Pra te fazer lembrar

Mikaella e Ketlin são apenas duas jovens comuns que sonham encontrar um amor de verdade, mas até esse amor verdadeiro chegar, elas duas vão ter que enfrentar vários golpes da vida. Mas uma questão fica no ar: Será que uma grave perda de memória irá acabar com esse amor verdadeiro?

23Likes
28Comentários
23567Views
AA

49. Estranha

 

Capítulo novo postado ehhh. Desculpem não está muito grande mas foi um pouco complicado criar esse. Não sabia que ideia colocar em prática, mas está aqui e espero que gostem.

Ps: Na história está aparecendo alguns personagens novos mas aos poucos tudo vai ficando claro e vocês vão entender. 

Amo muitooooooo vocês <3

 

Harry POV On

- Já está se arrumando? - Louis entra no quarto me assustando.

- Só estou terminando de calçar minhas botas - digo abaixado enquanto vejo os pés de Lou ir até sua cabeceira e pegar algo, acho que sua carteira.

- Não demora, o Liam já está nervosinho esperando.

Reviro os olhos, Liam sempre sendo o daddy. Louis sai rindo, fechando a porta atrás de si.

Pego meu celular e minha carteira que estão próximos á minha cama e saio, viro olhando novamente para ver se não estou esquecendo nada, e assim que me viro novamente para sair, dou de cara com um par de olhos castanhos. Olhos castanhos que eu não vejo á mais de uma semana.

- Ahn... Oi - Mikaella diz baixo, se eu não estivesse tão perto, só veria o movimentos dos seus lábios.

- Oi Mikaella - digo friamente e ela parece perceber isso, pois fecha e abre a boca algumas vezes antes de desistir de tentar algo. Melhor assim. - Tenho que ir agora, tchau. - digo me distanciando.

Saio de perto dela, de perto de sua presença, seu cheiro, pois tudo nela é demais para mim e sinto que posso não me controlar e partir para cima dela, só para toca-lá e senti-la ser minha. Infelizmente, isso não passa de uma vontade.

Á poucos dias, Mikaella começara a fazer um curso, não sei muito bem que curso é, e só estive sabendo disso pelo Niall que estava conversando comigo e deixou isso passar. Pelo o que o Irlandês havia dito, Mikaella havia ido em uma feira e por lá descobriu alguns cursos muito bons para ela, e então resolveu começar um. Agora, poucas vezes a achava em casa, ou ela está estudando de manhã, ou quando chega, vai direto para o quarto ou sai com o tal namoradinho.

Acho que essa distração está sendo perfeita, quando menos vê-la, menos o sentimento desperta. O que não posso dizer é que não estou sentindo nada agora. Mikaella ainda meche comigo, e muito.

- Pensei que quem era o vaidoso do grupo era o Zayn - Liam diz assim que apareço saindo de casa.

- Ah cara, não enche - desço rápido e vou direto para o meu carro.

- Vamos logo porque não comi nada ainda - Niall resmunga se sentando ao meu lado no banco da frente.

Todos olhamos para ele com cara de espanto.

- Niall Horan sem comer nada até agora? Duas horas da tarde? - Louis diz irônico.

- Pega - Zayn oferece um pequeno chocolate Twix para o loirinho, que agradece e come tudo em segundos.

- O que deu em você para não comer nada até agora? - Pergunto olhando para a estrada. Preciso focar nos outros, esquecer um poucos meus problemas.

Niall permanece em silêncio e todos do carro já sabem que o motivo tem nome e sobrenome. 

- Ta, pode começar - Liam diz e todos ficamos esperando Niall contar o que Ketlin "teria feito" agora.

Niall respira fundo, olhando para fora do carro, evitando nossos olhares.

- Exatamente isso, não sei. Á alguns dias atrás resolvi seguir meu coração e liguei para ela, chamou algumas vezes mas ela não atendeu, só em seguida ela me retornou, na hora fiquei feliz, era uma coisa boa, ela estava me retornando - Niall abaixou a cabeça e ficamos esperando ansiosos para ele continuar - Assim que atendi a ligação, ouvi uma voz masculina dizendo algo e de repente um som de queda atingiu a linha e a ligação ficou muda. Depois disso, tentei ligar mais vezes mas tudo o que consegui foi caixa postal. Não me contentando, á noite tentei de novo mas não consegui mais. Não sei o que houve, mas a Ketlin também não me ligou mais, só queria saber, se ela não quer mais falar comigo, por que ela me retornou naquele dia?

O carro fica num silêncio, todos querendo entender e Niall querendo somente uma resposta de apoio.

