Assim que o enfermeiro fala, todos respiramos de alívio.

- Finalmente casa, mesmo não me lembrando dela, já estou com saudades.

Incrível como meu humor melhorou só por está vendo vendo Mikaella sendo ela mesma. Seu jeito espontâneo de ser, fazendo piada das coisas mais banais.

- Acho melhor irmos. Temos que deixar você descansar - Liam fala, como sempre preocupado. Todos concordam.

- Se cuida amiga, logo logo vinhemos aqui para buscar você. Estou lá no corredor, qualquer coisa é só me gritar - Ketlin fala piscando para a amiga e logo deixando um beijo em sua testa.

Aos poucos, os meninos vão se despedindo e saindo do quarto de Mika. Fica apenas nós dois, naquele cômodo um pouco pequeno demais.

- Então... - ela começa.

- Ah claro, tenho que ir também, resolver umas coisas - Digo me levantando meio sem jeito.

Quando já estou em pé, vejo um brilho em seu olhar pescoço. O colar. O colar que dei á ela. Mikaella estava usando ele quando foi me encontrar. Lembro da sua surpresa para dar isso á ela e sorrio instantaneamente.

Me abaixo para beijá-la mas antes de nosso lábios se tocarem, ela recua e olha assustada. Isso dói como uma facada.

- Desculpa - falo assustado assim como ela - Não sei o que deu em minha cabeça - Sei sim, estava pensando no que sinto por ela, isso me fez agir como um idiota.

Ela concordou com a cabeça e com isso, me abaixei deixando um beijo em sua testa. Percebi que seu corpo ficou tenso e apenas suspirei, saindo do quarto e deixando Mikaella sozinha, com o seu coração completamente intacto. Enquanto o meu? Só aos pedaços.

Assim que saio do quarto de Mikaella, resolvo falar com a Ketlin, preciso mostrar o vídeo para ela.

Na sala de espera, todos já estão mais melhores do que antes, felizes com a recuperação da Mika. Os meninos estão conversando animadamente e vejo Ketlin indo em direção á salinha de café. Sigo ela.

- Ketlin! - Chamo e logo ela se vira.

- Harry... E aí? Se sentindo melhor?

- Digamos que mais aliviado. Vi com meus olhos, acho que ajudou mais - Me sento em uma mesinha enquanto ela escolhe seu café em uma máquina.

- Acho que posso entender. Também me senti melhor depois que eu mesma a vi - Logo ela se sentou ao meu lado, tomando seu café.

- Preciso falar com você sobre uma coisa que descobrir depois do acidente - Falo tirando o celular da Mikaella do bolso.

- O celular de Mika? Pensei que já estava no lixo depois disso - ela fala claramente surpresa.

- Eu consegui pega-lo. Estava jogado no chão ao lado dela - Ligo o celular. Milagre ainda está carregar - Mas o que realmente importa é isso o que vou te mostrar.

- E o que seria? - Ela puxa a cadeira mais para o lado e eu aciono o play, mostrando o vídeo que Mikaella fez.

Quando o vídeo termina, Ketlin pega o celular da minha mão e rever o vídeo. Quando o mesmo termina pela segunda vez, ela está de boca aberta.

- Não acredito que ela conseguiu isso. Meu Deus Harry, isso é muito importante. Essa sua namoradinha estava mesmo te engando e a prova está em nossa mãos - Ketlin faz um gesto com o celular.

- Eu sei, por isso mesmo que estou te mostrando - Começo á explicar para ela o que realmente aconteceu antes que Mikaella fosse atropelada. Sobre eu achar que ela teria acabado de filmar isso quando me viu e por isso que o vídeo estava passando quando o encontrei.

- Com certeza ela estava se preparando para te mostrar o vídeo, infelizmente não deu tempo - ela fala pensativa.

- Tenho certeza.

- E o que você vai fazer agora? Falar com Luana, certo? - Ketlin pergunta me fuzilando com os olhos esperando por apenas uma resposta, sim.

- Lógico. Estou com nojo dessa garota - Ketlin abre a boca e já sei o que ela vai falar, então já a impeço, erguendo a mão - Nem venha me falar que você tinha razão e tudo mais. Já estou me sentindo mais que culpado.

- Claro, claro. Pobre Harry, que foi enganado e perdeu a chance de fica com Mikaella - ela rir  - Você sabe o que ela iria falar para você no café se não tivesse sido atropelada? - Ela pergunta chegando perto de mim, se apoiando nos cotovelos.

- Não, o que poderia? - Pergunto curioso.

- Mikaella ia se declarar para você - Assim que ela fala isso meu peito se aperta.

- O que? - Pergunto mesmo tendo entendido o que ela tinha dito.

- Isso mesmo Harry. Ela me contou antes de sair, estava até ansiosa - Ela diz.

- Então quer dizer que se não fosse por essa droga de acidente, nós podíamos estar juntos? - Digo isso mais para mim mesmo.

- A vida ás vezes pode ser muito injusta com nós. Quando pensamos que tudo vai ficar bem, tudo vira de cabeça para baixo.

- Ketlin, vamos - digo me levantando e ela me olha sem entender.

- Para onde? - ela pergunta se levantando em seguida.

- Vou terminar com a Luana. Quero que você vá comigo - Explico para ela, que me lança um olhar animado.

- Isso eu não perco por nada.

 

Ketlin POV On

Me encontro com o Harry na saída mais discreta do hospital. Enquanto ele procurava o carro que um dos meninos veio para cá, eu falei com o Niall que iria sair rapidamente com o Harry.

- Qualquer coisa que acontecer, me ligar, não se esquece - Aviso aos meninos antes de sair.

- Pode deixar. Não quer que eu vá junto não? - Niall perguntou com certo incômodo.

