Pra te fazer lembrar

Mikaella e Ketlin são apenas duas jovens comuns que sonham encontrar um amor de verdade, mas até esse amor verdadeiro chegar, elas duas vão ter que enfrentar vários golpes da vida. Mas uma questão fica no ar: Será que uma grave perda de memória irá acabar com esse amor verdadeiro?

23Likes
28Comentários
23658Views
AA

50. Primeira memória

 

Memórias, memórias, eu amo memórias e acho que alguém está começando á te-las de volta...

Desculpa pelo o final do cap ta uma bostinha mas vou tentar recompensar no próximo. Espero que gostem!

 

Mikaella POV On

- Deus, onde que esse negócio está??!

Paro em frente ao guarda roupa esperando minha cabeça lembrar onde está meu passaporte, mas infelizmente está difícil. Já passa das 00hrs e infelizmente ninguém está em casa para me ajudar á acha-lo.

Desde que voltei do hospital, não mexi nesse documento e só agora vim precisar dele, o ruim é que coloquei em algum lugar em que minha mente não lembra. O pior de tudo é que o prazo do meu visto está se acabando e preciso pegar um visto de estudante, e mais: isso tudo para amanhã, pois sexta é o dia em que não tenho meu curso intensivo de espanhol.

Ainda parada e com os pensamentos a mil, mal ouço o toque abafado do meu telefone por baixo de algumas roupas que joguei no meu quarto.

Sem olhar direito quem é, digo um alô desastrado, com medo de não dá tempo de atender.

- Mika?

- Ketlin!!? OMG, você ligou na hora certa. - digo dando um pequeno pulo.

- Eu? O que foi agora? - Ela diz com aquele tom de voz conhecido de quando eu apronto e tenho que falar para ela..

- Meu visto está se vencendo nessa próxima semana e preciso muito do meu passaporte... - pego algumas blusas sujas de cima da cama e vou me encaminhando com elas até a lavanderia, lá embaixo.

- E... ?- Ket diz.

- Com minha memória fraca, eu não faço ideia de onde coloquei o documento e agora estou com meu quarto numa completa bagunça.

- Ai amiga, verdade, já vai fazer três meses que você está aí né? - Chego na lavanderia e ponho as roupas no lugar de roupas sujas, sabendo que amanha Giovanna ou até eu mesma lavaria. Ketlin continua - Você já procurou na caixa que fica na parte de cima do guarda-roupa, ao lado dos edredons? 

- Hum... Aquela caixa azul clara? Sim, foi no primeiro lugar que olhei. - Chego no meu quarto e olho novamente na caixa - Não, só tem alguns livros que trouxemos.

- Vish... - ela fica em silêncio, com certeza pensando - Já sei, vai no criado mudo ao lado da sua cama.

Faço o que ela manda, abrindo a gaveta.

- Tá, e agora?

- Tira a gaveta e olha no fundo do móvel, da onde a gaveta foi tirada.

Ponho a gaveta na cama e fico de joelhos em frente ao móvel. No fundo posso ver mais um minúscula gaveta e no mesmo momento a puxo.

- E aí, achou?

Tiro a segunda gavetinha que revela meu passaporte, junto com algumas libras.

- Uoww, como eu não sabia desse dinheiro? - pergunto esquecendo por um momento do meu documento.

- Você sabia sim, só não se lembrava. A minha tia dera essa quantia para você e uma do mesmo tanto para mim assim que chegamos, caso algo acontecesse, teríamos isso. O meu dinheiro mesmo foi usado para pagar minha viajem de volto pro Brasil - ela explica enquanto eu volto á colocar o dinheiro no mesmo lugar, pegando apenas meu passaporte.

- E como você sabia que o meu documento estava aqui? - Me levanto e sento na cama, olhando o passaporte.

- Tem uma gaveta dessa igualzinha no quarto que eu ficava, quando coloquei o meu lá, como tia D'Avilla pedira, eu te mostrei e você fez o mesmo. Só não tinha certeza se tinha ou não colocado o passaporte junto.

- Ah sim - digo um pouco surpresa sem saber muito porque.

- Mas me conta, como estão as coisas aí?

- Está tudo bem. Comecei a fazer um curso intensivo de Espanhol.

- Ué, mas pensava que você já falava pelo menos intermediário.

- Sim Ket, por isso mesmo, do Intermediário até o fluente tem muito chão e acho que você sabe bem disso.

- Ai, nem me lembre. Quase que desisto do meu espanhol, mas enfim, terminei.

Rimos com a voz cansada dela e logo em seguida encaminhamos em uma conversa calma, falando sobre todas as coisas que fizemos nos três dias em que não nos falamos. 

Depois de um tempo, me levanto, ainda falando com Ketlin e olho para minha bagunça no quarto.

- Você não faz ideia da bagunça do meu quarto. Meu guarda-roupa está todo espalhado na minha cama. Tirei tudo em busca dessa preciosidade - digo com o passaporte na mão.

