A Namorada do Justin Bieber

Alguma vez imaginou? E se fosse eu... Se eu fosse a menina certa para ele? Deixe-me mostrar-lhe como seria e deixá-la flutuando por um momento. * Esta movella foi originalmente escrita em inglês por LoveMeBabe, que deu permissão para que fosse traduzida para português por Marta Sena.

27Likes
11Comentários
1111Views
AA

3. Jantar com o Justin

Uma ótima combinação, pensei para mim mesma, e sorri uma vez mais.

- Porque está sorrindo? – ele me perguntou.

- Uhm, estava só pensando. Então você vem logo à noite, não é verdade?

Estava tentando mudar o rumo da conversa, com sucesso. Ha ha.

- Claro que venho doçura! – ele disse sorrindo.

- Ah bom, agora você me trata de ”doçura”! – Ambos rimos. Diante da minha casa.

- Bom, então até ao jantar!

- Até ao jantar, Justin!

Eu nem podia acreditar no que estava acontecendo. Eu tinha imaginado que ele seria mais jovem, estúpido e feio. E ele já estava me chamando de ”doçura”, haha. Eu abri a porta e a minha mãe já estava no quarto que estava lindo de morrer.

- Você só levou uns minutos para pôr tudo perfeito! Uau!

- Então, como foi? Eles vêm?

- Sim vêm. Eu acabo de conhecer o menino da casa ao lado, se chama Justin, e a mãe dele, Pattie. Eles são muito simpáticos. E eles vêm logo para jantar com a gente. – A minha mãe sorriu

- Está vendo, não foi tão difícil assim! Agora temos que nos apressar para estar tudo pronto a tempo. Mas primeiro, deixa eu lhe mostrar uma coisa. Ela pegou a minha mão e me guiou para um quarto. Era o meu quarto. As paredes eram cor de alfazema e só tinha uma caminha bem fofa.

- O resto é por sua conta. O quarto é seu.

O quarto era absolutamente perfeito para mim. Eu gostava de tudo, a cor, a cama, a casa toda e... o meu próprio quarto.

- E p-p-posso fazer... o que eu quiser?

- É claro que pode! – disse a minha mãe e me abraçou.

- Obrigada! Oh... muito obrigada!

Até à hora de jantar só tínhamos que ”decorar” os quartos, pois o resto da casa já estava todo organizado. O meu ficou uma beleza, com luzes ao longo das paredes, o meu computador e os meus livros por todo o lado e uma parede com fotografias minhas, da minha família e dos meus amigos. Eu tinha muitas saudades deles, mas a gente tinha mesmo que se mudar.

- Aleeeeeeeeeeeeeex!

- Sim mããããe?

- Venha logo, o jantar está na mesa e os visinhos já chegaram.

- Estou indo. – Pus os saltos altos num ápice e desci. Estava vestindo isso:

 http://www.polyvore.com/cgi/set?id=47070445

Queria muito agradar o vizinho até porque quando nos tínhamos visto antes eu não estava nada aprumada.

”Os vizinhos”, uau. Eu me apressei o mais que pude. O Justin e a Pattie estavam me esperando, junto com a minha mãe que parecia demasiado entusiasmada com este jantar.

- Oi Alex – disse a Pattie

- Oi! Que bom que vocês vieram!

- Claro que sim, o prazer é nosso – retorqui a Pattie

A minha mãe sorriu e começou a contar à Pattie como ela estava feliz. Fomos nos aproximando da mesa de jantar. O Justin ao meu lado, atrás das nossas mães.

Ele me olhou e sussurou ”Você está bem gostosa” eu corei e respondi ”Você também”. Ele se riu. Nos sentámos à mesa para comer. O Justin ao meu lado porque a minha mãe e Pattie não estavam nem aí para a gente, elas sentaram e estiveram o tempo todo na conversa. A certa altura eu estava tão farta da conversa delas que fiquei só em silêncio comendo. E então senti um toque debaixo da mesa. Olhei para o Justin que sorria para mim.

- O que foi?

- Me dá o seu número – disse ele ainda sorrindo me dando o celular dele.

Eu peguei no celular dele e digitei o meu número que guardei sob o nome ”doçura”.

- Obrigado – disse ele

Após uns segundos de ele me ver a rir como uma tola, me perguntou onde é que eu tinha guardado o meu número.

- Não se preocupe, você vai reconhecer quando o vir – eu disse retorquindo o piscar de olhos de antes. Ele se riu.

- Então, de onde vêm vocês? – o Justin me perguntou a meio do jantar.

- California

-Uau, legal. Eu já estava me perguntando porque você é tão gostosinha...

-Pare. – disse eu. Ele sabia como me elogiar.

- Porquêê? – disse para me provocar.

- Porque assim você me deixa corando. –Ambos nos rimos. – E você também é bem gostoso, para ser sincera. – agora foi a vez do Justin corar – oooooh, olha só quem está corando agora, ein?

Eu me ri e ele corou mais ainda.

____

Brevemente acabava o jantar e a gente teve que se despedir do Justin e da Pattie.

A minha mãe estava me dizendo quão legal era  a Pattie e que bom que era que eu e o Justin se tinha dado tão bem e que devíamos respeitar a amizade dela e da Pattie. E mais tarde quando eu estava deitada pronta para dormir recebi uma mensagem.

A mensagem dizia: ”Oi doçura, foi bem fácil encontrar você. Será que lhe disse que você estava bem gostosa esta noite ; )?”

”Sim, você disse ;D” uns segundos depois veio uma outra mensagem.

”Você quer que eu a leve a dar uma volta para conhecer o bairro melhor? Vai ser bem divertido J!” Eu pensei e... porque não.

Como me disse a minha mãe – a gente nem sabe onde fico o supermercado mais próximo.

”Sim, é uma boa ideia. Estou vindo” e a próxima mensagem foi...

”Sim... você vem. Exactamente o que eu queria ;) .” Eu me ri.

”Justin, você está sendo muito atrevido :D”

Ao que ele respondeu:

”Desculpe mas eu tenho 17 anos e é meia-noite. O que é que você quer? ;) haha JK. É você que me faz reagir assim. Boa noite, doçura. ” Eu me ri uma vez mais.

17, ahh? Ótimo. Eu tinha 16 e ele 17 anos de idade, perfeito haha.

”Pelo menos ele não é mais novo” pensei para mim mesma.

”Boa Noite Justin” e adormeci.

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...