- Não Niall, fica aqui que logo voltaremos. Depois te explico - Saio dando um beijo casto nele.

Depois de alguns minutos, Harry aparece com o carro preto e vidros fumê. Com certeza para ter mais privacidade com os paparazzi.

- Você sabe onde ela está essa hora da noite? - Pergunto assim que entro, olhando o relógio. 23hrs - Aliás, o tempo correu hoje.

- Com certeza. E acabei de ligar para ela marcando em uma praça lá perto de casa. Ela não imagina que você também vai.

- Só espero que essa doida não me ataque - Digo com um certo frio na barriga. Harry apenas sorrir.

Em vinte minutos chegamos ao lugar marcado. Tudo está calmo, até porque já é tarde da noite. Enquanto Harry estaciona o carro, procuro por ela, ao redor.

- Ali! - Aponto, vendo ela á alguns metros de nós - Acho que ela ainda não nos viu.

- Mas logo verá - Harry fala saindo do carro, com o ódio visivelmente até para um cego. Sigo ele em direção à Luana. Ele está com  os punhos fechados, com certeza tentando controlar a raiva.

- Por favor Harry, vai com calma. Não quero você na cadeia.

Ele se vira olhando confuso com seus olhos verdes.

- Acho que bater em mulher não é muito meu tipo - Eu rio com seu comentário.

Luana ver Harry se aproximando e lança seu sorriso mais falso para ele. Assim que me ver, tudo muda. Ela fica mais ereta e levanta ligeiramente o queixo.

- Amor? Que surpresa, você e essa... - Antes dela terminar, eu a interrompo:

- Ketlin, meu nome é Ketlin - Ela me olha com nojo e se vira para o Harry, com a intenção de lhe agarra. Logo que Harry percebe o gesto dela, pega os pulsos da garota e se distancia dela.

- Como você pôde? - ele pergunta á ela. Como era de se esperar, a garota se finge de desentendida.

- Do que você está falando?

- Não se faça de idiota garota. Ele já sabe de tudo - Digo com mais raiva do que pensava que poderia sentir por ela.

- Tudo o que? - Eu reviro os olhos.

- Harry onde você achou um garota tão sínica? - pergunto á ele.

- Olha aqui minha queri... - Harry interrompe ela.

- Que tal se nós clareamos sua memória? Você não está doente. Já sabemos Luana.

- Cla-claro que estou. Da onde você tirou isso? - ela me olha de cima a baixa - Acho que já sei da onde. Você não acha feio inventar história sobre a vida dos outros não?

- Ohh, agora a errada sou eu? Parabéns, mas a errada aqui não sou eu. O teatrinho já acabou Luana, acorda - Fico em sua frente e estalo os dedos para ver se ela acorda - Sua vida de madame acabou. Harry já sabe quem é você.

- Ele nunca acreditaria em você. Eu te amo Hazza - Ela joga seus braços no pescoço dele e sinto nojo desse gesto.

- Se afasta de mim Luana! - Harry esbraveja - Você não tem direito nenhum de falar de amor. Quem você pensa que eu sou? Seu brinquedinhos?

Luana se afasta e se vira na outra direção. Quando vira novamente para nós, seus olhos estão escuros. Ela revira os olhos.

- Quer saber? Sim, você foi apenas meu brinquedinho esse tempo todo. Dinheiro. Fama. Sexo. Tudo o que eu sonhei em apenas um boneco - ela rir com amargura - Nunca te amei Harry. Como você foi trouxa.

- Acho que o trouxa aqui não foi eu. Só estivera esse tempo com você por pena. Você devia saber que o pior sentimento que existe é esse. É vazio, triste e solitário assim como você. E você pode ter feito tudo isso, mas no final, quem vai acabar na merda vai ser você. Continuarei com meu dinheiro, minha fama. Você só será a ex namorada passada para trás. Desculpa, mas sinto pena, muita pena de você - Harry está na frente de Luana, com o dedo apontado para o peito da própria.

Ele joga tudo isso em cima da Luana e eu apenas observo, estupefata e orgulhosa ao mesmo tempo. O que eu não daria para Mika estivesse aqui ao meu lado, vendo tudo.

Olho para Luana e ela está sem fala. Com uma lágrima solitária em seu olho direito. Um lágrima solitária igual á ela.

- Acho que já podemos ir. Acabou Luana. Só quero deixar claro - ele se vira e não posso não parar pra fazer o que tenho certeza que Mikaella faria. Me agacho para ficar na mesma altura dela, que está no chão.

- Na próxima vez seja mais inteligente. Use o coração e não o corpo, que aliás, você não tem - Me levanto e logo completo - Depois de tudo isso que você fez, tenho dó de você. Espero que um dia você encontre alguém que a ame assim como o Harry ama minha amiga.

Essas palavras tiveram o efeito que eu desejara. A dor que eu vi no rosto da minha amiga algumas semanas atrás, vi nos de Luana agora.

Quando eu e Harry entramos no carro, estávamos em êxtase.

- Nem acredito que falei tudo aquilo - digo sinceramente - Nunca fui tão dura com alguém.

- Para falar a verdade, nem eu - ele diz já dirigindo á caminho do hospital.

Assim que chegamos, percebemos que tinha mais fotógrafos que o normal.

- Incrível como eles não se cansam nunca - Harry resmunga e eu concordo.

Deixamos o carro no estacionamento e subimos até o andar do quarto de Mika. Assim que o elevador se abre, e vemos as expressões nos rosto dos meninos, meu coração para. Eles não estão com uma cara tão boa assim. Olho para Harry que deve está com a mesma expressão que a minha.

- Oh-oh - Sussurro.

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...