- Eu que não gostaria de está no seu lugar - Ketlin solta uma risadinha. - Aliás, você podia me fazer um favor?

- Claro, o que foi?

- Eu voltei para cá e não encontrei meu livro O morro dos ventos uivantes em canto nenhum, eu acho que deixei em algum canto do meu guarda-roupa aí, você podia dá uma olhada lá? Sempre me esqueço de te pedir isso.

Me levanto rapidamente e vou em direção ao quarto de Ketlin. Abro a porta e o lugar parece o mesmo, somente mais vazio e com a aparecia abandonada. 

- Ele deve está em uma caixa, onde eu colocava algumas baboseiras e não me preocupei de trazer para o BR.

No mesmo instante em que abro a primeira porta do guarda-roupa encontro uma caixa igual a minha azul, mudando somente a cor, sendo de um rosa quase salmão.

- Achei a caixa, espera aí que vou abrir.

Ketlin concorda e eu apoio o celular entre meu ouvido e meu ombro direito. Me sento na cama e abro a caixa.

- Literalmente aqui só tem baboseira - digo olhando melhor o que tem dentro. - Eu não acredito que você trouxe para Londres sua coleção de cards do crepúsculo. - levanto os cards olhando mais o que tem dentro da caixa.

- Não né, esses foram o que eu achei numa lojinha de Londres e como estavam baratos comprei. - ela explica e eu rio.

- Ta, agora me explica sobre esse potinho com alguns algodões dentro - olho curiosa sem saber o que tem no objeto. 

- Ai, não acredito que esqueci meus dentes de leites aí.

- O QUÊ? - Olho mais perto e sim, vejo os pequenos dentes de leite de Ketlin no vidrinho. - Por que diabos você guarda isso? - Digo fazendo careta mas colocando o vidrinho com cuidado em cima da cama.

- Fiquei com medo de perdê-los deixando aqui e vou acabar perdendo por deixa-los aí - ela diz com uma voz preocupada.

- Relaxa, vou cuidar dessa caixa até quando você voltar.

- SE eu voltar... - Ketlin começa e eu reviro os olhos.

- Você vai voltar sim. - Continuo á olhar a caixa, cada vez achando mais coisas desnecessárias - Eu sabia que você gostava de colecionar fotos desnecessárias, agora coisas, é novidade para mim.

- Que nada, essas coisas nessa caixa são as únicas inutilidade que guardo.

Vejo uma página de algo e sei que é o livro.

- Achei, seu livro realmente ficou aqui.

- Ufa, isso me deixa aliviada, não queria perder um livro que uma colega minha me deu quando estava  no sétimo ano....

Ketlin continua a falar enquanto eu pego o livro,  o único objeto de dento da caixa, bem no fundo. Pelo menos era o que pensava. Assim que tiro o livro, vejo umas folhas, folhas não, fotos. Viradas para baixo, dando á ver somente a parte branca de trás.

- Hum, Ketlin, acho que encontrei mais do que só o livro. Tem umas fotos aqui.

Pego as fotografias. Não são muitas, dez no máximo e viro, sendo a primeira foto uma minha e de Ketlin. Na parte de trás, três palavras estão escritas: Londres, first day!!!

Fotos? - Ketlin diz depois de uma pausa. Quando volta a falar sua voz não parece tranquila como antes - Acho que agora sei porque não peguei nessa caixa.

Junto minhas sobrancelhas, sem entender mas obtenho a resposta em seguida. A segunda foto é da Ketlin com o Niall, a terceira e quarta também.

- Posso ver que tem mais foto com o Niall do que comigo - digo.

- Olha a ciumenta - Ket diz irônica e eu faço uma careta que sei que ela não vai ver. - Mas deve ter mais alguma sua aí se não me engano.

Continuo olhando as fotos, a penúltima é uma nossa e dos meninos, estamos em um restaurante e com vários pratos diferentes em nossa frente. Falo da fotografia para Ketlin, que logo explica.

- Tiramos essa quando fomos ao parque de diversões, fomos em um restaurante e cada um de nós comemos um prato de um país diferente, se não me engano atrás da foto tem o nome de cada país.

Viro a foto e como Ketlin diz, atrás de cada prato tem o nome e local. No meu vejo o nome França. O prato em si parece muito saboroso.

Pego a última foto esperando ser uma de Ket com Niall mas me engano. Na foto está sim duas pessoas, mas essas duas sendo Liam e eu.

Solto algo que nem eu mesma entendo e Ketlin pergunta se está tudo bem no outro lado da linha. No mesmo instante um flash invade minha mente. Eu entrando em um quarto com o Liam e terminando com ele. 

Preciso terminar com você..."

"Você acabou de chamar nossa relação de isto... Preciso de um tempo longe de você"

" Eu..."

" Escute Mikaella, eu não quero sua pena."

Mais flash desse dia invadem minha mente e aos poucos vou abaixando o celular do ouvido, tendo a plena certeza de deixar Ketlin maluca no outro lado da linha.

Minha primeira memória apareceu e eu estou completamente confusa. 

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...