Enigma do Tigre.

E depois de anos, só ELA podia fazer alguma coisa para mudar o que ELE fez. Depois de anos, depois de perceber que tudo NÃO era uma farsa, e que a vida humana dependia apenas dela, percebeu o quão tudo era muito IMPORTANTE e PERIGOSO...

1Likes
1Comentários
193Views
AA

1. Papel de Pai

- Você devia tirar suas patas sujas de mim é ir embora, sabe, não aguento mais te ver aqui todos os dias, perambulando por esses corredores, apenas trazendo horror e não nos ajudando com tudo isso. Que coisa, pode pelo menos fazer algo que preste? - eu falava irritada, muito irritada, por que mais uma vez, mais uma vez, o imbecil do Júlio, meu irmão mais novo, que não conseguia fazer nada certo, e acabava levando todo mundo junto em sua desgraça.

- Desculpa Jenny, eu só queria ajudar. - ele falou, com uma feição piedosa.

- Só da próxima vez me chama pra te ajudar, tudo bem? Somos só nós para conseguir descobrir o que ELE quis dizer com aquilo que fez, tudo bem?

- Tudo bem, eu prometo!

- Não me prometa nada, apenas faça, é melhor.

- Tudo bem.

O que eu faço? Mais uma vez tudo isso está me deixando cada vez mais louca, cada vez mais nervosa e apreensiva. É tudo muito louco, muito confuso. ELE não tinha mais nada para fazer de não?! Por que pelo amor, que confusão.

É quer saber?! Que se ferre, eu vou acabar com isso, nem que eu tenha que dar a minha vida para salvar a vida de muitos outros, por que? Simplesmente porque eu nasci para fazer isso, meu sangue é destinado a ser derramado por vidas.

- Jenny?

- O que, Cezar? - minha paciência estava esgotada para esse homem. Eu não aguentava mais ver ele por aqui, não entendo por que Troy aceitou ele aqui, mesmo sabendo que ele não vale nada.

- Preciso de um favor seu. - ele disse, se sentando na cadeira do meu quarto.

- Dependendo do que for, quem sabe!

- Troy é um filho da put* que não meu deixa sair daqui, cara... Eu quero acabar logo com isso!

- E o que eu tenho haver com isso? Não posso fazer nada, NADA, para mudar as decisões daquele velho, ele é como meu pai.

- Você não vai fazer nada mesmo?

- Vou...

- Ótimo!!!

- Eu vou ficar aqui, deitada na minha cama, ouvindo música esperando ele me mandar fazer alguma coisa.

- Porr*, você não faz nada mesmo! Caralh*, aquele cara faz tudo o que você pede, custa fazer esse favor para mim. Estou cansado de ficar aqui trancado todos os dias e noites.

- Talvez ele não peça para você fazer alguma coisa por que ainda não tem confiança em você.

- E por que não confiaria em mim?! Todos aqui confiam!

- Todo uma vírgula... Eu não vou com a sua cara, e você sabe disso. Além do mais, você já deu muitos motivos para Troy não confiar em você, eu sou razão a ele, e até agradeço por ele te deixar aqui trancado.

- Se ferrar então, não aguento essa sua superioridade, por que você não é melhor que eu em nada, e posso provar, entendeu, garota?

- Então espero por alguma coisa que prove que você é melhor que eu, se você achar, me diga, por que eu vou querer ver!

Ele se levantou irritado, e saiu do quarto batendo a porta, me fazendo rir baixo. Eu não me sinto superior a ninguém aqui, preciso de todos, como todos precisão de mim. E se Troy não o manda fazer nada, não é problema meu, e sim dele e de Troy.

E falando em Troy, eu lembro do meu pai. Jordan, ele era o melhor de todos aqui, e se não fosse por sua causa e de minha mãe, ninguém saberia da existência do Enigma do Tigre que ELE deixou antes de desaparecer assim, do nada.

Eu só queria poder ver meu pai novamente, mas ELE o levou com ele para o fogo, lá para "baixo". Eu já tentei ir até lá é trazer meu pai de volta, mas eu nunca cheguei tão longe, mas quando eu estou perto, algo me empurra de volta para o ponto de largada, e eu não consigo voltar para onde cheguei. Então desisti.

- Minha gatinha...

- Oi!

- Como você está meu bebê? - Eduardo falou, se sentando do meu lado e me puxando para seus braços.

- Irritada. - falei, me aconchegando mais em seus braços.

- E o que deixa minha bebêzinha irritada? - ele falou carinhoso.

- Me lembrei do meu pai, e o Cezar veio me tirar a paciência dizendo que Troy não deixa ele sair daqui e tals, e veio pedir ajuda.

- Deixa que eu cuido dele. O que você quer fazer para esquecer tudo isso?

- Serve um passeio na praia?

Join MovellasFind out what all the buzz is about. Join now to start sharing your creativity and passion
Loading ...