- Alguma coisa deve ter acontecido com o celular dela. Você já perguntou para a Mikaella? - Liam pergunta e Niall nega com a cabeça.

- Na última vez que falei o nome da Ketlin com a Mika ela disse que não queria mais se meter, resolvi não forçar mais nada para cima dela.

- Já sei, eu posso ligar para ela, vamos ver se ela me atende - Louis diz e um sorriso se forma nos lábios de Niall.

Pelo espelho do carro, vejo Louis discar o número de Ketlin e em seguida colocar no viva voz para podermos ouvir. O celular chama uma, duas, três e assim vai até cair na caixa postal. Louis tenta novamente e acontece a mesma coisa.

- Bom, acho que isso pode ser algo bom - Digo e Louis concorda.

- Até porque quem estão brigados é você e ela. - Zayn completa.

- Você já deu alguma olhada no instagram ou facebook dela? Sempre tem algo interessante - Pergunto e Niall me olha como se eu fosse um ser muito especial. Rio da cara dele.

- Não, não pensei nisso antes. - Ele pega o celular do bolso e entra em sua conta do instagram. - Faz algum tempo que não entro aqui - ele diz e me surpreendo, até porque Niall é o que sempre mais mexe nessas coisas.

Um sinal vermelho surge e paro o carro. Ficamos quietos aguardando Niall achar o perfil de Ketlin, e quando ele acha solta um pequeno palavrão.

Olho para o lado, tentando ver o que o aborreceu e os meninos também caem em cima para ver o que é.

No perfil de Ketlin tem algumas fotos normais dela ou algumas de paisagens, mas a última, recém postada, está ela com uma pessoa, um cara, sendo mais exato e eles estão abraçados. Ketlin com um sorriso radiante, assim como o do cara.

- Qual a legenda? - Louis questiona e Niall desce para olhar o que está escrito.

- Está em português - ele nos olha querendo alguma saída mas sabendo muito bem que de português só entendemos palavras pequenas e populares como "Obrigado", "Te amo" e "Joga bonito".

- Tem algum nome? - Pergunto tirando o carro de ponto morto e  voltando á dirigir.

- Hum.... George. Sim, é isso, o cara se chama George.

- Ele parece meio que gay - Liam fala e Zayn ri. - Vocês não acham?

- Um gay que está abraçando a Ketlin, só isso que eu acho - Niall diz e no mesmo instante desliga o celular - Que se dane.

- Calma loirinho - Louis diz. Ele estava quieto mexendo no celular. Sabia que algo estava fazendo.

Niall o olha como se fosse dar um soco mas resolve ficar quieto.

- Ele não parece ser nada além do que amigo da Ketlin. Olha aqui o perfil dele.

Louis mostrou o celular para Niall, que olhando as fotos não parecia muito convencido disso.

- Tem uma foto aqui que ele está no mesmo jeito da Ketlin, só que com um homem.

Olho a foto e Louis tem razão. O tal de George está no que parece ser em uma balada mas abraçado com um homem, igual a foto com Ketlin.

- Antes de você achar algo e pipocar essa sua cabeça de coisas sem sentindo, procura antes, assim você não fica louco sem razão - Louis fala mas vejo que Niall não está muito convencido.

Em seguida Niall pega seu celular e começa á discar algum número. Ficamos esperando para ver com quem ele fala, sem entendermos nada.

- Tia? Oi. Sim, está tudo bem sim, eu só queria pedir um favor - Niall espera sua tia responder do outro lado e depois começa á falar novamente. - Você tem algum número da Ket? Estou tentando falar com ela mas não estou conseguindo. Sim, não, não é isso. - Mais uma pausa - Okay, só um minuto - Niall tampa o celular e pede o celular de alguém. Louis oferece o seu, no qual está segurando e Niall volta a falar com a D'Avilla. 

- Obrigado tia. Tudo bem, tomarei. Beijos.

Ele desliga a ligação e no momento estamos todos olhando querendo uma explicação.

- Só queria algum outro número para falar com a Ketlin. Minha tia deu o da casa dela. 

- Ta, mas agora você vai ligar para ela? - Zayn pergunta o óbvio.

- Mas é claro, quero falar com ela.

- Todos podemos ver isso - Digo ao mesmo tempo que paro o carro na frente ao apartamento do Louis - Mas infelizmente você vai fazer isso mais tarde. Agora precisamos muito escrever novas músicas.

Niall não parece contente mas concorda já saindo do carro junto com todos os meninos. 

Pouco antes do acidente da Mikaella, assinamos um contrato e precisamos lançar um cd logo mais, por isso combinamos de hoje vimos á casa de Louis e escrever algumas músicas e como já é de tarde, sei que só vamos terminarmos tarde da noite. Niall terá que esperar um pouquinho mais para falar com Ketlin.

***

- Acho que por hoje já deu né? - Zayn diz jogando algumas folhas rabiscadas na mesa.

- Também concordo, estou morto - Digo me deitando e me esticando no sofá da sala. Já passa das nove horas e até que foi um bom trabalho, eu mesmo consegui escrever mais de cinco letras fora a que completamos de um e outros.

- Acabei de pedir pizza, logo elas chegarão - Louis fala voltando para sala.

Juntamos nossas bagunças, separando as letras com alguns rascunhos que irão para o lixo. No total tínhamos muitas letras mas nunca é o bastante para a gestão, então sabemos que vamos escrever mais.

Minutos depois o interfone toca e falam que as pizzas chegaram. Zayn que atende, manda o cara subi e me ofereço para pagar.

Quando chego á porta do apartamento, ouço gritos e vozes bem alteradas e o mais incrível é que essas vozes vêm do andar de baixo, ou seja, a briga é feia.

As pizzas chegam, pago o cara e entro de volta para o apartamento. Os gritos não pararam e isso me deixa nervoso.

- Está rolando a maior confusão lá embaixo - aponto em direção á porta depois que coloco as 4 pizzas em cima da mesa.

- Ah, esse pessoal daí de baixo brigam quase todos os dias - Louis diz dando de ombros.

Niall abre uma das caixas de pizzas e já começa á assaltar um pedaço.

- Acho bom vocês se apressarem - Liam diz também pegando um pedaço com a mão assim como Niall.

Comemos nossas pizzas como á tempos não fazíamos, os cinco sentados na sala, comendo pizzas com as mãos sem se preocupar com imagem nenhuma. Apenas sendo nós mesmos.

- Que tal um vídeo game agora? - Niall diz quando terminamos as pizzas.

- Só se for agora - Zayn se levanta e já vai em direção á um dos controles.

- Viciados - reviro os olhos me sentando ao lado de Zayn para jogar também.

E assim mais algumas horas se passa enquanto jogamos. 

- Meia noite! Chega, cansei de perder para vocês - Digo me levantando e espreguiçando.

- Aceita que você é péssimo em vídeo game Harry - Liam fala e balanço a cabeça.

- Nunca, foi apenas o sono que me distraiu.

- Falar em sono, eu estou morrendo - Zayn diz abrindo a boca.

- Cara ainda está cedo - Louis diz tomando seu chá recém feito. 

- Cedo? Para o Zayn? - Niall ri e continua á jogar com Liam.

- Enfim, se quiser dormir, os quartos de hóspedes estão esperando vocês - Louis diz e concordamos.

- Preciso pegar meu notebook que deixei no carro, como pensava que íamos usar hoje, eu trouxe, mas não vou dormir deixando ele lá - Os meninos concordam e Niall pede para pegar o moletom dele que ele se esqueceu no carro. 

- Vê se não morre pelo estacionamento - Louis diz e eu faço uma careta para ele, em direção á porta do prédio.

Pego o elevador, que para logo no andar seguinte, o da confusão. 

Quando as portas se abrem, revelam uma moça nova, na faixa da minha idade, com os olhos e bochechas vermelhas de choro. Assim que ela me vê, vira o rosto e as portas se fecham. Claramente envergonhada.

- Está tudo bem? - pergunto quando o elevador volta á funcionar.

- O que você acha? Parece que está tudo bem? - ela me manda um olhar suicida. 

- Hum... Não. Mas só queria poder ajudar - digo baixo esperando mais outra patada.

Mas qual é o meu problema? Claramente ela não quer falar comigo. Por que estou insistindo?

- Esse é o problema, ninguém pode ajudar. - Me espanto ao ouvir a voz dela sair suave.

Olho em que andar estamos e logo mais as portas vão se abrir. Em segundos resolvo fazer algo que espanta tanto á mim, quanto á ela, uma estranha que nunca vi na vida.

- Quer conversar? Posso não te ajudar, mas posso tentar, não é?

Ela levanta a cabeça como se quisesse entender porquê um estranho faria e está fazendo isso por ela. 

Olhando para ver em que andar estamos ao mesmo tempo que a porta se abre, ela sai se virando e respondendo minha pergunta.

- Eu adoraria - Solto um sorriso, concordando com a cabeça, parecendo um bobo sem voz.

Os meninos me matariam por faze-los esperar, mas não importa, sinto que preciso muito ajudar e conhecer essa estranha.

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...